Chipre: Informações sobre o visto

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto para Schengen

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

Chipre, oficialmente República do Chipre, mas também conhecido como Ilha de Chipre, está longe de ser um grande nome na indústria do turismo, mas conta com alguns aspetos atrativos para os turistas do mundo todo. Para começar, estamos falando de um país bem pequeno, com uma população de cerca de um milhão de habitantes. Mas, devido às suas características, a Ilha de Chipre atrai um número considerado de turistas anualmente. Quais são essas características? A primeira é que se trata de uma ilha com um visual paradisíaco, a segunda é que o clima é subtropical em praticamente o ano inteiro. Frio e chuvas não são tão comuns, apesar de ser possível encontrar neve em certas áreas montanhosas, em certos períodos do ano. Apesar de já ter feito parte do Reino Unido, a Ilha de Chipre não tem o inglês como uma das suas línguas oficiais. Muito pelo contrário, a ilha tem o idioma dos seus vizinhos como oficiais. Estamos falando do turco e grego. De certa forma, apesar de ter um território terrestre pequeno, ainda existe uma divisão na ilha, moradores de um lado falam grego, enquanto que moradores de outro lado falam o turco. Inclusive, é comum encontrar a bandeira da Grécia andando pelas cidades. A presença turca também é forte. Na verdade, a Turquia tem o domínio de parte do território de Chipre, com direito a fronteira e proibição da transição de moradores do outro lado pelo seu território. Devido a pressões externas, medidas foram tomadas para aliviar a tensão no país, em 2003 as regras da fronteira interna foram aliviadas e os membros do lado não turco, conhecidos como cipriotas, puderam transitar pelo território turco. Apesar de toda essa tensão, não existe um conflito armado na região, o país é considerado seguro para os turistas. Além disso, o turismo é a principal atividade económica da ilha. Não é preciso dizer que as autoridades insistem nos investimentos para este setor. Apesar do clima de tensão nacionalista existir, os turistas são bem recebidos pela população no geral. Então, quais são os pontos turísticos que a ilha tem para oferecer? Apesar de se tratar de um país pequeno, a resposta para essa pergunta é grande. Para começar, temos o Porto de Cirénia, local com uma vista fantástica para o mar, repleto de iates e barcos na sua costa. O local também conta com inúmeros restaurantes e lojas feitas para os turistas. Uma atração a mais são os becos e casas do período otomano. É também aqui onde os turistas podem encontrar o Castelo de Cirénia, local que já abrigou inúmeros povos. Hoje, o local abriga um museu que conta a história da região. Ponto perfeito para os turistas que gostam de história. Ainda assim, o Porto de Cirénia é um local mais procurando por quem tem interesse em passar uma tarde agradável e tranquila. Para aqueles que têm interesse na parte paradisíaca de Chipre, Konnos Bay é o local mais indicado. Trata-se de uma pequena praia que tem uma vista de tirar o fôlego. Os restaurantes e outros locais de restauração da região são normalmente elogiados pelos turistas. Essa pequena ilha também é a região preferida pelos turistas que querem praticar desportos aquáticos. A água tem as condições ideias para os banhistas. Chipre é palco de alguns eventos importantes para a sociedade ocidental. Segundo a tradição grega, Lázaro fugiu da Judeia com destino a Chipre, este segundo a Bíblia foi ressuscitado por Jesus. Na história, a Igreja de Ayios Lazaros foi erguida para abrigar o túmulo de Lázaro. O túmulo encontra-se vazio, mas o local ainda segue como um ponto turístico importante para os visitantes. Para aqueles que gostam da ideia de visitar um local paradisíaco, mas não gostam muito da ideia de ficar próximo da natureza e longe da cidade, a Praia Finikoudes é o local perfeito. Trata-se de um local paradisíaco com uma infraestrutura completa. Há inúmeros restaurantes, lojas, áreas pedonais e hotéis. A avenida principal da região, que leva o mesmo nome, Praia Finikoudes, está repleta de hotéis com preços variados que se adequam a todos os bolsos. O que nos leva a falar sobre valores. Afinal, é custoso visitar Chipre? Se você leu os últimos trechos com atenção, já reparou que mencionamos preços de hotéis que se encaixam em todos os bolsos. Uma dica importante sobre os custos para visitar a região. O que podemos dizer é que Chipre está longe de ser tão caro de se visitar quanto pontos turísticos próximos, como a Grécia. Em comparação, Chipre é um local bem acessível para turistas. Para quem tem interesse nas artes, o Museu Pierids é o local a ser visitado. Trata-se de uma casa com inúmeras obras que contam a história de Chipre. Há também o Museu Leventis, que fica na capital do país, cidade de Nicósia, portanto, um local ainda mais acessível para os turistas. Aqui é possível encontrar artefactos, joias e outros itens. Ainda sobre museus, temos também o importante Museu Bizantino, que possui a maior coleção de itens religiosos da ilha. O local também já serviu de residência para antigos presidentes do país. Falando em presidentes. O atual palácio presidencial, que fica na capital, na cidade de Nicósia, está aberto aos visitantes. A visita não pode deixar de incluir o Património Mundial da UNESCO, Panagia tou Araka, uma das igrejas mais importantes do período bizantino. Voltando para a capital, é possível encontrar o Teatro Municipal de Nicósia, que é mais marcado pela cultura grega, as apresentações incluem peças infantis e antigos contos gregos. Há inúmeros outros pontos interessantes que podem ser visitados no país, a boa notícia é que, por se tratar de um país pequeno, conhecer os principais pontos turísticos não é tão difícil. Você não vai encontrar comboios e esqueça viagens de avião aqui, os carros são o seu maior aliado para andar de um ponto para outro. Não é necessário muito dinheiro para conhecer essa ilha, ao menos não tanto quanto seria necessário para conhecer Paris ou Berlim. Portanto, Chipre segue firme e forte como uma opção para os turistas que querem conhecer a Europa.