Saiba mais sobre como obter o visto para a Moldova (eVisa) de forma fácil

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto Eletrônico

Em 2015, o Ministério de Assuntos Estrangeiros da Moldávia criou o e-Visa de visitante para cidadãos de mais de 100 países. Este e-Visa de visitante permite que os viajantes entrem e permaneçam em Moldávia para fins de turismo ou trabalho por até 90 dias após a chegada. O processo de solicitação do e-Visa para a Moldávia é muito simples e 100% online. Após a solicitação ser enviada e aceita, o solicitante irá receber seu visto por e-mail, que deve ser apresentado ao oficial de imigração ao chegar em Moldávia. Sim, é simples assim.

O sistema do e-Visa é um método online de solicitação de vistos de qualquer lugar do mundo. Uma das vantagens deste sistema para o viajante é que os vistos podem ser solicitados de maneira rápida pela internet, a qualquer momento, de qualquer lugar. O pagamento é feito online no momento da solicitação.

Documentos necessários para o processo
  • Applicant Photo

  • Passport Personal Details Scan

  • Return Ticket

  • Proof of Accommodation - Must match the dates of arrival and departure from the country. This is a requirement demanded by the Government in order to issue the travel document.

  • Proof of Travel Medical Insurance

  • Invitation Letter (se aplicável)

  • Bank Statement

  • Schengen Visa (se aplicável)

  • Cover Letter

Instruções importantes
  • O passaporte dos viajantes deve ser válido por pelo menos 3 meses a partir da data de saída e possuir pelo menos uma (1) página disponível para o carimbo.

  • Uma comprovação das acomodações é necessária para se obter o documento de viagem. As datas neste documento DEVEM seri iguais às datas de viagem selecionadas na solicitação. Este é um requisito pedido pelo governo para emitir um documento de viagem.

  • Os requerentes só podem solicitar um e-Visa de visitante para a Moldávia se o propósito de suas visitas for um dos seguintes: turismo, trabalho, visita a um parente, comparecimento a um evento de esportes ou comparecimento à uma conferência cultural.

  • O e-Visa de visitante para a Moldávia é válido desde a data de chegada intencionada até a data de saída. No entanto, a permanência total não pode exceder 90 days Per Entry.

  • A posse de um e-Visa de visitante para a Moldávia não garante automaticamente ao portador o direito de entrada no país. O oficial de imigração pode parar qualquer pessoa no porto de entrada se considerar que tal pessoa é incapaz de atender aos requisitos de imigração ou que sua presença em Moldávia seja contrária à segurança ou interesses nacionais.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O e-Visa para a Moldávia é um documento oficial que permite que visitantes entrem e viagem dentro de Moldávia por até 90 days Per Entry.

Nós necessitamos os seguintes itens para enviar sua solicitação:

  • Applicant Photo

  • Passport Personal Details Scan

  • Return Ticket

  • Proof of Accommodation - Must match the dates of arrival and departure from the country. This is a requirement demanded by the Government in order to issue the travel document.

  • Proof of Travel Medical Insurance

  • Invitation Letter (se aplicável)

  • Bank Statement

  • Schengen Visa (se aplicável)

  • Cover Letter

O e-Visa para a Moldávia custa EUR 52.06. Além disso, há uma taxa de serviço de EUR 26.03 para um Processamento Padrão, EUR 43.38 para um Processamento Expresso e EUR 69.41 para um Processamento Super Expresso.

Depende do tempo de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

  • Processamento padrão: 16 dias

  • Processamento expresso: 13 dias

  • Processamento super expresso: 11 dias

O e-Visa para a Moldávia é válido desde sua data de chegada intencionada até sua data de saída. No entanto, só é possível permanecer por um máximo de até 90 days Per Entry.
Seu documento de viagem deve ser válido por pelo menos 3 meses após o seu e-Visa vencer. Além disso, seu passaporte deve possuir ao menos uma página em branco para o visto.

As seguintes nacionalidades podem solicitar o e-Visa para a Moldávia:

  • Afeganistão

  • Argélia

  • Angola

  • Bahrein

  • Bangladesh

  • Belize

  • Benim

  • Butão

  • Bolívia

  • Botsuana

  • Brunei

  • Burkina Faso

  • Burundi

  • Camboja

  • Camarões

  • Cabo Verde

  • República Centro-Africana (RCA)

  • Chade

  • China

  • Comores

  • Congo

  • Cuba

  • República Democrática do Gongo

  • Djibouti

  • República Dominicana

  • Egito

  • Guiné Equatorial

  • Eritreia

  • Essuatíni (antiga Suazilândia)

  • Etiópia

  • Fiji

  • Gabão

  • Gâmbia

  • Guiné

  • Guiné-Bissau

  • Guiana

  • Haiti

  • Índia

  • Indonésia

  • Irã

  • Iraque

  • Costa do Marfim

  • Jamaica

  • Jordânia

  • Quênia

  • Kuwait

  • Laos

  • Líbano

  • Lesoto

  • Libéria

  • Líbia

  • Madagascar

  • Malawi

  • Maldivas

  • Mali

  • Mauritânia

  • Ilhas Maurício

  • Mongólia

  • Marrocos

  • Moçambique

  • Mianmar (antiga Birmânia)

  • Namíbia

  • Nauru

  • Nepal

  • Níger

  • Nigéria

  • Coreia do Norte

  • Omã

  • Paquistão

  • Palestina

  • Papua Nova Guiné

  • Filipinas

  • Catar

  • Ruanda

  • São Tomé e Príncipe

  • Arábia Saudita

  • Senegal

  • Seychelles

  • Serra Leoa

  • Singapura

  • Somália

  • África do Sul

  • Sudão do Sul

  • Sri Lanka

  • Sudão

  • Suriname

  • Síria

  • Taiwan

  • Tanzânia

  • Tailândia

  • Togo

  • Tunísia

  • Turcomenistão

  • Uganda

  • Vietnã

  • Lêmen

  • Zâmbia

  • Zimbábue

NÃO. A posse de uma Autorização de Pouso para Moldávia não garante automaticamente ao portador o direito de entrada no país. O oficial de imigração pode parar qualquer pessoa no porto de entrada se considerar que tal pessoa é incapaz de atender aos requisitos de imigração ou que sua presença em Moldávia seja contrária à segurança ou interesses nacionais.

Ao chegar em Moldávia, você precisa apresentar seu passaporte juntamente com o seu e-Visa para a Moldávia, que deve estar impresso. Também será solicitado que apresente os seguintes documentos:

  • Uma carta convite ou qualquer outro documento que prove o motivo da sua visita

  • Prova de acomodação

  • Seguro de saúde e de viagem

É recomendado tomar a Vacina contra Febre Amarela caso esteja viajando de um país onde existe risco de transmissão da doença.

Para mais informações, clique no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

A Moldávia é um país pequeno, mas charmoso, da Europa Oriental. Ele tem uma história problemática, e sofreu para conseguir sua independência. Os conflitos aconteceram em 1992, mas agora o país está em paz e incrivelmente acolhedor. Se planeja viajar para a Moldávia em breve, recomendamos que faça isso pelas fronteiras romenas. Cruzar a fronteira com a Ucrânia é muito mais complicado.

Antes de começar a planejar sua viagem a Moldávia, primeiro você deve saber sobre os requerimentos de entrada. É verdade que a maioria das nacionalidades, 103 para ser exato, pode entrar em Moldávia sem um visto, contando que a visita não exceda 90 dias. Mas a sua nacionalidade pode não estar entre elas. Nesse caso, é possível solicitar um visto eletrônico online, disponível para cidadãos de todos os países que necessitam de visto.

Contudo, lembre-se que, se você não estiver isento de visto e planeja permanecer em Moldávia por mais de 90 dias, é necessário ir até a embaixada moldava do país onde reside e solicitar um visto padrão. Além disso, algumas nacionalidades devem portar uma carta de convite. É melhor consultar a política de vistos da Moldávia para ver se a sua nacionalidade está nessa lista.

O idioma oficial da Moldávia é o romeno. Costumava ser o moldavo até 2013. No entanto, o russo também é muito falado, tanto como primeiro idioma, como segundo. Algumas pessoas falam ucraniano também. As escolas ensinam francês e inglês, mas o povo da Moldávia não utiliza muito esses idiomas. Então, se estiver planejando viajar para a Moldávia, seria melhor se aprendesse algumas frases básicas em romeno ou russo. Pois esses idiomas são mais comuns que o inglês.

A melhor época para visitar a Moldávia é durante a primavera e o outono. O cima da Moldávia é impiedoso durante o versão, quando as temperaturas frequentemente excedem os 30 graus Celsius. Durante o inverno, pode ficar congelante, principalmente em janeiro e fevereiro, quando as temperaturas podem ficar negativas, até mesmo durante o dia.

Sabe por que a maioria dos turistas vão até a Moldávia? Por causa do vinho excelente. A Moldávia é famosa por seus bons vinhos. Se visitar durante o outono, poderá vislumbrar o processo de vinificação de forma integral, o que pode ser divertido e informativo. Você deve visitar Milestii Mici, que detém o recorde mundial do Guiness pela maior coleção de vinhos do mundo. E além disso, o lugar é realmente fantástico. Acredite se quiser, lá tem 200 quilômetros de estradas subterrâneas. Se quiser visitar, é melhor agendar a visita com uma agência. Pois irá precisar de um veículo para explorar as estradas e o vinhedo inteiros.

Sabe por que a maioria dos turistas vão até a Moldávia? Por causa do vinho excelente. A Moldávia é famosa por seus bons vinhos. Se visitar durante o outono, poderá vislumbrar o processo de vinificação de forma integral, o que pode ser divertido e informativo. Você deve visitar Milestii Mici, que detém o recorde mundial do Guiness pela maior coleção de vinhos do mundo. E além disso, o lugar é realmente fantástico. Acredite se quiser, lá tem 200 quilômetros de estradas subterrâneas. Se quiser visitar, é melhor agendar a visita com uma agência. Pois irá precisar de um veículo para explorar as estradas e o vinhedo inteiros.

Cricova é similar a Milestii Mici. Ela tem a segunda maior adega de vinhos, com 120 quilômetros de estradas subterrâneas. Na verdade, os turistas preferem essa, pois fica a apenas 15 minutos de Chisinau, a capital da Moldávia. Aqui também é possível fazer um tour, experimentar o melhor vinho, e se divertir.

Outra adega que deve visitar é Purcari. Essa é bem famosa. Não por ser uma das vinícolas mais antigas da Moldávia, mas também porque o imperador russo Nicolau II, o rei inglês Jorge V e a rainha Vitória costumavam beber vinhos de Purcari. Um que você precisa experimentar durante a sua visita é o vinho chamado Negru de Purcari. Provavelmente será um dos melhores vinhos da sua vida. E é possível comprar vinhos de todas essas vinícolas. São presentes excelentes para seus amigos e parentes. A além disso, eles são incrivelmente baratos, se comparados a outros vinhos excepcionais europeus. Parece que os vinhos moldavos, embora sejam incríveis, não são tão bem conhecidos, por razões políticas.

Se estiver procurando por alguma coisa pra fazer na Moldávia, saiba que muitos turistas decidem explorar o país andando de bicicleta ou motocicleta. As vistas são incríveis, principalmente se viajar na estrada europeia que liga Chisinau até a fronteira ocidental com a Romênia. Ela conta com paisagens pitorescas por toda parte, além de lindos vilarejos e monastérios. As colinas com vinícolas são deslumbrantes durante o outono, mas todas as estações têm algo a oferecer. Quando estiver na Moldávia, também terá a opção de explorar cavernas. O país tem algumas cavernas abertas ao público. Uma delas é a Caverna das Surpresas. Ela fica a cerca de 50 quilômetros de Chisinau, perto de Criuleni. A caverna Emil Racovita fica perto da vila de Criva, um pouco mais longe de Chisinau (cerca de 265 quilômetros). E vale à pena visitar ambas as cavernas. Mas lembre-se que os visitantes devem levar seus próprios equipamentos, pois não encontrará nenhuma para alugar nesses locais.

Mas é possível fazer muitas outras atividades divertidas na Moldávia. Dá para andar a cavalo, andar de caiaque, e saltar de paraquedas. Os saltos podem ser feitos na pista de pouso de Vadul lui Voda, e é possível agendar saltos individuais ou saltos tandem durante os finais de semana. Mas é claro, o tempo precisa ajudar.

O povo da Moldávia é amável. Eles recebem bem os turistas, e estão sempre dispostos a ajudá-los a se divertir. Se visitar durante o outono, talvez perceba que muitas pessoas cultivam suas próprias uvas e fazem seus próprios vinhos. Acredite se quiser, muitas pessoas da Moldávia produzem milhares de litros de vinho por ano, para consumo pessoal. Algumas delas vendem as uvas ou os vinhos assim que ficam prontos para serem engarrafados.

E a comida da Moldávia é deliciosa. Você deve visitar alguns restaurantes em Chisinau, a capital do país. Com certeza é um ótimo lugar para comilões. É fácil de encontrar acomodação, mas perceberá que os preços são bem altos.

Quanto à segurança, você não precisa se preocupar com nada. Com certeza irá encontrar vários bêbados durante a noite, mas a maioria deles é inofensiva. Simplesmente se afaste, e vai ficar bem. Talvez seja melhor beber água engarrafada, pois alguns pesticidas proibidos, como o DDT, foram utilizados e contaminaram o solo.

Mais uma coisa que deve saber antes de viajar para a Moldávia é sobre a relação complicada que seu povo tem com a Romênia. Alguns moldavos se identificam como romenos, outros não. É melhor estudar bem sobre seus anfitriões para descobrir como eles se identificam. É um assunto sensível, e o melhor é evitá-lo tanto quanto for possível.

Mas a conclusão é que vale à pena visitar a Moldávia. Suas paisagens pitorescas, suas vinícolas, e suas comidas gostosas tornam a Moldávia um local acolhedor para turistas.