Obtenha um visto para Omã (Visto eletrônico de residente CCG) de forma prática

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto Eletrônico de Residente CCG

Em fevereiro de 2018, a Polícia Real em Omã (ROP) anunciou um novo sistema para visitantes solicitarem um visto de turista. O novo sistema de visto pela internet pretende facilitar o processo para os turistas viajarem para Omã e reduzir o tempo de espera no terminal de chegada.

O sistema do e-Visa é um método de solicitação de vistos pela internet para entrar em qualquer lugar do mundo. Algumas das vantagens desse sistema são que a solicitação do visto é rápida pela internet e pode ser feita de qualquer lugar a qualquer hora. O pagamento também é feito pela internet no momento da solicitação. Parte dessa iniciativa omani do e-Visa foi introduzir de um visto mais barato para residentes GCC (13, em vez de 130 dólares).


LEMBRETE: Como medida de precaução estabelecida pelo Sultanato de Oman para limitar o contágio por COVID-19, vistos de visita e turismo não estão mais disponíveis por um período de um mês começando por 15 de março de 2020.

Documentos necessários para o processo
  • Uma foto do solicitante (digital)

  • Uma digitalização do passaporte do solicitante

  • Uma confirmação que você irá entrar em Omã diretamente a partir de um país GCC (Bahrein, Kuwait, Qatar, Arábia Saudita ou Emirados Árabes Unidos)

  • Cópia do visto GCC

  • Cópia do cartão de residência GCC válido por pelo menos 6 meses a partir da entrada em Omã

Instruções importantes
  • O e-Visa omani de residência GCC deve ser usado para entrar em Omã dentro de 3 meses da sua emissão.

  • O e-Visa omani de residência GCC permite uma estadia máxima de 4 semanas e é válido para entrar no país uma única vez.

  • O solicitante deve entrar no país diretamente de um país GCC (Bahrein, Kuwait, Qatar, Arábia Saudita ou Emirados Árabes Unidos). *O solicitante deve ser um residente de um país GCC (Bahrein, Kuwait, Qatar, Arábia Saudita ou Emirados Árabes Unidos), com um cartão de residência válido por pelo menos 6 meses a partir da sua entrada em Omã.

  • O solicitante deve estar fora do Sultanato de Omã no momento da solicitação do visto GCC.

  • O e-Visa GCC não precisa de um fiador em Omã.

  • O solicitante não pode ter nenhum outro visto omani atual.

  • O passaporte do solicitante deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data em que irá entrar no país.

  • Na entrada, o solicitante deve possuir uma reserva de hotel no Sultanato de Omã válida e uma passagem de volta.

  • Se o viajante ficar mais tempo que o permitido em Omã, é cobrada uma multa de 26 dólares por dia excedido.

  • A entrada em Omã se dá a critério do oficial da Polícia Real de Omã no porto de entrada.

  • A estadia em Omã pode ser estendida uma única vez apenas.

  • O visto GCC não pode ser alterado para um visto de trabalho enquanto estiver dentro do Sultanato de Omã.

  • Caso esteja se candidatando por um menor de idade, um visto válido de Omã para o pai será fornecido. Caso esteja se candidatando junto com a criança, o visto do pai precisará aprovado antes que se submeta o requerimento do filho.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O E-Visa de residência GCC um documento de autorização que permite aos viajantes estrangeiros nos estados do AGCC (Conselho de Cooperação do Golfo Árabe) viajarem para Omã. Parte dessa iniciativa omani do e-Visa foi introduzir de um visto mais barato para residentes GCC (13, em vez de 130 dólares).

Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar a sua solicitação:

  • GCC Visa

  • GCC Residence Permit

  • Last Page of Passport (se aplicável)

  • Birth Certificate of Minor (se aplicável)

  • Airline Confirmation (se aplicável)

  • Proof of Accommodation - Must match the dates of arrival and departure from the country. This is a requirement demanded by the Government in order to issue the travel document. (se aplicável)

  • Passport Personal Details Scan

  • Applicant Photo

COMO TIRAR A FOTO PERFEITA PARA O SEU VISTO: Assista ao nosso vídeo

COMO TIRAR FOTOS PERFEITAS DOS DOCUMENTOS REQUERIDOS: Assista ao nosso vídeo

O e-Visa de residência GCC custa 13 dólares. Além disso, existe uma taxa de serviço de 30 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 80 e 110 dólares, respectivamente.
Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:
  1. Processamento padrão: 72 horas.
  2. Processamento expresso: 48 horas.
  3. Processamento super expresso: 24 horas.
O e-Visa omani de residência GCC é válido por 30 dias após a emissão. Isso quer dizer que você deve entrar em Omã dentro de 30 dias. É um visto de entrada única e permite uma estadia máxima de 28 dias.
O passaporte do solicitante deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data de entrada em Omã e possuir pelo menos uma página em branco.
O e-Visa omani deve ser usada para entrar no país dentro de 1 mês da sua aprovação, ou irá ser considerado inválido.
A estadia máxima permitida é de um 4 semanas (28 dias)
Sim. O solicitante deve estar fora de Omã no momento da solicitação.
Na entrada, você precisa mostrar que possui uma reserva de hotel válida em Omã e uma passagem de volta, além do e-Visa de residência GCC e de seu passaporte.
Você pode solicitar através do iVisa a qualquer momento. Nós garantiremos a precisão da sua solicitação e a colocaremos na fila para ser processada dentro do intervalo de tempo necessário.
Não. Este e-Visa não pode ser trocado para um visto de trabalho.
Além de ser um cidadão de um país elegível para e-Visa, você deve residir em um dos seguintes países GCC:
  • Bahrain, Kuwait, Qatar, Arábia Saudita ou Emirados Árabes Unidos.
Não, você não precisa de um fiador para um e-Visa de residência GCC.
Não, sem problemas. Note que o visto dos pais deve ser aprovado antes que se submeta o requerimento do filho.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Para mais informações, clique no link a seguir: https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

O Omã é um dos países mais ricos do Golfo, e, como você pode esperar, é o mundo ideal para fazer negócios. É um país incrivelmente desenvolvido, onde você pode desfrutar de uma série de oportunidades. Por isso, fazer negócios por lá certamente vale a pena. No entanto, quando se trata de etiqueta de negócios, você precisa fazer sua lição de casa. Existem algumas regras que você precisa aprender ou acabará ofendendo alguém. Se isso acontecer, considere que você viajou atoa. Os executivos omani valorizam suas tradições e cultura mais do que qualquer outra coisa, e qualquer pequeno sinal de desrespeito irá inviabilizar qualquer acordo. Dito isso, você deve conhecer algumas das regras que os empresários de Omani usam para governar suas vidas, tanto pessoal como profissionalmente. Tenha em mente que eles muitas vezes não fazem a diferença entre os dois, tornando-os intrusivos sobre a sua vida pessoal. No entanto, é preciso entender que, às vezes, os omani valorizam a pessoa mais do que a perícia técnica, por isso, certifique-se de colocar alguma ênfase nisso. Você precisa saber desde o início que o fim de semana em Omã é de sexta-feira a sábado. O país é religioso e a maioria das pessoas são muçulmanas. O dia de trabalho é de 8 AM até 6:30 PM, mas há uma pausa para o almoço de 13:00 às 15:30. Quando se trata do código de vestimenta, é muito importante para as mulheres se vestirem de forma conservadora. Homens usam ternos na maioria das vezes, mas as mulheres devem sempre ter seus joelhos e cotovelos cobertos, sem decote ou vestidos e saias apertadas. Tenha em mente que o Omã é um dos países islâmicos mais liberais, mas ainda há algumas regras que precisam ser seguidas. As mulheres estão presentes no espaço de trabalho. Embora seja difícil chegar lá, elas são muito respeitadas quando o fazem. Saudações incluem um aperto de mão entre os homens. No entanto, você deve esperar que um Omani inicie o cumprimento. Nem todos estão interessados em apertar as mãos. Nunca inicie um aperto de mão com mulheres. Se você o fizer, ela colocará a mão sobre o próprio peito. O contato físico entre homens e mulheres pode ser insultuoso. Se, no entanto, a mulher estender o braço, você pode apertar a mão dela. No mundo dos negócios em Omã, quase todo mundo fala inglês. Você provavelmente não precisará de um intérprete. No entanto, soaria como um grande sinal de respeito aprender algumas palavras em árabe, como saudações e termos comumente usados, como por favor e obrigado. Além disso, você deve sempre usar títulos como Sheikh ou Haji. Além disso, sua palavra é muito valorizada, então, se você disser algo, os omani esperarão que você mantenha sua palavra. Ao mesmo tempo, os omani não podem suportar a humilhação pública. Esta parte é muito importante. Caso tenha algo a dizer, seja uma crítica ou reclamação, sempre fale em ambientes privados. Os omani aceitam críticas produtivas, mas nunca se isso envolver um público. A troca de cartões de visita é muito comum. Apenas certifique-se de que seus cartões de visita tenham uma tradução em árabe na parte de trás. Além disso, caso tenha uma agenda, forneça uma cópia dela em árabe também. Mesmo assim, não fique chateado se você não discutir todos os itens em sua agenda em uma reunião. Isso acontece muito no Omã. Uma das coisas que você pode estranhar é que os omani colocarão muita ênfase em conhecê-lo. Você será julgado desde o início. Uma dica é manter contato visual em todos os momentos com a pessoa que você está falando. Isso mostra força. Eles perguntarão sobre sua vida pessoal e, embora pareça uma intrusão, a ideia é estabelecer um bom relacionamento. Essa é a maneira deles de fazerem negócios. Primeiro, eles tentarão construir um bom relacionamento e só depois falarão de negócios. Eles precisam descobrir se você é ou não confiável. Você nunca deve ser agressivo ao fazer negócios. As reuniões costumam ser muito longas no Omã. Os assuntos podem mudar de um momento para o outro e eles podem passar muito tempo em um tópico que não é particularmente interessante. Seja sempre pontual, mas não espere a mesma cortesia dos omani. Isso não é considerado rude para eles. As interrupções ocorrem com frequência, inclusive as de ordem familiar. Seja uma emergência ou não, eles largarão tudo no meio do dia para satisfazer a seus entes queridos, pois a família é sua principal preocupação. Caso seja convidado para ir à casa de alguém, aceite. Você pode comprar um pequeno presente para seu anfitrião, mas seria melhor trazer algo do seu país. Eles gostam muito de receber itens estrangeiros como lembrança. Entretanto, certifique-se de que seu presente não contenha nenhuma parte feita da pele de porco. Os muçulmanos não a tocam. Contanto que você entenda que os omani valorizam relacionamentos pessoais e precisam que você respeite sua cultura e tradições, você deve ser bem-sucedido em seus esforços. O Omã é um país religioso; se você quiser fazer um esforço extra, deve aprender sobre a religião deles. Ninguém o obrigará a participar, mas saber algo sobre a religião local conta vários pontos. Se você planeja ficar por um tempo, aprender árabe básico também pode ser de grande ajuda. Os omani vai notarão seu esforço e o valorizarão.