Validade do visto para a China

Validade do visto para a China
iVisa | Atualizado em Sep 26, 2019

Com a ascensão cada vez mais crescente da República Popular da China como uma promissora potência económica mundial, muitos investidores brasileiros estão voltando os seus olhares para esse proeminente mercado, sobretudo nos setores de tecnologia, meios de pagamento e comércio eletrónico.

China

Igualmente, o governo chinês também vê com bons olhos a consolidação de parcerias com o Brasil, inclusive facilitando a entrada e permanência de empreendedores em território chinês através do “Acordo sobre facilitação de vistos de turistas” e da “Emenda sobre a facilitação de vistos para homens de negócios” entre os dois países.

Assim, o cidadão brasileiro que esteja a planear viajar, seja para lazer ou para participar de reuniões, eventos ou feiras, pode ficar despreocupado com o período de validade do visto para a China: desde outubro de 2017, ele passou a ser válido por até 5 anos. Além disso, o documento permite que você permaneça em território chinês por até 90 dias, passíveis de renovação por outros 90 dias, a cada período de 12 meses.

E para que você torne a sua viagem ainda mais proveitosa, o visto para a China concede múltiplas entradas no país. Isso significa que você pode combinar o seu roteiro com outros países asiáticos como Índia, Japão ou Singapura, por exemplo, e ainda regressar à China, dentro do prazo estipulado. Contudo, alguns requisitos para a emissão do visto devem ser observados. Confira os detalhes, logo abaixo.

O que é eu preciso para emitir um visto para a China?

Inicialmente você deve definir o tipo de visto que irá solicitar de acordo com a finalidade de sua viagem:

  • Para viagens a lazer: você deve requerer um visto do tipo “L”.
  • Para viagens a negócios: você deve requerer um visto do tipo “M”.

Em seguida, você deve aceder ao site da Embaixada da República Popular da China no Brasil, baixar e imprimir o “Formulário de Pedido de Visto”. Preencha todos os campos adequadamente e cole uma foto atual e colorida no local apropriado.

O próximo passo é comparecer na secção consular de acordo com a localidade de sua residência e apresentar os seguintes documentos:

1) Passaporte original e com validade mínima de 12 meses, a contar da data embarque. São necessárias duas páginas em branco para os devidos registos de entrada na China; 2) Cópia das páginas do passaporte referentes às informações pessoais e fotografia; 3) Reserva dos bilhetes aéreos de ida e volta, com respetivas datas; 4) Comprovativos de alojamento no país; 5) Carta convite com todos os dados do evento, tais como datas, locais, organização convidante e registos completos do convidado.

A taxa relativa ao visto só poderá ser paga em dinheiro e diretamente via depósito bancário na conta corrente da embaixada ou consulado. O comprovativo de depósito precisa de ser apresentado juntamente com a documentação descrita acima.

Caso todo o processo esteja OK, o prazo médio para a liberação do visto é de aproximadamente 5 dias úteis.

Jurisdições atendidas pela embaixada e pelos consulados-gerais

  • Embaixada da China em Brasília: Estados do Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Pará, Amapá, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal.
  • Consulado-Geral da China em Recife: Estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe.
  • Consulado-Geral da China no Rio de Janeiro: Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia.
  • Consulado-Geral da China em São Paulo: Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Compartilhar esse artigo em
Need Help?