Em destaque na

New Zealand: Informações sobre o visto

iVisa.com provides expedited processing and guidance for any visa application since 2013. We are not affiliated with any Government Department.

No Tourist Visa Required

Hoje é seu dia de sorte! Você NÃO precisa de um visto de turista para entrar nesse país. Se você precisar de informações sobre um visto de estudante ou de trabalho, favor entrar em contato com a embaixada mais próxima. Boas Viagens!

Informação de Contato da Embaixada

Saiba mais: Autorização Eletrônica de Viagens

Em breve, mais informações!

Use a nossa ferramenta Calculadora de Vistos

Calcular o custo do visto antes de solicitar

Depoimentos

Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas frequentes

A facilidade em conseguir um ETA para a Nova Zelândia tem atraído cada vez mais turistas , mas, primeiramente, vamos falar um pouco mais sobre a história desse local. Diversas evidência de estudos realizados na região sugerem que ela tenha sido ocupada por polinésios entre os anos de 1250 e 1300 e, ao longo do tempo eles foram desenvolvendo a cultura que foi ficando conhecida como maori. Alguns maoris migraram e formaram uma cultura distinta chamada moriori nas ilhas Chatham, mas foram dizimados entre 1835 e 1862, por conta doenças trazidas pelos europeus e das invasões dos maoris. Os primeiros europeus chegaram no país em 1642, e, como tiveram um encontro hostil com um maori, somente voltaram a pisar no local 1769, que foi quando o britânico James Cook mapeou o seu litoral. Eventualmente, diversos missionários cristãos acabaram chegando ao local e convertendo boa parte da população maori ao cristianismo. Depois da Guerra da Nova Zelândia entre 1860 e 1870, que ocorreu devido ao crescente número de imigrantes e conflito por terras, o país conseguiu se desenvolver bastante, e em 1893 tornou-se o primeiro país a conceder às mulheres o direito ao voto. Atualmente, esse país de 4,9 milhões de habitantes é um dos mais desenvolvidos do mundo, pois a expectativa de vida é de 84 anos para as mulheres, e 80,2 anos para os homens. Por isso também ela tem atraído muitos imigrantes, que chegam em busca se segurança e bons salários. No entanto, como o país tem sofrido um aumento no número de pessoas, isso acabou gerando aumento nos congestionamentos, competição por vagas mais acirrada no mercado de trabalho e aumento do preço dos imóveis. Por isso o país tem, cada vez mais, adotado medidas com relação aos imigrantes, não visando exterminá-los, mas para atrair pessoas cada vez mais qualificadas. A boa notícia é que brasileiros não precisam de visto caso queiram viajar a turismo para a Nova Zelândia por até 90 dias. No entanto, fique atento, pois todos os cidadãos de país que são isentos de visto atualmente deverão requerer um ETA para a Nova Zelândia, que passará a ser obrigatório a partir do dia 1 de outubro de 2019. Quando for concedido ele será válido pelo período de 2 anos. Lembrando que o ETA não é um visto, e sim uma autorização para entrar no país, que é bem mais simples, e apenas serve para que as autoridades tenham mais controle sobre os visitantes de países que atualmente não precisam de visto. O preço do ETA para a Nova Zelândia deverá ficar em torno de USD 5 e USD 7, dependendo da forma como fizer sua aplicação para o ETA, seja ela online ou através de aplicativos. Além disso, ao aplicar para o ETA para a Nova Zelândia, também será necessário pagar uma taxa turística de cerca de USD 23, que será válida durante o período de validade da sua autorização. Por isso, viajar para a Nova Zelândia não é difícil para os brasileiros, pois existe essa facilidade diante da isenção da necessidade desse documento. Se você ficou curioso para saber um pouco mais sobre a geografia desse país, confira o que vamos falar a seguir. Ela é formada por duas ilhas principais, a do Norte e a do Sul, que são separadas pelos Estreito de Cook. A Ilha do Sul é conhecida pela cordilheira chamada de Alpes do Sul, que possui 18 picos com mais de 300 metros de altura. Nessa região fica uma das maiores atrações do país, o glaciar Franz Josef, que fica situado no Parque Nacional Westland, juntamente com o Glaciar Fox, que fica 20 km ao sul. Infelizmente ele tem sofrido com recuos constantes devido ao aquecimento global, e algumas estimativas dizem que deverá desaparecer em até 20 anos. Outra atração da Ilha do Sul é o Parque Nacional Abel Tasman, que é uma reserva marinha com praias paradisíacas e que, inclusive, tem uma ilha cheia de focas. O melhor de tudo isso é que as praias do local são muito bem preservadas, e nenhum comércio é permitido no local, então é necessário que você se prepare e leve um lanche para passar o dia por lá. O recomendável é que você deixe, pelo menos, 2 dias da sua viagem para visitar esse local. A cidade de Kaikoura é outro local que vale a pena visitar, pois ela é considerada um excelente local para fazer a observação de baleias e para ver as focas, que dormem pelas calçadas no Ohau Point Seal. Além disso, nesse local você pode conhecer uma praia com pedras negras, que é uma linda paisagem quando se observa o contraste dela com o mar azul. Já na Ilha do Norte, que é um pouco menor em extensão, também existem atrações para todos os gostos, como, por exemplo, a cidade de Auckland. Ela tem praias que são ótimas para o surf, e é conhecida por ser o principal centro econômico e financeiro do país, embora a capital seja Wellington. Cerca de 31% de toda a população do país está localizada nessa cidade. Dentre as atrações turísticas do local estão a Sky Tower, que é o edifício mais alto do hemisfério sul, com 328 metros e o Museu Memorial da Guerra de Auckland, que é um dos maiores símbolos da cidade, já que foi construído sobre um vulcão adormecido e possui coleções de fotografias e artefatos maoris. Outro lindo local para se visitar na Ilha do Norte é o extremo norte dela, chamado de Cape Reinga. Esse local é de fundamental importância para o povo Maori e possui belas praias para serem exploradas. Para quem gosta de aventuras e natureza, esse local é um “prato cheio”. Caso você tenha ficado curioso para saber mais a respeito do visto ETA para a Nova Zelândia, entre em contato com a [iVisa] (www.ivisa.com), nossos funcionários estão sempre prontos para ajudar no que for preciso para que sua viagem seja da forma como sempre sonhou.

Um e-Visa é um documento oficial que permite e entrada e a viagem dentro de certo país. O e-Visa é uma alternativa aos vistos emitidos nos portos de entrada ou as visitas a uma embaixada/consulado para obter um visto de papel tradicional. e-Visas são vinculados eletronicamente ao passaporte do viajante.

Nosso serviço começa com informação. Você pode usar nossa ferramenta de requerimento de visto atualizada para pesquisar se precisa de um visto. Simplesmente basta informar de onde você é e para onde está indo. Baseado nessa informação, nós diremos quanto custa o visto, o número de entradas que ele permite, a data de início e daremos um curso de ação, como solicitar direto no nosso site!

O melhor lugar de descobrir essa informação é na nossa ferramenta de requerimento de visto. Cada país possui regras de entrada e taxas de visto diferentes. Se está com pressa, também pode solicitar pela internet e o formulário fornecerá essa informação.

Isso depende do país que está emitindo o visto. Para muitos países, como a ETA australiana e o e-Visa turco, o processo pode ser feito em 15 min através do nosso serviço super expresso. Para outros países, como o visto de turista indiano, o processo normalmente leva 24 horas. O tempo exato pode ser visto no formulário de solicitação. O que nós garantimos é que sua aplicação com o iVisa será a mais rápida de todas possíveis.

O documento deve ser impresso em uma folha branca de papel A4. Impressões em dupla face ou reduzidas não serão aceitas.

Nós ajudamos a conseguir seu visto de viagem da maneira mais simples e rápida possível. Através do formulário pela internet fácil de usar e um serviço mundial de atendimento ao consumidor 24 horas, nós fazemos todo o processo do visto ser rápido e simples! Nós também usamos as melhores práticas na hora de proteger os seus dados e seu cartão de crédito.

O iVisa oferece dois tipos de visto: vistos eletrônicos (e-Visas) e vistos tradicionais de papel, dependendo do seu destino. Além disso, nós também oferecemos os seguintes serviços/documentos que são exigidos por certos países: ETA (autorização eletrônica de viagem), cartões turísticos, formulário de pré-registro/aprovação do Visto ao Chegar, cartas convite de turismo e serviço de registro de embaixadas.

  1. Selecione o país para o qual você está pedindo o visto
  2. Selecione o tipo de visto e leia as instruções com cuidado.
  3. Selecione solicitar agora
  4. Preencha o formulário de solicitação.
  5. Pague com um cartão Visa, Mastercard ou outro cartão de débito.
  6. Aguarde a aprovação por e-mail, baixe e imprima o e-Visa da pela sua conta.
  7. Apresente seu e-Visa impresso ao oficial de imigração no porto de entrada.

Note que a maioria dos países oferecem a possibilidade de processar um visto de viagem sem uma taxa de serviço. A razão principal pela qual nós processamos milhares de vistos de viagem por mês é que nós economizamos seu tempo e frustração. Nosso serviço inclui um site e formulário de solicitação fáceis de usar. É muito mais fácil processar sua aplicação conosco, especialmente para usuários de dispositivos móveis e grandes grupos. Nós enviamos o visto dias antes da viagem para todos nossos clientes. Isso ajuda especialmente aqueles passageiros que compram o visto com meses de antecedência. Nós também possuímos um serviço de atendimento ao consumidor 24 horas com profissionais residentes nos Estados Unidos e que falam inglês. Nós aceitamos várias moedas e nosso site pode ser traduzido em mais de 20 idiomas. Nós acreditamos que nossa taxa vale seu tempo e a sanidade, mas lembre-se que todos governos possuem seu próprio serviço “grátis”.

Se você já realizou a solicitação no nosso site, por favor entre na sua conta e procure seu pedido/solicitação. Uma conta é gerada automaticamente após o pagamento ser recebido. Clique no link no seu e-mail de confirmação para definir uma senha ou visite a página de acesso para configurar sua senha e entrar na sua conta. Perceba que na maioria dos casos seu visto será entregue por e-mail e pode ser encontrado na sua conta após entrar nela.

Se sua solicitação para o visto não for aprovada pela agência do governo, nós garantimos um reembolso integral. Se, por qualquer razão, você não estiver satisfeito com nosso serviço, por favor entre em contato conosco via chat e nós forneceremos um reembolso da sua taxa de serviço. Se for cometido um erro na sua solicitação, nós processaremos seu visto novamente sem nenhum custo adicional. Por favor, saiba que os reembolsos são feitos no próprio cartão de crédito utilizado.

Se nós não processamos seu visto ainda, as alterações podem ser feitas sem problema. Nós também verificamos se existem erros nas suas informações. Se você já processou seu visto e nós enviamos sua solicitação para a agência apropriada do governo, vai depender se ela permitirá ou não a alteração. Por favor, entre em contato conosco imediatamente (de preferência através do chat) se perceber um erro na sua solicitação.

Alguns países podem exigir uma prova de vacinação contra febre amarela se estiver chegando de um país com risco dessa doença. Você pode ver mais informações aqui: https://wwwnc.cdc.gov/travel/destinations/list É de responsabilidade própria do passageiro verificar essas regulamentações antes de viajar para o país escolhido.

Para baixar sua fatura, entre na sua conta e baixe ela diretamente de lá.

Você pode imprimir novamente seu e-Visa na sua conta de e-mail. De maneira alternativa, é possível recuperar e reimprimir seu e-Visa na sua conta iVisa.

Sim. O sistema do iVisa não mantém a informação do seu cartão de crédito depois da transação ser processada.

Todos os vistos garantem permissão para o viajante chegar no porto de entrada do país. Se a sua entrada vai ser permitida ou não será a critério do oficial de imigração no ponto de entrada.

Se a sua solicitação ainda não foi submetida para processamento, você receberá um reembolso total. No entanto, se sua solicitação já foi enviada, nós não seremos capazes de fornecer um reembolso.

Quando o visto precisa ser enviado para você, os tempos de processamento não incluem o tempo de envio. Ele é o tempo de quando recebemos a solicitação até conseguir a aprovação. A maioria dos vistos (e-Visas) não enviados por e-mail após aprovados, então não existe tempo de envio.

Não, nós não somos afiliados a nenhuma agência governamental. Nós somos uma empresa privada especializada em processar vistos de viagem para viajantes ao redor do mundo.

Infelizmente, nós não somos capazes, uma vez que as agências governamentais não nos informam o(s) motivo(s) por trás da decisão.

Se seu visto não for aprovado, nós recomendamos que você entre em contato com a embaixada/consulado mais próximo para mais informações sobre suas opções.

Nós aceitamos Visa, Mastercard, American Express e PayPal.

Todos os cidadãos desses territórios solicitando através do nosso site terão sua solicitação processada com a nacionalidade/cidadania especificada em seu passaporte. Por exemplo, um viajante de Porto Rico irá ter seu pedido processado com nacionalidade americana. Isso não se aplicada a viajantes sob a categoria BOTC (cidadão britânico em territórios ultramarinos) de acordo com o Ato de Territórios Ultramarinos Britânico de 2002.

Need Help?