Home > Bangladesh > Bangladesh Paper Visa

Obtenha seu visto de visitante de Bangladesh on-line agora

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Paper Visa

BANGLADESH ESTÁ ABERTO- Bangladesh reabriu para o turismo em agosto de 2021.

VISÃO GERAL DO DOCUMENTO

O visto de visitante de Bangladesh é um visto que permite que os viajantes entrem em Bangladesh. Geralmente, permite uma estadia máxima de 30 dias no total e pode ser de entrada única, dupla ou múltipla. O serviço iVisa.com fornece a você apenas formulário de inscrição, bem como um guia para as próximas etapas de como obter seu visto de turista em Bangladesh. Após preencher o formulário, você precisará enviá-lo por correio ou pessoalmente (com hora marcada) no Centro de Solicitação de Visto de Bangladesh mais próximo.

Solicite o visto de visitante.

QUEM PODE ENTRAR EM BANGLADESH COM ESTE DOCUMENTO

O visto de visitante de Bangladesh está disponível para cidadãos de mais de 100 nacionalidades. Veja a lista completa nas perguntas frequentes.

Comece no pedido de visto para Bangladesh.

OBTENHA O FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE VISTO BANGLADESH

Você precisará relatar algumas informações pessoais e de viagem no formulário de inscrição para o visto de Bangladesh. Para preencher o requerimento no iVisa.com, você também precisará enviar uma foto com qualidade de passaporte em formato digital e ter um passaporte válido com validade de pelo menos 6 meses e 2 páginas em branco.

Enviaremos o formulário de solicitação de visto para Bangladesh para sua caixa de entrada de e-mail como PDF com código de barras. Você precisa imprimi-lo e enviá-lo pelo correio ou pessoalmente em seu Centro de Solicitação de Visto de Bangladesh designado, que processará e enviará seu visto.

Viajantes não vacinados devem apresentar um teste PCR negativo realizado dentro de 72 horas antes da partida para Bangladesh (para passageiros com 12 anos ou mais).

Comece!

EXIBIR O DOCUMENTO

No Centro de Solicitação de Visto, você precisará mostrar vários documentos pessoais e de viagem (consulte as Perguntas frequentes para obter a lista completa) junto com seu formulário de solicitação impresso.

Se o seu visto for aprovado, o Centro de Solicitação enviará seu visto em cerca de 3 a 10 dias úteis para envios pessoais e até 10 dias úteis se você enviar por correio.

Na chegada ao aeroporto, você deve estar pronto para mostrar seu visto para Bangladesh.

Você pode encontrar informações atualizadas sobre regras de quarentena específicas para Bangladesh nas Perguntas frequentes.

Documentos necessários para o processo

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO ONLINE - O QUE VOCÊ PRECISA:

Você deve ter o seguinte disponível enquanto preenche nosso formulário online simples:

  • Foto com qualidade de passaporte em formato digital

  • Passaporte válido com no mínimo 6 meses de validade e no mínimo 2 páginas em branco.

  • Um cartão de crédito ou débito para pagar


NO CENTRO DE SOLICITAÇÃO DE VISTO - O QUE VOCÊ PRECISA:

OBRIGATORIEDADE:

  • Formulário de inscrição impresso.

  • Passaporte válido (mínimo 6 meses de validade e 2 páginas em branco)

  • Roteiro de viagem

  • Reserva de hotel ou carta convite

Instruções importantes
  • A iVisa.com é uma empresa legítima e credenciada e reconhecida pela International Air Transport Association (IATA). Para obter mais informações, consulte as Perguntas frequentes abaixo.

  • Sua estadia em Bangladesh varia de acordo com o visto que você solicitar, com um máximo de até 30 dias no total em visto.

  • Tal como acontece com todos os vistos, o visto real emitido fica a critério da Autoridade Emissora de Vistos de Bangladesh.

  • Você não pode trabalhar em Bangladesh com visto de turista.

  • Todas as respostas devem ser em inglês, usando apenas caracteres latinos, exceto quando for solicitado que você forneça seu nome completo em seu alfabeto nativo.

Esta página foi útil?

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Questions?

Não, não tem. A partir de hoje, os passaportes ou certificados de vacinação COVID não são obrigatórios para entrar no Bangladesh. Agora, se estiver totalmente vacinado, está isento dos requisitos de testes.

As vacinas aprovadas pela OMS são aceites. As vacinas aprovadas pela OMS devem incluir o código QR. É considerado vacinado se todas as doses de uma vacina contra a SRA-Cov-2 tiverem sido administradas durante pelo menos duas semanas antes da viagem.

Uma vez que as informações podem mudar rapidamente, aconselhamo-lo a acompanhar as últimas actualizações de viagens ao Bangladesh e/ou a contactar a sua embaixada local.

  • Teste COVID antes da chegada: PCR dentro de 72 horas.
  • Isenções do teste COVID: Crianças menores de 12 anos e viajantes totalmente vacinados.
Requisitos quarantinos: Não há requisitos de quarentena.
Bangladesh tem-se tornado cada vez mais um destino procurado por quem deseja passar ótimas férias, pois esse país do sudeste asiático tem uma riqueza cultural incrível, além de paisagens de tirar o fôlego. As atividades por lá são muito variadas, e vão desde passeios pela animada capital do país, até safaris no meio de tigres em parques nacionais, o que é ideal para as pessoas mais corajosas e aventureiras. O país possui quase o mesmo tamanho que o estado do Ceará, no Brasil, mas a sua população é de cerca de 163 milhões de pessoas, muito mais do que os quase 8 milhões que vivem no Ceará. Por isso, Bangladesh é o oitavo país mais populoso do mundo, o que torna as desigualdades ainda mais evidentes nas ruas das cidades. O país faz fronteira com a Índia e com Myanmar, e já teve conflitos sérios durante a Guerra de Independência. Isso aconteceu quando o Paquistão Ocidental (atual Paquistão) entrou em conflito com o Paquistão Oriental, que atualmente é Bangladesh, e com a Índia. Tudo começou quando o Paquistão Ocidental começou a realizar uma operação militar contra as pessoas que exigiam a independência do país, e estes começaram a formar grupos para se rebelar contra esse sistema. A Índia apoiou o Paquistão Oriental, o que acabou levando depois a uma guerra entre Índia e Paquistão. O conflito terminou com a vitória do Paquistão Oriental, que se tornou então Bangladesh. Por esses e outros motivos, o país tem uma história fascinante e ainda muito viva na memória das pessoas, pois o conflitou ocorreu no ano de 1971. Devido à densidade populacional do país, o rápido crescimento populacional é um problema sério, mas, apesar disso, o governo tem criado políticas públicas para o controlo da natalidade desde a década de 80, e hoje a taxa de fecundidade é uma das menores entre os países da região, com 2,55 filhos por mulher. A região infelizmente é caracterizada por ser muito pobre, e a maioria da população é composta por agricultores pobres que tiram o seu sustento arduamente dos pequenos pedaços de terra que possuem. Um dado alarmante sobre o país é que mais da metade da população não sabe ler, nem escrever, e milhares de pessoas ganham apenas alguns centavos ao dia. Cerca de 26% dos habitantes vivem com menos de 1,25 dólar por dia. A religião mais praticada no país é o islamismo, pois cerca de 85% da população pratica essa religião. A capital do país é Daca, que tem uma das maiores densidades populacionais do mundo, com 7 milhões de habitantes. Se está pensando em viajar para Bangladesh, mas está com dúvidas em relação ao clima, existem determinadas épocas que são mais recomendáveis que outras para viajar para este destino, mas o clima costuma ser ameno durante todo o ano. A Estação das Monções, por exemplo, não é a época mais recomendada para uma visita ao país, pois é quando a maioria das chuvas acontece. Essa época chuvosa vai de junho a outubro, então fique atento para não acabar indo para Bangladesh na época errada. Infelizmente, o país também é frequentemente atingido por desastres naturais como inundações, ciclones e tornados, que se combinam com os efeitos do acentuado desmatamento e erosão do solo, o que torna a situação ainda pior. Um dos ciclones mais devastadores foi o de 2001, que matou mais de 140 mil pessoas. Bangladesh tem sido considerado um dos países mais suscetíveis às mudanças ocasionadas pelo aquecimento global, e tem sentido mais intensamente o aumento das chuvas e dos ciclones nos últimos anos. Se você está preocupado em relação ao idioma, saiba que a língua falada no país é o bengali, já que cerca de 98% da população é dessa etnia. No entanto, o inglês é amplamente utilizado entre a população como segunda língua, principalmente entre as camadas mais altas da população. Em termos de relações internacionais, Bangladesh tem uma política externa moderada, e o seu relacionamento mais importante é com a Índia. Isso ficou demonstrado durante a guerra contra o Paquistão, quando os dois países se ajudaram mutuamente. No entanto, elas também possuem alguns pontos de tensão, pois eles disputam a posse de 56 rios que possuem em comum, além de terem uma série de discussões a respeito de segurança de fronteiras e sobre barreiras que a Índia impõe para o comércio. Se você ficou interessado em conseguir um visto para Bangladesh, confira as informações que vamos fornecer a seguir. A maioria das nacionalidades precisa de visto para entrar no país, mas algumas podem obter o visto durante a chegada ao país e permanecer por até 30 dias, o que é uma quantidade de tempo excelente para conhecer o local. No entanto, a maioria dos países ainda precisa do visto tradicional em papel para entrar em Bangladesh, e, por isso, o iVisa é um site que lhe ajuda nesse processo. No que diz respeito aos outros requisitos, a nossa recomendação é que você ligue para a missão diplomática ou verifique o site deles (se houver). Você também pode encontrar muitas informações online, inclusive no site do iVisa. Não deixe de verificar se o seu passaporte possui, pelo menos, seis meses de validade a partir da data prevista de chegada a Bangladesh. É aconselhável verificar a data de validade do seu passaporte antes de ir a uma missão/embaixada diplomática. Portanto, Bangladesh é um país que oferece inúmeras atividades para os turistas e que se tem tornado, aos poucos, um dos destinos cada vez mais procurados pelos visitantes que desejam conhecer um local exótico e com uma população recetiva. No entanto, não esqueça de verificar com o seu médico quais são os remédios que deverá levar durante a sua viagem e quais as precauções que deverá ter por lá. Afinal, o país não possui uma estrutura hospitalar caso você tenha alguma emergência. É importante também que você subscreva um bom seguro de viagem, que cubra eventuais problemas que você possa ter nesse país. Depois, basta planear o roteiro e aproveitar a sua viagem ao máximo.