Visto Schengen para a Áustria: brasileiros precisam de visto para esse país?

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto para Schengen

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Antes de viajar para os países da europa, muitos brasileiros se veem confrontados com dúvidas sobre a necessidade de visto. Neste artigo, vamos explicar se cidadãos do Brasil precisam de visto Schengen para a Áustria.

Brasileiros precisam de visto Schengen para a Áustria?

Brasileiros não precisam de visto de turismo para viajar para os países que fazem parte da União Europeia, o que inclui a Áustria. O acordo de Schengen foi firmado em 1895 entre diversos países da Europa que permite a livre circulação de visitantes, sem que precisem de visto para viajar entre países que estejam dentro desse tratado. Portanto, caso você deseje viajar para a Áustria, poderá ainda conhecer diversos outros países da Europa na mesma viagem, sem que precise de visto de turismo para ficar por lá por até 3 meses.

Quais são os documentos necessários para entrar na Áustria?

É necessário ter em mãos alguns documentos quando você chegar na Áustria, para apresentar aos oficiais da imigração, como os seguintes:

  • O seu passaporte deverá ter uma validade de até 3 meses, a contar da data de saída do país;
  • Você deverá ter uma passagem aérea de regresso dentro do prazo de 90 dias;
  • Também será necessário ter um comprovativo do local em que vai ficar hospedado no país;
  • Uma prova de que tem fundos suficientes para se sustentar no país durante o período de estadia;
  • Outra recomendação é que você adquira um seguro de viagem, de saúde e de acidentes antes de chegar ao país. Caso tenha qualquer outra dúvida em relação aos documentos necessários para entrar na Áustria, aceda a este link. Os profissionais da iVisa estão sempre disponíveis para auxiliar com relação a qualquer dúvida que você tenha.

    Como funcionam as regras sobre o prazo que você pode ficar na Áustria?

    É possível ficar na Áustria por um período de até 90 dias como turista, conforme já falamos anteriormente, mas isso não quer dizer que você possa esgotar esse prazo, e voltar ao país logo em seguida. Você poderá ficar 90 dias, dentro de um período de 180 dias, e, se esgotar esses 3 meses, somente poderá voltar a viajar para a União Europeia depois de passados 6 meses que tenha saído.

    A partir de 2021, as regras vão mudar para os brasileiros

    A partir de 2021, será exigida uma autorização prévia para que você possa viajar para países da União Europeia, um sistema conhecido como ETIAS. O objetivo disso é que possa haver uma comparação entre as bases de dados de diversos países europeus, para identificar pessoas que apresentam risco à segurança. Para que consiga essa autorização você deverá preencher um formulário eletrónico, ele terá validade de 3 anos e custará cerca de R$ 30,00.

    Conheça a Áustria sem ter que se preocupar com a burocracia

    Brasileiros não precisam de visto Schengen para a Áustria, mas é preciso reunir a documentação necessária para passar pela imigração durante a sua chegada. Se precisar de qualquer ajuda, fale com os profissionais da iVisa através deste link.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

A Áustria é um dos países mais visitados do mundo, mas também é um dos países que mais movimentam dinheiro com o turismo. Não é preciso dizer que o governo austríaco abre as portas aos turistas com um bem-vindo caloroso. O país também é membro da União Europeia, portanto, do ponto de vista técnico, visitar a Áustria como um turista não é algo difícil de fazer. Apesar disso, nem tudo são boas notícias para os turistas. Acontece que a língua oficial da Áustria é o alemão, e os outros idiomas falados a nível regional são o esloveno, croata e húngaro. O inglês não é tão disseminado no país. Ao menos não tanto quanto o título de um dos países mais visitados por turistas pode sugerir. A Áustria já fez parte do território alemão durante a Segunda Guerra Mundial. Na verdade, a Áustria, como um estado independente, desapareceu e reapareceu mais de uma vez. Os momentos mais notáveis em que isso aconteceu foi quando a Alemanha anexou o seu território durante a Segunda Guerra Mundial, período em que milhões de judeus deixaram o país. O outro momento foi quando os Aliados venceram a guerra e ocuparam o território austríaco até o ano de 1955. Nesse ano, a Áustria conseguiu ser considerada independente, mas com a condição de permanecer neutra. A Áustria não fez parte do bloco soviético e, inclusive, beneficiou quando este último entrou em colapso. Com o fim da União Soviética, a Áustria ganhou espaço nas questões políticas da Europa. A primeira atração que a Áustria oferece aos turistas é a sua geografia. Isto porque o país é montanhoso e mostra paisagens belíssimas a quem o visita. É claro que os incentivos do governo facilitam tudo. Mas como é que a Áustria conseguiu o título de um dos países mais visitados do mundo? Para começar a entender isso, temos de falar sobre Viena. A cidade é um verdadeiro paraíso para turistas. São necessários alguns dias para conseguir conhecer tudo o que a cidade tem para oferecer. Estamos a falar de uma região que conta com palácios, museus de primeira linha, centros históricos e inúmeras igrejas com arquitetura belíssima. Só nessa cidade há inúmeras experiências que são consideradas obrigatórias entre os turistas. Parar em um dos cafés de Viena vai fazer você repensar o que são cafés de primeira linha. Realizar uma tour pela região de Salzkammergut, conhecendo os lagos e montanhas, é perfeito para quem gosta de cenários incríveis. O Vale Wachau também é ponto de paragem obrigatória. Trata-se de um dos patrimónios da humanidade reconhecidos pela UNESCO. Viena também é para quem gosta de cultura. Não poderia ser diferente, já que é a terra de alguns músicos importantes para o panorama musical mundial. Visitar os museus, palácios e a ópera é um excelente programa que vai tomar boa parte do seu dia. A gastronomia da Áustria também chama a atenção dos visitantes, schnitzel e apfelstrudel são pratos bastantes pedidos ao almoço e sobremesa respetivamente. A melhor forma de visitar o país é usando os serviços ferroviários. Lembra-se que o governo investe no turismo? Você vai conseguir visitar os principais pontos turísticos dessa forma. Ainda assim, para quem quer visitar lugares mais distantes, com vistas mais deslumbrantes nas montanhas e cidades pequenas, alugar um carro é possível e vale a pena. O turista que for visitar a Áustria não vai ter problemas para encontrar locais para comer. Há restaurantes para todos os bolsos e gostos, mas a gastronomia regional é o que há de mais comum. Portanto, não espere encontrar facilmente restaurantes com a culinária típica de outros países. Depois de Viena, há inúmeras cidades visitadas constantemente por turistas. A cidade de Salzburgo é bastante querida pelos amantes da música, o motivo é que se trata da cidade natal de Mozart. Salzburgo também conta com um centro antigo barroco em perfeitas condições e uma fortaleza medieval. É uma cidade excelente para os amantes de música e do período medieval. Innsbruck é a cidade conhecida pelos seus belos alpes. Também é marcada pelos traços medievais e pelo palácio imperial de Hofburg. A cidade também atrai turistas por causa do ski. Hallstatt também atrai milhares de turistas do mundo todo anualmente por causa das suas montanhas e paisagens de tirar o fôlego. As casas da cidade remontam ao século XVI. O Lago de Constança é conhecido e visitado por turistas de outros países. Trata-se de um lago entre a Alemanha, Áustria e Suíça. Os desportos aquáticos são o que mais atraem os turistas, mas o castelo de Meersburg também chama a atenção. A cidade de Graz é uma das que mais lembram o período medieval, devido a uma vila construída e preservada nesse estilo. Há também palácios e outras atrações. A cidade de Linz é para quem gosta do período barroco. A cidade conta com um centro histórico barroco, que mais parece um património da humanidade. O ski é quase que um desporto nacional na Áustria, praticado por boa parte da população e principalmente por turistas. Sankt Anton Am Arlberg é o verdadeiro ponto do ski para os turistas do mundo todo. Soelden é outra cidade bastante conhecida pelo ski, mas essas estão longes de serem as únicas para a prática do desporto. Para ser franco, as pessoas que querem praticar ski na Áustria vão ter de tirar algum tempo para escolher entre as inúmeras opções incríveis para o desporto. As pessoas que procuram paisagens incríveis também estarão bastante bem servidas. Para quem não tem interesse em praticar ski, a Áustria é um excelente lugar para atividades ao ar livre. Há inúmeros lagos ao lado de montanhas que vão chamar a atenção. Os hotéis que lembram pequenas cabanas são bastante aconchegantes, no inverno, e essas acomodações vão fazer com que seja difícil sair para conhecer a cidade, mas o país é bonito demais para não ser aproveitado. Se você quer visitar a Áustria, a melhor forma de fazer isso é planear cuidada e atempadamente todo o seu roteiro. Mas dois ou três dias não são o suficiente, pelo que, se puder, tente ficar mais alguns dias para explorar adequadamente a Áustria.