Tire agora seu e-Visto lesotiano de turista online

Há a necessidade de um visto. Podemos ajudar a processar este documento.

Tipo de visto Custo do visto Taxa de processamento Número de entradas Tempo de Processamento
Visto Eletrônico
Custo do visto USD 150.00
Taxa de serviço USD 50.00
Número de entradas Única
Tempo de Processamento 7 dias
Solicitar agora

Como Solicitar: Visto Eletrônico

Preencha a solicitação pela internet
Preencha a solicitação pela internet

Complete o nosso fácil pagamento on-line com cartão de crédito ou PayPal

Receba o documento por correio electrónico
Receba o documento por correio electrónico

Não há necessidade de lidar com a embaixada. Fazemos isso por você para que você não perca um tempo valioso.

Digite o destino
Digite o destino

Apresente seu passaporte e o documento que fornecemos ao entrar no país de destino

Solicitar agora

Saiba mais: Visto Eletrônico

O Ministério das Relações Exteriores do Lesoto iniciou recentemente o uso do e-Visa para cidadãos de mais de 100 países. Este e-Visa permite que os viajantes entrem no país para fins turísticos e permanece no Reino de Lesoto por até 30 dias Per Entry.

O processo de solicitação de e-Visa lesotiano é muito simples e 100% online. Depois que sua solicitação for enviada e aceita, o solicitante receberá um visto eletrônico que deve ser mostrado aos oficiais de imigração ao chegar. Sim, é simples assim.

Use a nossa ferramenta Calculadora de Vistos

Calcular o custo do visto antes de solicitar

Depoimentos

Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O e-Visa lesotiano é um documento oficial que permite que os visitantes entrem e viajem pelo Reino do Lesoto. Não há necessidade de marcar um horário ou apresentar documentos originais à Embaixada ou ao Consulado.

Nós solicitamos os seguintes itens para enviar sua solicitação:

  • Vacinação contra Febre Amarela

  • Confirmação de companhia aérea

  • Prova de acomodação

  • Foto do aplicante

  • Digitalização das informações pessoais do passaporte

  • Certidão de Nascimento de Menores (if applicable)

  • Guardião Jurídico 2 digitalização da Página do Passaporte (if applicable)

  • Guardião Jurídico 1 digitalização de Página de Passaporte (if applicable)

  • Carta de Consentimento de Menor (if applicable)

  • Carta convite (if applicable)

O e-Visa lesotiano custa USD 150.00. Além disso, há uma taxa de serviço de:

  • Processamento padrão: USD 50.00

  • Processamento expresso: USD 85.00

  • Processamento super expresso: USD 115.00

Depende do tempo de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

  • Processamento padrão: 11 dias

  • Processamento expresso: 9 dias

  • Processamento super expresso: 7 dias

O e-Visa lesotiano é um visto de Única Entrada e tem uma validade de 90 dias após a chegada. A data de vencimento virá especificada no seu e-Visa após sua emissão.

Embora você possa entrar Reino do Lesoto a qualquer momento dos 90 dias de validade, sua estadia total não pode exceder 30 dias Per Entry.

Seu documento de viagem precisa ser válido por pelo menos 6 meses após o vencimento do seu e-visa. Além disso, seu passaporte deve ter pelo menos duas páginas em branco.

O e-Visa lesotiano permite aos titulares apenas Única Entrada.

O viajante deve solicitar este visto pelo menos 7 dias antes da viagem ao Lesoto.

NÃO. Possuir um visto para o Lesoto não garante automaticamente ao seu titular o direito de entrada no país. O oficial de imigração no ponto de entrada ou ponto de verificação de fronteira pode negar a entrada de qualquer pessoa caso considere que ela é incapaz de se adequar aos requisitos de imigração ou que sua presença no país seria uma ameaça os interesses ou segurança nacionais.

Ao chegar no Lesoto, você deverá apresentar seu passaporte, suas passagens aéreas, prova de vacinação contra febre amarela e o e-Visa lesotiano, que deve estar impresso.

Será preciso que você solicite novamente um visto de emergência na fronteira ou no aeroporto.

Cidadãos dos seguintes países são isentos do e-Visa lesotianos:

  • Para uma estadia de até 90 dias: Antígua e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Brunei, Dominica, Gâmbia, Granada, Guiana, Hong Kong, Irlanda, Israel, Jamaica, Japão, Quênia, Kiribati, Malawi, Malásia , Maldivas, Maurício, Namíbia, Nauru, Papua Nova Guiné, São Cristóvão e Nevis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Samoa, São Marinho, Seychelles, Serra Leoa, Cingapura, Ilhas Salomão, Trinidad e Tobago, Tuvalu, Uganda, Vanuatu, Zâmbia, Tanzânia, Tonga.

  • Para uma estadia de até 14 dias: Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Islândia, Itália, Luxemburgo, Holanda, Nova Zelândia, Coréia do Sul, Suécia, Suíça, Noruega, Portugal, Espanha

  • Duração da visita não especificada: Áustria, Austrália, Botsuana, Canadá, Fiji, África do Sul, Sri Lanka, Suazilândia, Reino Unido, EUA, Zimbábue

Normalmente, quando as pessoas pensam em países de África, elas imaginam lugares quentes e extremamente húmidos, mas o Lesoto é bem diferente nesse sentido, pois é um país frio. O Lesoto está localizado no sul do continente africano, dentro da África do Sul, o que quer dizer que ele é um dos únicos países do mundo a estar rodeado de terra por todos os lados dentro de um único país. Os outros dois países do mundo que estão dentro de um único país são o Vaticano e São Marino. A capital do país é Maseru, que é também a maior cidade, com cerca de 330.000 habitantes atualmente. As indústrias de Maseru fabricam principalmente velas e tapetes. A principal fonte de economia do país e a criação de ovelhas e agricultura na cordilheira de Drakensberg. É importante destacar que o único aeroporto internacional do país fica na capital e o único voo que ele faz internacionalmente é para África do Sul, os demais são regionais. Isso significa que, se você quiser conhecer o Lesoto, provavelmente terá de fazer uma escala na África do Sul. No entanto, a maioria dos visitantes que planeiam conhecer esse país acabam por fazer essa viagem de carro a partir da África do Sul. Um aspeto interessante sobre o Lesoto é a sua história, pois o país foi colónia do Reino Unido e somente se tornou independente em 1966, com o nome de Reino do Lesoto. Na década de 1970, o país concedeu asilo político a muitos sul-africanos que eram contrários ao regime que estava em voga no país, o apartheid. A geografia do país é outro aspeto interessante, pois ele é montanhoso e possui cerca de 80% do seu território acima dos 1800 m de altitude, sendo, por isso, considerado o único país do mundo a ter toda a sua área em uma atitude acima de 1000 m. O ponto mais baixo do país possui 1400 m de altitude e, por isso, também é o país que possui a maior altitude mínima do mundo. O clima é temperado com invernos frios e secos e verões quentes e húmidos e o seu ponto mais elevado é o monte Thabana-Ntlenyana, com mais de 3000 m de altitude. Em relação à população do país, ele tem mais de 2 milhões de habitantes, dos quais quase 70% ainda vive em zonas rurais. Esse país é um dos que mais sofrem com o vírus HIV no continente africano. Segundo informações de um relatório da ONU de 2005, mais de 25% das mulheres grávidas no país possuíam SIDA. Infelizmente, o país tem a segunda maior incidência de HIV no mundo e cerca de 340.000 pessoas no país vivem com essa doença. No entanto, 86% das pessoas infetadas têm consciência da sua doença e cerca de 93% das pessoas estão em tratamento. Infelizmente, a alta incidência de HIV e o facto de que 57% da população vive abaixo da linha da pobreza fazem com que o país tenha uma baixa expetativa de vida, que é de 52 anos para os homens e 55 anos para as mulheres. Apesar de estar situado próximo da África do Sul, que recebe milhares de visitantes por ano, o Lesoto recebe poucos turistas, que desconhecem as belezas que o local possui. Vamos falar um pouco mais sobre as atrações do país a seguir. Se você quer viver uma experiência única de esquiar em um país africano, o Lesoto é o local certo para você visitar. A melhor época para fazer isso é entre os meses de junho e agosto, que são os meses de inverno no país. As montanhas para esquiar ficam localizadas apenas a três horas da capital Maseru, na área de Oxbow. O Lesoto também oferece a oportunidade para que os visitantes se aventurem em desportos aquáticos, como caiaque, por exemplo, que pode ser praticado no rio Senqu. Outro passeio interessante no país para quem aprecia a natureza, mas não é tão aventureiro assim, é o passeio de cavalo através das montanhas do país, que permite descobrir a cultura local de uma forma diferente. Além disso, no Lesoto, você também pode visitar um parque de cobras, conhecido como Qachs’s Nek Snake Park, e encontrar diversas espécies do animal, entre elas a temida Anaconda. Caso você tenha ficado interessado em visitar o país, você pode obter um visto para o mesmo através do site da (iVisa)[ https://pt.ivisa.com/apply-online/LS?nationality=BR&selectedVisaCategory=149]. Portugueses, por exemplo, não precisam de visto para entrar no país, enquanto os brasileiros precisam de um visto eletrónico para o Lesoto, que pode ser facilmente conseguido através do site da iVisa. Basta entrar no site, clicar em “solicitar agora”, preencher alguns dados sobre o seu itinerário de viagem e pagar uma taxa através do cartão de crédito ou PayPal. Dessa forma, você terá a oportunidade de conhecer um país único, com uma cultura muito autêntica e ainda pouco conhecido dos turistas. Quer saber mais sobre a culinária típica do Lesoto? O país não é muito conhecido por ter restaurantes que oferecem uma culinária muito sofisticada, no entanto, as comidas de rua são o ponto alto do país. Antes de falar mais sobre elas, todavia, é importante lembrar que você deve evitar comer saladas cruas durante a sua viagem, preferindo os alimentos cozidos assados ou fritos e deve sempre levar o álcool gel para higienizar as mãos e frutas. Também é importante mencionar que não se deve tomar água da torneira e que você deve pedir as bebidas sem gelo nos restaurantes e bares. Então, vamos falar um pouco mais sobre as comidas de rua no Lesoto. Uma das principais é o Lipapata, que é um pão macio recheado com linguiça grelhada com molho picante. Além desse, eles também têm uma espécie de sonho, o bolinho que comemos no Brasil, mas sem recheio. Outro prato típico do país é a papa com frango, que é uma massa feita de milho que lembra uma polenta. Por essas e outras coisas, vale a pena conhecer o Lesoto, um país incrível e ainda não muito explorado.

Um e-Visa é um documento oficial que permite e entrada e a viagem dentro de certo país. O e-Visa é uma alternativa aos vistos emitidos nos portos de entrada ou as visitas a uma embaixada/consulado para obter um visto de papel tradicional. e-Visas são vinculados eletronicamente ao passaporte do viajante.

Nosso serviço começa com informação. Você pode usar nossa ferramenta de requerimento de visto atualizada para pesquisar se precisa de um visto. Simplesmente basta informar de onde você é e para onde está indo. Baseado nessa informação, nós diremos quanto custa o visto, o número de entradas que ele permite, a data de início e daremos um curso de ação, como solicitar direto no nosso site!

O melhor lugar de descobrir essa informação é na nossa ferramenta de requerimento de visto. Cada país possui regras de entrada e taxas de visto diferentes. Se está com pressa, também pode solicitar pela internet e o formulário fornecerá essa informação.

Isso depende do país que está emitindo o visto. Para muitos países, como a ETA australiana e o e-Visa turco, o processo pode ser feito em 15 min através do nosso serviço super expresso. Para outros países, como o visto de turista indiano, o processo normalmente leva 24 horas. O tempo exato pode ser visto no formulário de solicitação. O que nós garantimos é que sua aplicação com o iVisa será a mais rápida de todas possíveis.

O documento deve ser impresso em uma folha branca de papel A4. Impressões em dupla face ou reduzidas não serão aceitas.

Nós ajudamos a conseguir seu visto de viagem da maneira mais simples e rápida possível. Através do formulário pela internet fácil de usar e um serviço mundial de atendimento ao consumidor 24 horas, nós fazemos todo o processo do visto ser rápido e simples! Nós também usamos as melhores práticas na hora de proteger os seus dados e seu cartão de crédito.

O iVisa oferece dois tipos de visto: vistos eletrônicos (e-Visas) e vistos tradicionais de papel, dependendo do seu destino. Além disso, nós também oferecemos os seguintes serviços/documentos que são exigidos por certos países: ETA (autorização eletrônica de viagem), cartões turísticos, formulário de pré-registro/aprovação do Visto ao Chegar, cartas convite de turismo e serviço de registro de embaixadas.

  1. Selecione o país para o qual você está pedindo o visto
  2. Selecione o tipo de visto e leia as instruções com cuidado.
  3. Selecione solicitar agora
  4. Preencha o formulário de solicitação.
  5. Pague com um cartão Visa, Mastercard ou outro cartão de débito.
  6. Aguarde a aprovação por e-mail, baixe e imprima o e-Visa da pela sua conta.
  7. Apresente seu e-Visa impresso ao oficial de imigração no porto de entrada.

Note que a maioria dos países oferecem a possibilidade de processar um visto de viagem sem uma taxa de serviço. A razão principal pela qual nós processamos milhares de vistos de viagem por mês é que nós economizamos seu tempo e frustração. Nosso serviço inclui um site e formulário de solicitação fáceis de usar. É muito mais fácil processar sua aplicação conosco, especialmente para usuários de dispositivos móveis e grandes grupos. Nós enviamos o visto dias antes da viagem para todos nossos clientes. Isso ajuda especialmente aqueles passageiros que compram o visto com meses de antecedência. Nós também possuímos um serviço de atendimento ao consumidor 24 horas com profissionais residentes nos Estados Unidos e que falam inglês. Nós aceitamos várias moedas e nosso site pode ser traduzido em mais de 20 idiomas. Nós acreditamos que nossa taxa vale seu tempo e a sanidade, mas lembre-se que todos governos possuem seu próprio serviço “grátis”.

Se você já realizou a solicitação no nosso site, por favor entre na sua conta e procure seu pedido/solicitação. Uma conta é gerada automaticamente após o pagamento ser recebido. Clique no link no seu e-mail de confirmação para definir uma senha ou visite a página de acesso para configurar sua senha e entrar na sua conta. Perceba que na maioria dos casos seu visto será entregue por e-mail e pode ser encontrado na sua conta após entrar nela.

Se sua solicitação para o visto não for aprovada pela agência do governo, nós garantimos um reembolso integral. Se, por qualquer razão, você não estiver satisfeito com nosso serviço, por favor entre em contato conosco via chat e nós forneceremos um reembolso da sua taxa de serviço. Se for cometido um erro na sua solicitação, nós processaremos seu visto novamente sem nenhum custo adicional. Por favor, saiba que os reembolsos são feitos no próprio cartão de crédito utilizado.

Se nós não processamos seu visto ainda, as alterações podem ser feitas sem problema. Nós também verificamos se existem erros nas suas informações. Se você já processou seu visto e nós enviamos sua solicitação para a agência apropriada do governo, vai depender se ela permitirá ou não a alteração. Por favor, entre em contato conosco imediatamente (de preferência através do chat) se perceber um erro na sua solicitação.

Alguns países podem exigir uma prova de vacinação contra febre amarela se estiver chegando de um país com risco dessa doença. Você pode ver mais informações aqui: https://wwwnc.cdc.gov/travel/destinations/list É de responsabilidade própria do passageiro verificar essas regulamentações antes de viajar para o país escolhido.

Para baixar sua fatura, entre na sua conta e baixe ela diretamente de lá.

Você pode imprimir novamente seu e-Visa na sua conta de e-mail. De maneira alternativa, é possível recuperar e reimprimir seu e-Visa na sua conta iVisa.

Sim. O sistema do iVisa não mantém a informação do seu cartão de crédito depois da transação ser processada.

Todos os vistos garantem permissão para o viajante chegar no porto de entrada do país. Se a sua entrada vai ser permitida ou não será a critério do oficial de imigração no ponto de entrada.

Se a sua solicitação ainda não foi submetida para processamento, você receberá um reembolso total. No entanto, se sua solicitação já foi enviada, nós não seremos capazes de fornecer um reembolso.

Quando o visto precisa ser enviado para você, os tempos de processamento não incluem o tempo de envio. Ele é o tempo de quando recebemos a solicitação até conseguir a aprovação. A maioria dos vistos (e-Visas) não enviados por e-mail após aprovados, então não existe tempo de envio.

Não, nós não somos afiliados a nenhuma agência governamental. Nós somos uma empresa privada especializada em processar vistos de viagem para viajantes ao redor do mundo.

Infelizmente, nós não somos capazes, uma vez que as agências governamentais não nos informam o(s) motivo(s) por trás da decisão.

Se seu visto não for aprovado, nós recomendamos que você entre em contato com a embaixada/consulado mais próximo para mais informações sobre suas opções.

Nós aceitamos Visa, Mastercard, American Express e PayPal.

Todos os cidadãos desses territórios solicitando através do nosso site terão sua solicitação processada com a nacionalidade/cidadania especificada em seu passaporte. Por exemplo, um viajante de Porto Rico irá ter seu pedido processado com nacionalidade americana. Isso não se aplicada a viajantes sob a categoria BOTC (cidadão britânico em territórios ultramarinos) de acordo com o Ato de Territórios Ultramarinos Britânico de 2002.

Need Help?