Informações sobre o visto na entrada para o Palau

Home > Palau > Palau Tourist Visa
 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto de Turista

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Oficialmente conhecida como “República do Palau”, essa pequenina ilha está situada na região da Micronésia, banhada pelo Oceano Pacífico. O país tornou-se efetivamente independente em 1994, entretanto, continua sob a proteção e defesa dos Estados Unidos, através de um Tratado de Livre Associação.

O Palau é membro da Organização das Nações Unidas e tem no turismo um dos seus principais pilares económicos. Inclusive, instituiu em 2017 o “Palau Pledge”, um carimbo no passaporte, onde todo estrangeiro em visita à ilha deve assinar um compromisso de preservação ambiental.

E não é para menos: o destino abriga belezas de tirar o fôlego, como inúmeras praias de areia branca e mar azul turquesa, ideal para a prática de diversos desportos náuticos ou simplesmente relaxar ao som das ondas.

E o cidadão brasileiro conta com uma vantagem adicional para visitar esse destino paradisíaco: o visto de turista é concedido no desembarque, através de um processo denominado “visto na entrada” para o Palau.

Veja abaixo os demais requerimentos para ingressar no país.

O que eu preciso para viajar para o Palau?

1) Passaporte

Você deve viajar na posse do seu passaporte original, com validade mínima de 6 meses, a contar da data de chegada à ilha. Além disso, são necessárias 2 páginas em branco para o carimbo e demais registos de entrada, além da assinatura do Palau Pledge, comprometendo-se a respeitar as pessoas e o meio ambiente.

2) Taxas

O visto na entrada para o Palau é gratuito e permite a permanência na ilha até 30 dias. Caso queira, você pode solicitar a extensão de estadia por mais 30 dias, em até 7 dias antes da validade expirar, a um custo adicional de 50 dólares.

Observação: a permanência máxima é de 90 dias, sendo cobrada a taxa de 50 dólares por cada período de 30 dias adicional, concedido pelo Departamento de Imigração.

Desde janeiro de 2018, a Taxa Ambiental de Paraíso Intocado do Palau - Palau Pristine Paradise Environmental Fee (PPEF) -, no valor de 100 dólares, é incluída no valor de toda e qualquer passagem aérea com destino à ilha.

3) Recursos financeiros

Você deve comprovar que possui recursos financeiros suficientes para custear toda a sua permanência na República do Palau, através de apresentação de dinheiro em espécie ou cartões de crédito internacional. É utilizada uma média de 200 dólares por semana, por pessoa.

4) Vacinas

São exigidas imunizações contra a Febre Amarela e Cólera e os comprovativos devem ser apresentados no momento de desembarque no país. As vacinas devem ser aplicadas com, ao menos, 10 dias de antecedência à data de embarque.

Seguro de saúde

Apesar de não ser obrigatória a contratação de um seguro de viagem internacional, é pertinente que você viaje com uma cobertura adequada. O Palau apresenta uma infraestrutura de saúde limitada e, em caso de graves ocorrências ou traumas, a evacuação sanitária pode ser essencial.

Além disso, a maioria dos turistas vai ao país em busca de desportos radicais, como o mergulho ou trekking, sendo necessário estar protegido contra ferimentos em resultado de acidentes.

Assistência Consular

O Brasil não dispõe de representação diplomática na República do Palau. Portanto, em caso de qualquer tipo de assistência consular, você deverá ter em mãos os dados de contacto da embaixada do Brasil em Manila, a capital das Filipinas.

Esta página foi útil?

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós