Informações sobre o visto na entrada para as Maldivas

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto de Entrada

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Praias de areia infinitamente branca e águas cristalinas, mundialmente famosas, fazem do arquipélago das Maldivas um destino dos sonhos para viajantes de todo mundo. A República das Maldivas contempla um conjunto de cerca de 1.100 ilhas, distribuídas em 26 atóis de coral, localizada no Oceano Índico, ao sul da Índia.

O cidadão brasileiro que desejar se aventurar nesse pedaço de paraíso, explorar a vasta vida marinha e passar noites incríveis e românticas em bungalows construídos sobre as águas calmas, deve ter em mente que um visto é necessário. Entretanto, o processo não exige visita prévia a consulados ou embaixadas, podendo ser realizado no momento da sua chegada ao país. É o chamado visto na entrada para as Maldivas.

Entenda como funciona a solicitação, assim como os demais requerimentos para planear a sua viagem com tranquilidade.

O que eu preciso para visitar a República das Maldivas?

Passaporte

Você deverá conferir o seu passaporte. O documento deve ser original e estar válido no momento do ingresso no país, por 6 meses. Apenas 1 página em branco é necessária para o carimbo e autorização de entrada. Você preencherá um documento, que deverá carregar consigo durante toda a estadia e ser devolvido às autoridades de imigração quando for embora.

Vacinas

O governo das Maldivas exige a vacinação prévia contra a Febre Amarela. Assim, ela deve ser aplicada com pelo menos 14 dias de antecedência à data da viagem. Você deverá apresentar o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP), emitido pela Anvisa, juntamente com o seu passaporte aos oficiais de imigração no aeroporto.

Qual o valor e a validade do visto de turista para as Maldivas?

Não há custo para a solicitação e emissão do visto na entrada para as Maldivas. O carimbo permite que o cidadão brasileiro permaneça no país por 30 dias.

O Departamento de Imigração pode conceder a extensão da estadia por até 90 dias, caso você apresente evidências de que dispõe de recursos financeiros para arcar com as despesas de hospedagem e alimentação, mediante uma taxa de 750 Rúpias Maldívias – a moeda local.

Caso não tenha reservas em um resort ou hotel, você poderá apresentar uma carta-convite escrita pela pessoa proprietária do local em que estiver hospedado.

Representação diplomática

O Brasil não possui representação diplomática na República das Maldivas. Portanto, os cidadãos brasileiros que precisarem de qualquer tipo de assistência consular devem ter em mãos os dados de contacto da Embaixada do Brasil em Colombo, no Sri Lanka.

Restrições

A República das Maldivas é um país muçulmano que tem costumes e crenças bem distintas dos nossas. Por isso, não é permitido ingressar no país na posse de bebidas alcóolicas (mesmo que lacradas), armas (de fogo ou não, como, por exemplo, canivetes), munições ou materiais religiosos que possam ser ofensivos ao Islamismo.

Esses objetos possivelmente serão confiscados pelas autoridades alfandegárias na chegada ao país. Alguns são passíveis de devolução, como garrafas de vinho, espumantes ou lembranças de viagem trazidas de outros destinos.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós