Informações sobre o visto para a Coreia do Norte

Home > Coréia do Norte > North Korea Visitor Entry Permit
 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Permissão de Acesso do Visitante

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Você provavelmente já deve saber que brasileiros precisam de um visto para a Coreia do Norte, que é um dos países mais misteriosos do mundo, e uma viagem para lá implica ter agentes controlando qualquer passo que dê, mas se estiver em busca de aventura esse é o lugar.

Como é possível obter o visto para a Coreia do Norte?

Você pode entrar em contacto com a embaixada da Coreia de Norte no Brasil através das informações presentes no seguinte link, para que o seu visto seja emitido pela representação diplomática que eles possuem em Brasília.

Apesar disso, a maneira mais fácil de conseguir o seu visto para a Coreia do Norte é através de agências de viagens especializadas em conseguir a documentação necessária para viajantes que desejam conhecer esse país. Essas agências normalmente ficam sediadas em países da Europa e em Pequim e facilitam muito a vida dos visitantes, que não precisam perder tanto tempo lidando com a burocracia para entrar neste país.

Como encontrar uma operadora de turismo para iniciar o processo do visto?

Para encontrar uma agência de turismo que possa conseguir o visto para que você entre na Coreia do Norte, você terá que pesquisar muito cuidadosamente em fóruns de viagens na Internet para encontrar a que mais lhe agrada. Você terá que contactar a agência de turismo pela Internet, pois não existem empresas de turismo que fazem este tipo de visto para a Coreia de Norte a partir do Brasil. Por todo o contacto com essas agências ser online, você deverá tomar muito cuidado para que não caia em nenhum golpe. Pesquise muito bem o que os outros viajantes que foram para este país recomendam fazer e qual a agência eles utilizaram.

Como funciona a análise do seu pedido por parte da embaixada da Coreia de Norte?

Depois de você ter escolhido a agência de turismo com a qual deseja fazer o seu visto para a Coreia do Norte, ela deverá emitir um voucher dentro de alguns dias com uma autorização dada pela imigração norte-coreana e com um carimbo. Esse voucher será então enviado para a embaixada e a autorização para emissão do visto será analisada em um prazo que pode girar em torno de 20 a 30 dias.

Qual é o custo de um visto para a Coreia do Norte?

Primeiramente, você deverá escolher o tour que deseja adquirir para o país, a quantidade de dias que deseja ficar, entre outras coisas. O visto custará cerca de USD 60, além do preço do tour que você fechará com a agência que escolheu para emitir o seu visto para este país.

Conheça esse país asiático cheio de mistérios

Conseguir um visto para a Coreia do Norte não é uma tarefa fácil, mas a aventura de viajar para esse país tão misterioso certamente será inesquecível. Entre em contacto com a iVisa através do site caso tenha dúvidas sobre a sua entrada neste país.

Esta página foi útil?

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Questions?

A Coreia do Norte é um dos países que têm sido mais comentados nos últimos anos, por ser o país mais fechado do mundo e ter feito diversas ameaças de lançar bombas nucleares. No entanto, algumas pessoas têm-se aventurado a conhecer a Coreia de Norte por curiosidade. O nome oficial do país é Democratic People's Republic of Korea, sendo que a capital é Pyongyang. O país faz fronteira com a Rússia e com a China, ao norte, bem como com a Coreia do Sul, ao sul. Na fronteira entre as coreias está uma das fronteiras mais militarizadas do mundo, pois ambas dizem que são donas da península inteira e, inclusive, das ilhas, e por isso esse conflito não teve uma solução até hoje, embora ambos estejam mantendo a paz atualmente. A divisão das duas coreias em duas zonas no paralelo 38 aconteceu depois da Segunda Guerra Mundial, quando a parte norte ficou sob o comando da União Soviética e a parte sul dos Estados Unidos. Atualmente, a Coreia do Norte tem muitos problemas com os Estados Unidos, mas cada vez mais os governantes desses dois países têm conseguido entender-se. O clima da Coreia do Norte é uma mistura entre o continental e oceânico. O inverno no país costuma ser muito frio com nevascas, enquanto o verão costuma ser quente e húmido. Aproximadamente 60% das chuvas acontecem entre junho e setembro. O sistema político do país é um dos aspetos que chamam a atenção em relação a ele. O facto de o país ter uma política altamente centralizada e por um partido dominar a política, deixa claro que o sistema é uma ditadura na Coreia do Norte. Kim Jong-un é o supremo líder do país e comanda a maior parte das estruturas de governo do país. Por conta do isolamento da Coreia do Norte, ela é vista de forma estranha pelo resto do mundo, pois as pessoas não entendem e têm curiosidade sobre como esse país funciona. Ao mesmo tempo, a Coreia do Norte mantém uma relação próxima com alguns países, entre eles a China, que é conhecida como a grande aliada da Coreia do Norte. Um dos problemas da Coreia do Norte é que o país é acusado de ter uma das piores políticas de direitos humanos do mundo, devido às restrições políticas e económicas impostas pelo governo com as quais a população tem de lidar. De acordo com a amnistia internacional, existem limitações em relação à liberdade de associação, expressão e movimento, além de haver relatos de tortura, prisões arbitrárias e execuções. O governo da Coreia do Norte nega estas acusações e diz que esses rumores foram criados para desestabilizar o governo. Agora, vamos falar um pouco mais sobre os aspetos demográficos do país. Com exceção de uma pequena comunidade de chineses e japoneses, a população da Coreia do Norte é bastante homogénea, e ela é atualmente de cerca de 25 milhões de pessoas. A expetativa de vida no país, de acordo com dados de 2013, é de 69.8 anos. Ficou curioso para conhecer a Coreia do Norte? Saiba que você precisará de um visto para a Coreia de Norte caso queira viajar para lá, e, caso tenha dúvidas sobre como conseguir esse documento, entre em contacto com a iVisa. Obter um visto para a Coreia de Norte muitas vezes não é fácil, e muitas pessoas acabam viajando para a China para obter esse documento. O país também impõe muitas regras para quem deseja obter esse documento, como, por exemplo, o facto de que não permitem a entrada de quem tenha passaporte sul-coreano. Além disso, o turista precisa de ter o itinerário pré-aprovado e deve andar sempre na companhia de dois guias de viagens norte-coreanos. As fotos também podem causar problemas para você caso esteja na Coreia do Norte, e diversos fotógrafos já foram banidos do país por conta disso, então tome muito cuidado. Quer saber como fazer para chegar ao país? Os voos para lá, normalmente, saem de Xangai ou Pequim, por isso a maioria das pessoas prefere tirar o *visto para a Coreia de Norte na China, pois lá existem agência de viagens especializadas nisso, o que torna o processo mais rápido. De Pequim até Pyongyang é possível fazer uma viagem de comboio, mas ela dura, aproximadamente, 24 horas, por isso o mais recomendável é que você faça essa viagem de avião, principalmente se você somente está em trânsito pela China. É proibido levar diversas coisas para a Coreia do Norte, como, por exemplo, câmara com GPS, telefone por satélite, rádios ou impressos religiosos como bíblias. Quer saber se vai ter acesso à Internet no país? Não se preocupe, pois a Internet é permitida para estrangeiros, após a verificação do passaporte. No entanto, um cartão SIM no país chega a custar até 200 dólares. Quer saber que dinheiro deve levar para lá? Saiba que cartões de créditos ou pré-pagos não são aceites no país, nem é possível fazer levantamentos. Por isso, você precisará de levar dinheiro em espécie, e uma quantia a mais para o caso de precisar. Quer saber um pouco mais sobre o que fazer na Coreia do Norte? Você pode visitar o North Korea’s International Friendship Exhibition Hall, que é um museu com alguns presentes que já foram enviados para Kim Jong-un, alguns deles bastante esquisitos. Um dos locais mais emblemáticos do país é uma estátua de bronze do ditador Kim Jong-un, que é um dos monumentos considerados sagrados do país. Além disso, se você gosta de atrações estranhas, o Mangyongdae Funfair é um prato cheio, pois é um parque de diversões abandonado que ainda está em funcionamento. A maioria dos brinquedos parece estar decadente, e são os agricultores locais que normalmente testam eles regularmente. Quando os jornalistas estrangeiros visitam o parque, eles normalmente são mantidos por algum tempo dentro de um autocarro até que os locais consigam fazer o parque de diversões parecer um pouco melhor. Caso você tenha ficado interessado em conhecer a Coreia do Norte, entre em contacto com a iVisa para saber o que deve fazer para conseguir o visto para esse destino.