Consiga um visto para o Egito online (eVisa) de maneira rápida e eficaz.

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: eVisa

Em novembro de 2017, o Governo egípcio iniciou um novo plano de e-Visa para facilitar as viagens para o Egito e agilizar o processo de controle de fronteira. O processo de solicitação é simples e rápido. Consiste em fornecer algumas informações básicas.

O e-Visa permite que os visitantes passem até 30 dias no país e é válido por 90 dias a partir da sua emissão. Um e-Visa é um documento oficial que permite entrar no Egito viajar por ele. Depois que sua solicitação for aprovada, nós recomendamos que você imprima uma cópia do documento e a carregue com você

Documentos necessários para o processo
  • Uma digitalização do passaporte.

  • O nome do local de destino e o endereço.

  • Cartão de crédito/débito ou conta do Paypal.

Instruções importantes
  • Os Vistos para o Egito permitem entrar no país uma ou várias vezes e são emitidos para pessoas que precisam de um visto para entrarem no Egito.

  • Seu e-Visa para o Egito é válido por 90 dias após a emissão. A estadia máxima no Egito é de 30 dias.

  • Os pais podem usar suas contas para solicitarem para os filhos.

  • O tempo de processamento super expresso do e-Visa para o Egito é de, aproximadamente, 3 dias úteis.

  • É necessário um visto antes de entrar na República Árabe do Egito.

  • Se você exceder o tempo designado no seu e-Visa sem possuir uma permissão de residência, pode ser que você pague uma multa, seja deportado ou banido de futuras viagens ao Egito.

  • Não é necessário um e-Visa para o Egito de visitantes dos Estados Unidos, União Europeia ou Reino Unido que irão viajar para (e permanecer em) Sharm El Sheikh, Dahab, Nuweiba e Taba. Contanto que sua viagem seja inferior a 15 dias, eles podem viajar isentos de visto.

  • Os solicitantes devem possuir um passaporte regular válido por pelo menos seis meses a partir da data de chegada.

  • É recomendado que você possua pelo menos uma página em branco no seu passaporte para o carimbo.

  • Depois que a solicitação for enviada e aprovada, o viajante precisa imprimir pelo menos uma cópia do visto.

  • Você precisará mostrar o seu e-Visa impresso ao oficial de imigração no porto de entrada.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O e-Visa é um documento de autorização que permite aos visitantes entrarem no Egito.

Nos necessitamos dos seguintes itens para enviar sua solicitação:

  • Last Page of Passport (se aplicável)

  • Passport Personal Details Scan

COMO TIRAR FOTOS PERFEITAS DOS DOCUMENTOS REQUERIDOS: Assista ao nosso vídeo

O custo de um e-Visa para o Egito de entrada única é de 25 dólares. Para várias entradas, o custo é de 60 dólares.

Além disso, existe uma taxa de serviço de 25 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 55 e 90 dólares, respectivamente.

Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:
  1. Processamento padrão: 5 dias úteis.
  2. Processamento expresso: 4 dias úteis.
  3. Processamento super expresso: 3 dias úteis
O e-Visa para o Egito é válido por 90 dias após a emissão. Isso quer dizer que você precisa entrar no país dentro de 90 dias da data de emissão. Isso se aplica tanto para e-Visas de entrada única quanto para os de várias entradas.
Solicitantes de um e-Visa para o Egito devem possuir um passaporte válido por pelo menos 6 meses a partir da data de chegada.
Você deve apresentar os seguintes documentos ao chegar no Egito:
  • Passaporte válido por pelo menos 6 meses a partir da data de chegada.
  • e-Visa impresso.
  • Itinerário de viagem.
  • Carta de apoio. Por exemplo, carta da empresa ou carta de convite para visitas familiares/de negócio.
  • Reserva do hotel/detalhes sobre lugares que você deseja visitar se está viajando a turismo.
O e-Visa deve ser impresso em uma folha branca de papel a4. Uma impressão em dupla face ou em folha menor não será aceita.
Não, você não precisa. Pais ou mães podem solicitar pelas crianças junto com sua própria solicitação.

Cidadãos dos seguintes países são elegíveis para um e-Visa:

Todos os cidadãos da União Europeia (incluindo o Reino Unido), Albânia, Austrália, Canadá, Islândia, Japão, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Macedônia, Moldávia, Mônaco, Montenegro, Noruega, Rússia, Sérvia, Suíça, Ucrânia, Estados Unidos e Cidade do Vaticano.

É aconselhável que você faça uma solicitação para um e-Visa pelo menos 7 dias antes do embarque.

Com a entrada única você só pode entrar no Egito uma vez, com estadia máxima de 30 dias.

Várias entradas permite que você entre 2 ou mais vezes no país durante o período de validade do visto, que é de 90 dias. Cada estadia pode durar no máximo 30 dias.

Por exemplo, você pode entrar no Egito, partir depois de 15 dias e depois voltar e ficar mais 20 dias, etc... contanto que cada estadia não exceda 30 dias e que todas as entradas aconteçam dentro de 90 dias.

Você não precisa de um caso o tempo do seu trânsito/escala seja inferior a 48 horas (você precisa mostrar a sua passagem de avião do próximo destino). É permitido que você saia do aeroporto, mas precisa deixar o seu passaporte. Você precisará entrar em contato com a sua companhia aérea, pois muitas delas oferecem passeios turísticos de curta duração para seus passageiros com escala/tempo de trânsito entre 6 e 48 horas.

Se o seu tempo de trânsito for inferior a 6 horas, você pode deixar a área de trânsito, mas não o aeroporto.

O citado acima não se aplica a cidadãos do Irã (que sempre precisam de um visto de trânsito) e Afeganistão, Palestina, Filipinas e Líbano, que precisam permanecer o tempo todo na área de trânsito.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Mais informações no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

Muitos pensam que planejar uma viagem ao Egito é fácil, mas esse pensamento é o tipo de armadilha que pode tornar sua viagem desagradável. Comparado a outros países, o Egito é um país bastante difícil de explorar. Visitar as pirâmides e as esfinge leva apenas um dia, mas há muito mais para se ver. E então, o que você fará com o resto das suas férias? Ficar preso no hotel seria um desperdício. O fato é que provavelmente há mil coisas que você não sabe sobre o Egito e é por isso que esse artigo irá ajudá-lo. Uma das primeiras coisas é que o Egito tem uma história e tanto, que vai bem além de Cleópatra. Há um monte de outras coisas interessantes para aprender, coisas que você não quer procurar no Google. Você pode fazer isso em casa, se quiser. Por isso, meu conselho é: procure um guia turístico. Há muitos deles e eles geralmente são muito bom em seu trabalho. Os guias têm o talento de apresentar a história de um determinado local com paixão e envolvimento. Você pode escolher o melhor guia através de comentários online. Esse serviço não seria necessário por toda a viagem, mas ao menos por um dia ou dois. Isto é, se você quiser aprender mais sobre o Egito sem ir na wikipedia. Antes de ir ao Egito, uma das coisas que você deve fazer com certeza é comprar um seguro de viagem. Do contrário, você não receberá atendimento para doenças comuns e a maioria das apólices de seguro não têm cobertura internacional por padrão. Além disso, ser removido para um hospital no Egito deixará um buraco na sua conta bancária. Compre seu seguro de viagem e passeie com paz de espírito. O seguro também vem a calhar caso sua bagagem se perca ou seja roubada, ou caso os voos sejam cancelados. Uma das coisas que você precisa experimentar no Egito é a comida. No entanto, isso pode ser complicado, uma vez que nem todos os lugares são higiênicos. Para dizer o mínimo. Se você tem um estômago sensível, correrá o risco de ter todos os problemas possíveis. Mesmo pessoas com estômagos fortes podem acabar pegando alguma coisa. Escolher o lugar para fazer suas refeições com sabedoria pode ajudá-lo a não ter uma doença ou ficar a viagem inteira no banheiro. Como escolher? Veja onde a maioria dos moradores come. Procure lugares com grandes filas, entre nelas e aproveite. Os moradores sabem onde é seguro comer, então basta se juntar a eles. Fuja de restaurantes sem clientes ou vendedores ambulantes. Um aspecto que você certamente irá considerar sensível são os banheiros. Você vai precisar carregar papel higiênico consigo o tempo todo. Banheiros públicos não têm papel. É muito mais provável que você encontre uma mangueira para ajudá-lo a fazer sua higiene. No entanto, é possível que você, assim como a maioria dos turistas, não esteja aberto a experimentar. Levar papel higiênico o tempo todo irá ajudá-lo a evitar muitos problemas. Isso é crucial para poder explorar o país com tranquilidade. Quando estiver no Cairo, um dos locais preferidos dos turistas, você logo perceberá a presença do Uber. O Cairo é um dos muitos e muitos lugares do mundo que conta com o serviço. Isto é, se você não quiser usar o sistema de metrô. Além disso, as tarifas são mais do que acessíveis e é a maneira ideal de se locomover por lá. No Egito, há um monte de lugares onde você pode comprar todos os tipos de lembrancinhas. As preferidas incluem miniaturas das pirâmides ou da esfinge. Mas é claro que há vários e vários outros artigos. No entanto, os egípcios gostam de pechinchar em quase tudo. Eles se divertem pechinchando até garrafas de água na loja da esquina. Não participar desse ritual fará você gastar um dinheiro extra. É por isso que você deve sempre pechinchar. Assim, você economiza dinheiro, se diverte e ninguém fica ofendido. É preciso se preocupar com golpistas, é claro. Há vários deles no Egito. Eles dirão ou farão qualquer coisa para ganhar algum dinheiro, então é preciso ter cuidado. Não se deixe enganar. Na hora de fazer as malas, certifique-se de usar sapatos confortáveis. Suas caminhadas serão longas e estará fazendo muito calor. Chinelos são uma boa pedida, mas a melhor opção é um par de tênis de corrida bem confortável. Quanto ao vestuário, é melhor seguir as regras locais. Por exemplo, caso você seja uma mulher e queira visitar uma mesquita ou pontos turísticos religiosos, é melhor usar roupas abaixo do joelho. Usar um lenço na cabeça é obrigatório dentro de mesquitas. E não se entra nelas de sapatos. Quanto aos homens, mesmo que o clima esteja bom, você não deve usar camisetas sem manga ou roupas de ginástica. Biquínis e roupas de praia são aceitáveis apenas nos resorts ao longo do mar vermelho. Embora a viagem demande alguma pesquisa prévia, você vai pegar o jeito do Egito rapidamente. Lembre-se de se manter hidratado ou terá problemas com o sol. Ao mesmo tempo, não deixe de levar roupas de frio, pois as noites no Egito são tão frias quanto os dias são quentes. Acredite, você vai precisar daquele moletom que não levou porque ocupava muito espaço na bagagem.