Consiga o seu ESTA americano em poucos minutos online

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: ESTA

O Sistema Eletrônico para Autorização de Viagem (“ESTA”) foi implementado em 2009 para cidadãos isentos de visto que desejam viajar para os EUA por ar ou mar. O documento deve ser obtido pela internet antes da viagem. Você pode verificar se está elegível para o ESTA americano respondendo a nossa solicitação pela internet.

O iVisa oferece um processo fácil de solicitação pela internet para viajantes que precisam de um ESTA americano. Basta os viajantes preencherem o formulário pela internet e o ESTA é entregue a eles por e-mail. Nós sugerimos que os passageiros imprimam e carreguem uma cópia física do documento durante a viagem. Os funcionários de check-in no aeroporto podem verificar o ESTA no sistema, mas nós recomendamos aos nossos clientes manterem uma cópia em seu dispositivo eletrônico ou impressa. É um processo bem simples.

Documentos necessários para o processo
  • Passaporte eletrônico válido com um chip digital contendo informação biométrica
  • Cartão de crédito/débito ou conta do Paypal para pagamento
Instruções importantes
  • Você precisa solicitar um ESTA se você pretende chegar nos Estados Unidos por ar ou mar através do programa de isenção de visto. No entanto, não é necessário um ESTA se você chegar por terra.
  • O ESTA é válido por 2 anos ou até o passaporte do viajante vencer, o que acontecer primeiro.
  • Ele é válido para entrar ou fazer escala nos Estados Unidos várias vezes.
  • Viajantes devem possuir um passaporte válido por pelo menos 6 meses a partir da data planejada de entrada.
  • Se o seu passaporte foi emitido em 26 de outubro de 2005 ou depois, ele deve possuir uma foto digitalmente aplicada.
  • Se o seu ESTA vencer enquanto você estiver nos Estados Unidos, sua partida não será afetada.
  • Você é capaz de mudar qualquer itinerário em uma Autorização de Viagem atual. O ESTA é feito de maneira que você possa atualizar uma autorização de viagem válida. Não é necessário possuir uma reserva de passagem ou de hotel para poder solicitar uma autorização de viagem.
  • Viajantes devem obter uma nova autorização ESTA se tirarem um novo passaporte ou mudarem o nome, gênero ou país de cidadania.

ATENÇÃO: Receber uma autorização ESTA não significa que você pode ficar nos Estados Unidos por dois anos. Ela só permite que você viaje para os EUA sob os termos do Programa de Isenção de Visto (VWP).

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O Sistema Eletrônico para Autorização de Viagem (ESTA) é um sistema automático que ajuda a determinar a elegibilidade de uma viagem para os Estados Unidos sob o Programa de Isenção de Visto (VWP) e se tal viagem impõe um risco a lei ou segurança. Ao completar a solicitação para o ESTA, um viajante é informado da sua elegibilidade para viajara para os Estados Unidos sob o VWP.
Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar a sua solicitação:
  1. O Passaporte deve ser eletrônico com um chip digital contendo informação biométrica
  2. Os viajantes devem possuir um passaporte válido por pelo menos 6 meses a partir da data planejada de entrada.
  3. Os titulares do passaporte devem também fornecer o número do seu passaporte e o número da identidade.
O ESTA custa 14 dólares. Além disso, existe uma taxa de serviço de 15 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 45 e 65 dólares, respectivamente.
Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:
  1. Processamento padrão: 1 dia útil
  2. Processamento expresso: 3 horas
  3. Processamento super expresso: 30 minutos
O ESTA americano é válido por 2 anos a partir da emissão. Isso quer dizer que você deve entrar nos Estados Unidos dentro de 2 anos desta data. Além disso, é um visto que permite entrar várias vezes no país, com estadia máxima de 90 dias por visita.
Você deve tirar o seu visto americano em uma das embaixadas se qualquer uma das condições seguintes se aplicam a você: (1) Se você for chegar nos EUA embarcado em um veículo aéreo (avião). (2) Se você irá visitar os EUA por mais de 90 dias. (3) Se o motivo da sua viagem para os EUA é outro além de turismo ou negócios de curto prazo.
Não. Um ESTA aprovado significa apenas que você está elegível para viajar para os Estados Unidos sob o Programa de Isenção de Visto, mas não garante que você entrará no país. Ao chegar, você será inspecionado por um oficial de imigração que irá determinar se você está admitido dentro do VWP e/ou qualquer outra lei americana.
Cidadãos dos seguintes países podem solicitar um ESTA através do Programa de Isenção de Visto:
  • Alemanha
  • Andorra
  • Austrália
  • Áustria
  • Bélgica
  • Brunei
  • Chile
  • Cingapura
  • Coreia do Sul
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Hungria
  • Irlanda
  • Islândia
  • Itália
  • Japão
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Mônaco
  • Noruega
  • Nova Zelândia
  • Países Baixos
  • Portugal
  • Reino Unido
  • República Checa
  • República de Malta
  • São Marinho
  • Suécia
  • Suíça
  • Taiwan
A aprovação do ESTA americano será garantida por um período de 2 (dois) anos ou até que o passaporte do solicitante vença, o que for menor. O ESTA mostrará as datas de validade apropriadas.
Indivíduos que possuem um visto válido ainda podem viajar para os Estados Unidos pelo motivo pelo qual aquele visto foi emitido. Indivíduos viajando com um visto válido não precisam solicitar um ESTA.
Não. Se o seu ESTA vencer depois que você já estiver nos EUA, sua partida não será afetada. No entanto, depois que sair do país você terá que renovar o seu ESTA para poder entrar novamente nos EUA.
A estadia máxima por entrada é de 90 dias. O ESTA é válido por 2 anos a partir da emissão (ou até o passaporte vencer, o que acontecer primeiro) e permite entrar várias vezes nos EUA durante seu período de validade. No entanto, cada viagem não pode exceder 90 dias.
Não, você não precisa possuir um itinerário de viagem confirmado (voos ou outros) antes de fazer a solicitação.
Se a sua solicitação para um ESTA for negada, você precisará solicitar um visto americano de visitante, como o Visto de Turista B-2.
Você deve fazer a solicitação com pelo menos 3 dias de antecedência da sua chegada. No entanto, como o ESTA é válido por 2 anos, é recomendável que você faça a solicitação assim que puder.
O Programa de Isenção de Visto (VWP) é administrado pelo DHS (Departamento de Segurança Nacional) e permite que cidadãos de certos países viagem para os Estados Unidos a turismo ou negócios (para uma estadia de até 90 dias) sem antes tirarem um visto.
Sim. Crianças acompanhadas ou não (independentemente da idade) precisam possuir seu próprio ESTA antes da sua viagem para os EUA. Crianças registradas no passaporte dos pais não se qualificam para um ESTA. As crianças devem possuir seus próprios passaportes (válidos) para poderem se qualificar para um ESTA.

Cidadãos de países do VWP que também são cidadãos do Irã, Iraque, Sudão ou Síria NÃO são elegíveis para um ESTA.

Além disso, cidadãos de países do VWP que viajaram para ou estiveram presentes no Irã, Iraque, Sudão, Síria, Somália Líbia e Lêmen a partir de 1º de março de 2011 não são elegíveis para um ESTA

Toda nação ao redor do mundo já ouviu falar sobre o sonho americano, não é mesmo? Os Estados Unidos são a terra das oportunidades. Embora isso não seja completamente verdade, você não deve perder a chance de visitar o país. Existem coisas boas e ruins lá, assim como em qualquer outro lugar no mundo, mas o que você deve manter em mente é que uma viagem dessas é uma experiência única na vida. Aqui está o que você precisa saber antes de visitar os EUA. Primeiramente, o país possui uma área enorme. Para você ter noção, demora o mesmo tempo para voar de Nova Iorque para Los Angeles ou para Londres. O país cobre um continente de uma costa até a outra, então faz sentido ser tão grande. Embora isso não interfira em nada na sua vida, você deve estar ciente que não é possível conhecer todo o país em apenas uma viagem. Faça um itinerário das coisas que deseja ver e comece daí. Uma coisa que vai ter um grande impacto sobre você é o número de pessoas. Existem muitas, com as cidades grandes geralmente sendo compactas. Além disso, e agora é algo que você vai gostar, existem tantas culturas dentro do país que fará sua cabeça rodar. É possível achar pessoas de diferentes raças, religiões ou o que quer você possa imaginar. O país é uma mistura de diferentes culturas e aí é que mora sua beleza. Não é preciso nem dizer que você precisa respeitar todas elas ou então sua viagem não será tão prazerosa quanto poderia. Embora a maioria dos países no mundo utilizem o sistema métrico, os Estados Unidos ainda usam o sistema imperial. Eu digo ‘ainda’ pois muitas pessoas gostariam de passar a utilizar o sistema métrico, que faz mais sentido. Além do mais, eles usam um nome diferente para cada medida, o que pode confundir demais os turistas que estão acostumados com o sistema métrico. Você quer um galão de leite ou somente algumas onças? Quem sabe? Somente os americanos. Outra coisa diferente são os mercados. Não porque você vai ter dificuldades em escolher devido a enorme variedade de produtos, mas porque os preços nas prateleiras e o total a se pagar no caixa são diferentes. Por que? Pois os preços nas prateleiras não estão incluídos os impostos. O caixa adiciona os impostos na hora de pagar. Então sempre tenha mais dinheiro que o valor das mercadorias na hora de passar as compras. A gorjeta, embora seja voluntária na teoria, está mais para uma obrigação. Isso porque os garçons recebem salário mínimo e precisam dela para sobreviver. Parece um pouco antiquado, para falar a verdade, mas é assim que as coisas funcionam lá. Como se isso não bastasse, a gorjeta deve ser generosa. Algo por volta de 15 a 20% do valor total da conta. A pior parte é que alguns turistas relatam que tiveram problemas por darem pouca gorjeta. Isso não é regra geral, mas não é aconselhável ser pão duro. Você pode ficar um pouco oprimido ao visitar as cidades grandes. Por exemplo, Nova Iorque é enorme e pode ser demais para você, mesmo que não se perca graças a internet. Especialmente se não tiver acostumado com áreas metropolitanas. Existem muitas pessoas em todos os lugares a todo o momento. Ela não é chamada de a cidade que nunca dorme sem motivo. Uma das coisas que você vai amar nos Estados Unidos é que existem lojas 24 horas praticamente em qualquer lugar. Quer comida tailandesa as 5 da manhã? Sem problemas. Provavelmente existem dezenas de lugares abertos a essa hora que vendem. É possível conseguir qualquer coisa a qualquer momento, o que normalmente os estrangeiros amam. Outro aspecto que os turistas apreciam lá é a comida. Como dá para imaginar, os melhores restaurantes no mundo são americanos. Nova Iorque e São Francisco possuem muitos restaurantes que possuem a estrela Michelin, que todos sabemos que não é pouca coisa. Claro, é preciso ser capaz de bancar a comida nesses restaurantes, mas, tendo condições, definitivamente vale a pena. Chefes famosos cozinham lá e a comida é divina. Falando em comida, os americanos comem muita carne de boi. Eles comem carne de frango e porco também, mas a carne de vaca é a principal fonte animal. É por isso que Montana possui três vezes mais vacas do que pessoas. Mesmo assim, você encontra uma vasta variedade de pratos que contêm bifes raros e deveria provar pelo menos um. Por último, os americanos geralmente são carismáticos e acolhedores. Eles podem parecer frios as vezes, como a maneira que despedem de alguém ou o fato de desligarem o telefone sem dizerem adeus, mas no geral são sociáveis e amigáveis. Estão sempre curiosos sobre novas pessoas e é provável que você se sentirá em casa. Resumindo, você encontrará basicamente o que quiser nos Estados unidos. Não se esqueça de explorar a natureza, pois os parques nacionais mais belos do mundo estão nos EUA. Não fique apenas nas áreas urbanas. Sua experiência lá será excelente e provavelmente vai querer voltar várias vazes para conhecer as partes que não foram possíveis no seu itinerário inicial.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Mais informações no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf