Faça agora seu registro Pré-Chegada online para o Cabo Verde

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Registro de Chegada Prévia

Em 1º de janeiro de 2019, o governo do Cabo Verde anunciou que cidadãos da União Europeia, Reino Unido, Suíça, Noruega, Islândia, Liechtenstein, Mônaco e Andorra precisam preencher um registro de Pré-Chegada para entrar no Cabo Verde. Este registro de Pré-Chegada permite que os viajantes entrem no país para fins turísticos e fiquem no Cabo Verde por até 30 dias. O processo é muito simples e 100% online. Após a solicitação ser enviada e aceita, o solicitante receberá um documento oficial que deve ser mostrado para o oficial de imigração ao chegar.

O Registro de Pré-Chegada em Cabo Verde é um documento de admissão eletrônico que os viajantes podem preencher antes da data prevista de chegada e, assim, evitar perder tempo e papel no aeroporto. Os candidatos receberão seu registro Pré-Chegada por e-mail. O iVisa oferece esse serviço para ajudar os viajantes a economizar tempo e evitar longas filas no aeroporto e cobra uma taxa de serviço por ele.

Documentos necessários para o processo
  • Um passaporte atual válido

  • Suas datas de viagem

  • Um cartão de crédito/débito ou uma conta do PayPal.

Instruções importantes
  • O passaporte dos viajantes deve ser válido por pelo menos 6 meses após a data de viagem pretendida para o Cabo Verde.

  • O registro de Pré-Chegada em Cabo Verde permite aos solicitantes uma entrada única no país, onde podem ficar por até 30 dias (visto de curto prazo)

  • Os solicitantes podem solicitar um registro de Pré-Chegada apenas se o motivo da visita for turismo.

  • Possuir um registro de Pré-Chegada para o Cabo Verde não garante automaticamente ao seu titular o direito de entrada no país. O oficial de imigração no ponto de entrada ou ponto de verificação de fronteira pode negar a entrada de qualquer pessoa caso considere que ela é incapaz de se adequar aos requisitos de imigração ou que sua presença no país seria uma ameaça os interesses ou segurança nacionais.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O registro de Pré-Chegada é um documento oficial que permite a entrada no país por 30 dias após a emissão para cidadãos da União Europeia, Reino Unido, Suíça, Noruega, Islândia, Liechtenstein, Mônaco e Andorra.

Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar sua solicitação:

  • Passaporte válido

  • Suas datas de viagem confirmadas

O custo do registo Pré-Chegada em Cabo Verde é de EUR 31.59.

Além disso, há uma taxa de serviço de:

  • Processamento padrão: EUR 22.57

  • Processamento expresso: EUR 45.14

  • Processamento super expresso: EUR 67.70

Depende do tempo de processamento que você escolher. Oferecemos três opções:
  • Processamento padrão: 10 dias úteis
  • Processamento expresso: 8 Business Days
  • Processamento super expresso: 6 dias úteis
O Registro de Pré-Chegada em Cabo Verde é válido para uma entrada única e é válido por 30 dias após a emissão (Visto de Curto Prazo).
O seu documento de viagem deve ser válido por pelo menos 6 meses após a data prevista de saída de Cabo Verde.
Cidadãos de todos os países da União Europeia, Reino Unido, Suíça, Noruega, Islândia, Liechtenstein, Mônaco e Andorra podem se inscrever no Registro de Pré-Chegada.
Sim, crianças menores de 2 anos de idade cidadãs de um país da União Europeia, Reino Unido, Suíça, Noruega, Islândia, Liechtenstein, Mônaco ou Andorra estão isentas de solicitar um Registro de Pré-Chegada em Cabo Verde.
O Registro de Pré-Chegada em Cabo Verde permite aos titulares apenas uma entrada única.
O viajante deve solicitar o registro de Pré-Chegada em Cabo Verde pelo menos 6 dias úteis antes da data prevista da viagem.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Para mais informações, clique no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

NÃO. Possuir um registro de Pré-Chegada em Cabo Verde não garante automaticamente ao seu titular o direito de entrada no país. O oficial de imigração no ponto de entrada ou ponto de verificação de fronteira pode negar a entrada de qualquer pessoa caso considere que ela é incapaz de se adequar aos requisitos de imigração ou que sua presença no país seria uma ameaça os interesses ou segurança nacionais.
Ao chegar em Cabo Verde, os solicitantes precisam apresentar seu passaporte juntamente com o documento de Registro de Pré-Chegada em Cabo Verde.
Cabo Verde é um arquipélago composto pelas ilhas de Santo Antão, São Vicente, Santa Luzia, São Nicolau, Sal, Boavista, Maio, Santiago, Fogo e Brava. Quando essas ilhas foram descobertas pelos marinheiros europeus, eles referiram-se a elas como “ilhas do abençoado” ou "ilhas afortunadas". Ele é composto por dez ilhas e mais oito ilhotas. O país está localizado a aproximadamente 1000 km das Ilhas Canárias e 460 quilómetros a oeste do Senegal e possui uma área combinada de cerca de quatro mil quilómetros quadrados. O número de habitantes da ilha é de pouco mais de 500 mil habitantes, sendo que a ilha da Santiago possui a maior concentração deles. Uma curiosidade sobre o país é que o número de cabo-verdianos que moram fora do país é maior do que o número de habitantes que residem na ilha, sendo Praia a cidade mais populosa, com 150 mil habitantes. O clima do país costuma ser quente durante todo o ano, pois ele é considerado uma extensão marítima do deserto do Saara. Durante os meses de outubro a junho, ventos secos e quentes chegam do Saara, o que cobre a ilha com uma neblina constante. Além disso, durante os meses de agosto a outubro, o país é atingido pelas monções, que traz as tão esperadas chuvas. No entanto, o país pode não ser atingido por essas monções, o que pode causar secas terríveis no país. Cabo Verde já chegou a passar 18 anos sem receber essas chuvas das monções. Uma das maiores festividades do país são as comemorações do Dia dos Santos. Cada ilha tem as suas próprias tradições, que incluem desfiles, dança e iguarias locais específicas. Em São Vicente e São Nicolau, o carnaval é muito famoso. No Fogo, a maior festa é a de Nhô São Filipe, em abril. Em Santiago, Maio e Brava, a festa de Tabanca em maio e junho é o incrível evento realizado antes da festa de São João e Santo António. O festival de música de Baia das Gatas, realizado em agosto, é uma atração imperdível que atrai moradores e visitantes para São Vicente por dois dias de música ininterrupta, proporcionando-lhe a oportunidade de dançar e deliciar-se com a comida tradicional. Um dos aspetos que mais surpreendem os turistas em relação a Cabo Verde é que muitas espécies da fauna e flora local não existem em nenhum outro lugar do mundo, pois as espécies chegaram à ilha por acaso e passaram muitos anos em absoluto isolamento adaptando-se às hostilidades do local. A passarinha é um exemplo, pois substituiu a água por insetos ao longo dos anos. A história de Cabo Verde é um aspeto muito interessante deste país, pois antes da chegada dos europeus ao país, ele era desabitado. Ele foi descoberto por navegadores portugueses e genoveses por volta do ano de 1456 e durante o século XVI a economia prosperou por conta do comércio de escravos. Ao longo dos séculos, as ilhas foram constantemente atacadas por piratas, como Francis Drake, por exemplo, que atacou a ilha em 1585. O declínio no comércio de escravos no século XIX acabou resultando em uma crise económica, no entanto, por ter uma localização estratégica em pleno Oceano Atlântico, cidades como Mindelo viraram importantes pontos comerciais. Diante dos poucos recursos naturais do arquipélago e do baixo investimento realizado pelos portugueses no país, o descontentamento da população com o status de colónia começou a aumentar, até que a independência aconteceu em 1975, depois da revolução de 1974 em Portugal. Caso você tenha ficado interessado em conhecer esse país, é muito simples conseguir um visto para Cabo Verde, basta que você aceda ao site da iVisa e clique no botão “solicitar agora”. Depois de preencher um formulário com algumas informações sobre o seu itinerário e passaporte, e de efetuar o pagamento, logo o visto aprovado será enviado para o endereço de e-mail que você forneceu. As ilhas abrigam uma enorme variedade de paisagens, desde vulcânicas até tropicais. O arquipélago faz parte da ecorregião da Macaronésia, juntamente com os Açores, as Ilhas Canárias e a Madeira. Um dos aspetos que mais encantam os visitantes são as suas lindas praias de areia branca, o oceano azul-turquesa, e o charme histórico de cidades como Ribeira Grande, considerada oficialmente a primeira cidade europeia a se estabelecer nas regiões tropicais do globo. Cabo Verde possui alguns vulcões que são interessantes de serem visitados. A ilha de Fogo possui o único vulcão que ainda está ativo em Cabo Verde, e vale a pena procurar uma excursão por ele caso esteja interessado em visitar essa ilha. A população do país é uma mescla de diferentes culturas, assim como o Brasil. Isso ocorreu porque houve uma mistura entre portugueses e africanos que acabou criando uma mescla bastante interessante. Não é incomum em Cabo Verde que uma pessoa tenha pele negra e olhos verdes ou mesmo cabelos loiros. De acordo com algumas pessoas, esta mistura da população de Cabo Verde faz com que sejam uma das mais belas populações do mundo. A língua oficial falada em Cabo Verde é o português, porém a fala local dos habitantes das ilhas é o crioulo cabo-verdiano, que pode variar em cada uma das ilhas. Outro aspeto interessante de Cabo Verde é sua forte cultura musical, pois diversos ritmos surgiram nessas ilhas. Uma das cantoras mais famosas que saíram de Cabo Verde foi Cesárea Évora, intérprete do género morna. No entanto, existem muitos outros géneros musicais no país, como é o caso da coladeira, funaná, batuko, mazurca, talaia baxu, valsa e samba. Outras cantoras têm despontado para o estrelato, levando a música cabo-verdiana para o mundo, como é o caso de Mayra Andrade. Portanto, caso você esteja interessado em viajar para Cabo Verde, esse país possui uma cultura muito diversificada em cada uma das suas ilhas e é o local ideal para viajantes que falam português, pois o facto de falarem a mesma língua torna a viagem para lá uma experiência ainda mais enriquecedora. Caso deseje obter um visto para Cabo Verde, aceda ao site da iVisa agora mesmo.