Tire agora sua Autorização Eletrônica de Viagem para a Argentina (ETA / AVE) online

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: eTA / AVE

O Departamento de Migração da Argentina iniciou recentemente um sistema que permite que cidadãos de 71 países obtenham uma Autorização Eletrônica de Viagem (ETA) em vez dos vistos tradicionais em papel.

Esse novo sistema faz com que o processo de solicitação fique muito mais fácil. O processo de solicitação do ETA (AVE) é muito simples e 100% online. Após a solicitação ser enviada e aceita, o solicitante irar receber o ETA (AVE) e a confirmação de pagamento, que deve ser impresso e mostrado no escritório de imigração ao chegar. Sim, é simples assim!

O sistema de ETA (AVE) é um método online de solicitar de qualquer lugar do mundo. Uma das vantagens deste sistema para o viajante é que o visto pode ser solicitado de maneira rápida pela internet a qualquer momento, de qualquer lugar e o pagamento é feito na hora no momento da solicitação.


Por favor perceba que os solicitantes devem possuir pelo menos um dos seguintes vistos americanos: B2, J, B1, O, P(P1-P2-P3), E, H-1B.

Documentos necessários para o processo
  • Visto dos EUA

  • Digitalização de todas as páginas do passaporte

Instruções importantes
  • A Autorização Eletrônica de Viagem para a Argentina (ETA / AVE) permite múltiplas entradas no país dentro de um período de três meses subsequentes, com possibilidade de autorização de renovação por mais três meses.

  • Este ETA (AVE) pode ser emitido apenas para fins de turismo.

  • Somente quem possuir pelo menos um dos seguintes documentos são elegíveis para um ETA da Argentina (AVE): B2, J, B1, O, P (P1-P2-P3), E, H-1B. O visto deve ser válido por pelo menos 90 dias após a emissão da Argentina.

  • Somente quem possuir pelo menos um dos seguintes documentos são elegíveis para um ETA da Argentina (AVE): B2, J, B1, O, P (P1-P2-P3), E, H-1B. O visto deve ser válido por pelo menos 90 dias após a emissão da Argentina.

  • Ao chegar na Argentina, você precisa apresentar seu passaporte juntamente com seu ETA (AVE) e confirmação de pagamento, que deve estar impressa.

  • O passaporte dos viajantes deve ser válido por pelo menos 1 meses a partir da data de chegada e possuir pelo menos uma página disponível para o carimbo.

  • Possuir um ETA (AVE) argentino não fornece automaticamente o direito de entrar no país. O oficial de imigração pode parar qualquer pessoa no porto de entrada se considerar que tal pessoa é incapaz de atender aos requisitos de imigração ou se sua presença no país for contrária à segurança ou interesses nacionais.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

A Autorização Eletrônica de Viagem para a Argentina (ETA ou AVE, para Electronic Travel Autorization ou Autorización de Viaje Electrónica, respectivamente) é para cidadãos de países que precisam apresentar um visto ao entrar na Argentina. Agora eles podem processar um ETA online em vez de obter o visto em papel tradicional. Cidadãos que desejam tirar um ETA devem também possuir um dos seguintes vistos americanos: B2, J, B1, O, P(P1-P2-P3), E, H-1B.

Os seguintes documentos são necessários para enviar sua solicitação:

  • Visto dos EUA

  • Digitalização de todas as páginas do passaporte

COMO TIRAR FOTOS PERFEITAS DOS DOCUMENTOS REQUERIDOS: Assista ao nosso vídeo

O custo do ETA argentino é: EUR 44.73 Além disso, cobramos uma taxa de serviço que varia de acordo com o tipo de processamento que você escolher:

  • Processamento padrão: EUR 31.31

  • Processamento expresso: EUR 58.15

  • Processamento super expresso: EUR 89.46

Depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

  • Processamento padrão: 16 dias

  • Processamento expresso: 13 dias

  • Processamento super expresso: 10 dias

O ETA argentino é válido pelos 3 meses seguintes a partir da emissão. O governo argentino também permite uma única extensão do ETA por um período semelhante, mas somente após um exame pelo Serviço de Imigração no país.
Seu documento de viagem deve ser válido por pelo menos 6 meses após o seu ETA vencer. Além disso, o seu passaporte deve possuir ao menos uma página em branco para o carimbo.

Todos os cidadãos que precisam apresentar um visto ao chegar na Argentina também são elegíveis para tirar um ETA se possuírem pelo menos um dos seguintes vistos americanos: B2, J, B1, O, P(P1-P2-P3), E, H-1B. Aqui encontra-se a lista dos 71 Países: Albânia, Angola, Antígua e Barbuda, Bahamas, Bahrein, Belize, Benim, Bósnia e Herzegovina, Botsuana, Burkina Faso, Burundi, Butão, Cabo Verde, Camboja, Camarões, Costa do Marfim, Cuba , Dominica, Eritreia, Eswatini, Etiópia, Filipinas, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, Índia, Indonésia, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Quênia, Kiribati, Laos, Lesoto, Madagascar, Malawi, Maldivas, Moldávia, Moçambique, Myanmar, Namíbia, Nauru, Nepal, Níger, Omã, Palau, Papua Nova Guiné, República Centro-Africana, República do Congo, República Democrática do Congo, República Dominicana, China, Ruanda, Samoa, São Tomé e Príncipe, Senegal, Seychelles, Serra Leoa, Tanzânia, Togo, Tonga, Tuvalu, Uganda, Vanuatu, Vietnã, Djibuti, Zâmbia, Zimbábue que são elegíveis para um ETA.

Os cidadãos do Kosovo, da República Democrática Árabe do Saara e de Taiwan devem solicitar os vistos de papel tradicionais através do Consulado Geral da Argentina em Toronto.

O ETA argentino permite múltiplas entradas aos titulares dentro do período de validade de 90 dias após a emissão.
Nós recomendamos que os viajantes solicitem este ETA pelo menos 10 dias antes de viajarem para a Argentina.
NÃO. O ETA argentino não garante a entrada no país. Depende das autoridades de alfândega permitirem a entrada do visitante após a verificação ao chegar.
Ao chegar na Argentina, você precisa apresentar seu passaporte juntamente com seu ETA (AVE) e sua confirmação de pagamento, que deve estar impressa.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Para mais informações, clique no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

A Argentina é o oitavo maior país do mundo, o quarto maior das Américas e o segundo maior da América do Sul. Localizada na costa sudoeste do continente, possui fronteira com o Chile, Bolívia, Paraguai, Brasil e Uruguai. Também é o maior país de língua espanhola do mundo. Ela é tão grande que você pode aprender tango na capital, Buenos Aires e passear com pinguins na Terra do Fogo. Você ficará surpreso com o que pode fazer na Argentina.

Descendo até a Patagônia, as geleiras e as regiões montanhosas inimagináveis o aguardam. A Argentina também possui muitos lugares bonitos e emocionantes para visitar, desde a costa atlântica acidentada, com belas praias e vida selvagem diversa com orcas, focas e outros animais, até os picos majestosos dos Andes. Você poderia planejar facilmente uma viagem desde a costa até as estâncias de esqui na Cordilheira dos Andes.

Além disso, a Argentina possui muitos centros culturais maravilhosos, desde a capital Buenos Aires, conhecida como "A Paris da América do Sul", até a bela região vinícola de Mendoza. Não importa o motivo da sua visita à Argentina, a comida vale uma grande parte do seu tempo. Cada região oferece uma variedade diferente de pratos, com um suprimento infinito de sabores e ingredientes únicos. Muitos pratos simples e saudáveis estão disponíveis para quem é exigente ou com sensibilidade alimentar. No entanto, também existem muitas opções étnicas e incomuns para aqueles que gostam de se aventurar.

A culinária argentina é uma mistura de alguns dos melhores sabores da América do Sul e do mundo. A comida argentina é uma coisa extremamente variada, a culinária tendo sido fortemente influenciada pelo grande número de imigrantes europeus que migraram para o país no último século. Os pratos italianos, como pizza e macarrão, representam a grande descendência italiana, e as extensas terras agrícolas do país significam que as churrascarias dominam grande parte do cenário dos restaurantes. Você gosta de churrasco? "Parilla" significa churrasco, e é o prato mais popular em toda a Argentina. Eles servem uma variedade de carnes, incluindo frango, porco, cordeiro e sua especialidade, carne bovina. O churrasco argentino é preparado com carvão vegetal ou mineral, dando um sabor único da América do Sul. E para fechar a refeição, tome um vinho, como o Malbec, e você desfrutará de um banquete.

Buenos Aires tem uma próspera cena artística, possuindo desde artistas de rua até esculturas em exibição. Gosta de arte abstrata? Vá até o Cemitério da Recoleta e faça uma caminhada rápida até maravilha artificial do Floralis Generica. Lá também é o berço do tango. Os argentinos têm orgulho de sua dança, que fala um idioma totalmente diferente. Muito parecido com vinho, que pode ser provado em muitas partes da região. Olhando rapidamente para a história desta cidade animada, voltamos centenas de anos no tempo, com os primeiros colonos vindos da Espanha.

Não demorou muito para que outro conquistador aparecesse e fundasse o que hoje é conhecida como Buenos Aires. Ao longo dos séculos, tornou-se um local ideal para a pecuária e exportação de de couro. Hoje, é uma cidade próspera, em expansão e com cultura requintada, tanto para moradores quanto para viajantes.