Registro de pré-chegada para cidadãos indianos

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Registro de Chegada Prévia

Iniciando em 23 de janeiro de 2017, os cidadãos indianos precisam completar um registro de pré-chegada pela internet para que possam aproveitar a visita isenta de visto de 14 dias ou para deixarem o aeroporto quando fizerem escala por Hong Kong. Perceba que esse registro não é necessário caso esteja viajando de avião e não vai deixar a área de trânsito do aeroporto.

Cada registro pré-chegada para cidadãos indianos é válido por seis meses ou até a data de validade do passaporte vinculado a ele, o que for menor. Dado que os requisitos normais de imigração sejam cumpridos, o registrante pode utilizar um recibo de notificação válido juntamente com o passaporte indiano específico e válido para fazer várias visitas a Hong Kong isento de visto. Em cada visita, o tempo de estadia máximo do visitante é de 14 dias.

Documentos necessários para o processo
  • Passaporte indiano válido por pelo menos 6 meses.

  • Cartão de crédito/débito ou conta do Paypal

Instruções importantes
  • Viajantes que desejam visitar Hong Kong devem possuir um passaporte indiano válido por pelo menos 6 meses a partir da data de chegada pretendida.

  • Em cada visita, o registrante pode ficar em HKSAR por até 14 dias.

  • Os visitantes devem sair de Hong Kong em até 14 dias. Se existe uma necessidade especial/urgente para ficar mais tempo, os visitantes devem requerer, antes de vencerem os 14 dias, uma solicitação de extensão de estadia por até 7 dias extras.

  • Cada registro de pré-chegada para um cidadão indiano será válido por 6 meses ou até a data de validade do passaporte indiano vinculado a ele, o que for menor.

  • No caso de não conseguir o registro de pré-chegada, os cidadãos indianos que quiserem visitar Hong Kong podem solicitar um visto de entrada diretamente no Departamento de Imigração.

  • O tempo de processamento super expresso para o registro pré-chegada de Hong Kong é de, aproximadamente, 15 minutos.

  • Se o solicitante renovar seu passaporte indiano o alterar seus detalhes pessoais depois do registro pré-chegada, ele deve fazer uma nova solicitação de registro utilizando o novo passaporte ou dados pessoais.

  • Nós sugerimos que os passageiros verifiquem a informação, imprimam e carreguem contigo uma cópia durante a viagem. Os funcionários de check-in nos aeroportos podem também verificar a informação no sistema. No entanto, nos altamente recomendamos que os clientes mantenham uma cópia no seu dispositivo eletrônico ou, preferencialmente, imprimam uma.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

É um programa que o governo de Hong Kong implementou para continuar seu requerimento de 14 dias de isenção de visto para cidadãos indianos. Esse programa se iniciou em janeiro de 2017.
  • Possuir um passaporte indiano válido por pelo menos 6 meses.
  • Pretender visitar ou passar por Hong Kong (exceto nos casos de trânsito direto pelo ar, sem deixar a área de trânsito do aeroporto) para uma estadia não superior a 14 dias.
  • O PAR não é válido para cidadãos indianos que tem o direito a moradia ou de pousar, estão em estadia incondicional ou tem uma permissão válida para trabalho, estudo ou residência em Hong Kong.
O custo é de 25 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, o custo é de 55 e 75 dólares, respectivamente.
Isso depende do método de processamento que você escolher no momento da solicitação:
  1. Processamento padrão: 24 horas.
  2. Processamento expresso: 2 horas.
  3. Processamento super expresso: 0.5 horas.
É válido por 180 dias (6 meses) a partir da data de emissão.
Solicitantes que desejam visitar Hong Kong devem possuir um passaporte válido por pelo menos 6 meses a partir da data de entrada planejada.
Não. Uma pessoa admitida como visitante em Hong Kong não pode trabalhar de qualquer maneira, seja paga ou não, estabelecer ou se juntar a qualquer negócio ou se tornar estudante de uma escola, universidade ou outra instituição de ensino em Hong Kong. Se deseja entrar em Hong Kong para trabalhar, estudar, treinar ou morar, você deve solicitar um visto apropriado no Departamento de Imigração de Hong Kong através dos arranjos existentes.
Você deve carregar contigo o recibo de desembarque e seu passaporte indiano durante sua estadia em Hong Kong. No geral, você só precisa apresentar o seu passaporte indiano para ser liberado pela imigração na partida.
Sim. Ainda é necessário que você apresente um “cartão de chegada/partida” para ser liberado pela imigração na chegada/partida.
Você pode imprimir novamente o recibo de notificação através do seu e-mail. Outra maneira de imprimir novamente seu registro é através da sua conta de visto
O recibo de notificação deve ser impresso em uma folha branca de papel carta. Impressões em dupla face ou tamanho reduzido não serão aceitas.
Inconsistência de dados entre o seu passaporte e o recibo de notificação resultarão na invalidação do seu registro e causarão uma proibição do seu embarque em um transporte com destino a Hong Kong, assim como sua entrada lá. Você deve solicitar um novo PAR colocando as informações exatamente como aparecem no seu passaporte indiano.
Sim. Você e os membros da sua família precisam solicitar seus PAR individualmente.
Você pode solicitar de qualquer lugar do mundo pela internet.
Não. Você só pode solicitar um novo registro quando o seu atual vencer.
É permitido que você fique por, no máximo, 14 dias por visita.
Sim, o PAR oferece várias entradas. No entanto, cada visita é limitada a 14 dias.
De modo geral, os visitantes devem deixar Hong Kong antes de extrapolar seu tempo de estadia. Se existe uma necessidade específica/urgente para estender essa estadia, os visitantes podem fazer esse requerimento para ficarem até mais 7 dias, antes que sua estadia vença. As solicitações serão consideradas pelos seus próprios méritos.
Você receberá um documento chamado recibo de notificação. Você deve apresentá-lo ao entrar em Hong Kong.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Para mais informações, clique no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

Como você talvez já saiba, Hong Kong é parte da China, mas é uma região autônoma no que se refere a direitos. Além disso, trata-se de um destino magnífico de viagem, escolhido por muitas pessoas. Embora a maioria das pessoas achem que Hong Kong recebe apenas executivos, sua linda região tem muito mais a oferecer do que arranha-céus. Você já deve ter ouvido falar sobre a "Nova York da Ásia", mas ficará surpreso ao descobrir que o local é muito mais do que isso. É o tipo de viagem que o presenteará com várias memórias inesquecíveis. O povo de Hong Kong é muito amigável; você raramente verá alguém sendo descortês. Eles são muito educados e recebem bem os turistas. Quem diz que o povo do Canadá é o mais educado nunca viajou para Hong Kong. Eles são tão comprometidos a não ofender ninguém que chega a ser surreal. Ao mesmo tempo, é claro, você também deve ter os mesmos cuidados. Um bom exemplo é a forma como você coloca os rashis em uma tigela de arroz. Nunca os deixe na posição vertical, o que está associado a funerais. Não é ofensivo no sentido real da palavra, mas é perturbador. Você ficará surpreso ao descobrir que Hong Kong não é apenas uma área urbana. Na verdade, mais de uma metade de sua extensão é campestre. Sim, você tem a famosa Skyline, e os meios de comunicação quase sempre retratarão a área urbana, mas a natureza em torno dessa metrópole é linda. Você descobrirá praias, florestas e outras paisagens incríveis. É possível passar dias no local sem ver tudo. Além disso, há várias ilhas e o acesso a elas é bastante fácil. Há cinco formas principais de se locomover por Hong Kong. O sistema de transporte público de lá é um dos mais eficientes do mundo. Sem mencionar que é incrivelmente barato ir a qualquer lugar. Não precisa se preocupar em ser trapaceado por taxistas. Como mencionado antes, as pessoas lá são muito amigáveis e justas. Você não será enganado por ninguém. Outra vantagem do lugar é que você pode andar pelas ruas ou ir até a praia com uma bebida alcoólica aberta. Em Hong Kong, você pode beber em lugares públicos. A idade legal para beber é 18 anos, mas a maioria dos países não permite que se beba pelas ruas das cidades. Em Hong Kong, isso não é um problema. Mesmo que seus planos não envolvam beber na calçada, saber que você pode é importante. Conte com a liberdade de curtir uma cerveja gelada na praia, algo que não é possível na maioria dos países civilizados do mundo. A comida é uma experiência única e incrível. Depois de comer em Hong Kong, a comida oriental preparada em países ocidentais parecerá uma piada de mal gosto. A culinária deles é colorida, cheirosa e muito bem temperada. Além disso, como o povo de Hong Kong gosta de compartilhar, não é preciso pedir porções unitárias para cada pessoa na mesa. Em vez disso, basta pedir o que quiser comer e os alimentos ficarão dispostos por toda a mesa. A vantagem de fazer isso é poder saborear vários pratos na mesma refeição. Legal, não é? Quanto à comunicação, você não deve ter problemas. Caso não saiba, “Hong Kong” era uma colônia britânica até 1997, quando foi “entregue” à China. Como resultado, muitas pessoas lá são fluentes em inglês. Mesmo aqueles que não são fluentes conseguem se comunicar com você. No geral, compreensão mútua não será um problema. O povo de Hong Kong não fala chinês ou mandarim. Isso é um equívoco comum. Na verdade, eles falam cantonês. O idioma é bem diferente dos dois primeiros. Pode ser uma boa aprender uma ou duas frases de saudação. O povo de lá ficará animado com seu esforço de falar na língua deles. Até um “bom dia” pode fazer diferença nesse sentido. Outra coisa surpreendente é que as lojas ficam abertas até muito tarde. Não hipermercados ou grandes lojas. Estamos falando das pequenas lojas de esquina. Se na civilização ocidental estas lojas estão abertas até 6 ou 7 da tarde, em Hong Kong, elas ficam abertas até 10 da noite ou mais. Se você precisar de algo em uma loja de conveniência às 11 da noite, é bem possível que não fique decepcionado. Pergunte aos moradores. Eles saberão melhor. O aeroporto de Hong Kong é um dos maiores do mundo. Você pode pegar um voo para quase qualquer lugar de lá, o que é ótimo se você pretende visitar mais de um país durante a viagem. Uma regra importante a se lembrar aqui tem a ver com as escadas rolantes. Lembre-se sempre de andar à esquerda e ficar à direita. Além das coisas mencionadas acima, lembre-se de curtir as ruas de Hong Kong. Você verá pessoas tirando fotos em todos os lugares. As ruas de Hong Kong são encantadoras. As pequenas lojas contam com todo tipo de decoração, o que dá um brilho especial para a cidade. Tire muitas fotos; você vai querer se lembrar dessa viagem. Viva a experiência em Hong Kong com tudo que ela implica e lembre-se de que os moradores se orgulham muito de sua história. Certifique-se de aprender um pouco disso também.