Tire agora seu e-Visa de turista para a África Oriental, para o Quênia, Uganda e Ruanda

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto para o Leste da África

Em junho de 2016, a República de lançou o programa do e-Visa. O e-Visa deve ser obtido antes de se entrar no país. Todos os visitantes que pretendem entrar na República do Quênia, na República de Uganda ou na República de Ruanda para turismo são elegíveis para solicitar esse visto. Um Visto de Turista para a África Oriental tem validade de 90 dias após a chegada, podendo ser usado para múltiplas entradas nesses 3 países.
Documentos necessários para o processo
  • Passport Personal Details Scan

  • Proof of Accommodation - Must match the dates of arrival and departure from the country. This is a requirement demanded by the Government in order to issue the travel document.

  • Negative pre-departure PCR COVID-19 test result

Instruções importantes
  • Seu destino inicial precisa ser Ruanda.

  • O visto de turista para a África Oriental é válido por 90 dias após a chegada.

  • A estadia máxima permitida é de 90 days Per Entry e ele é válido para múltiplas entradas.

  • Os solicitantes não podem possuir um visto para Uganda, Ruanda ou Quênia válido.

  • Os solicitantes não podem estar nestes países no momento da solicitação.

  • O passaporte do solicitante deve ser válido por pelo menos 6 meses ao entrar nesses países da África Oriental.

  • Este visto não pode ser trocado por um visto de trabalho enquanto estiver dentro da República de Uganda, Ruanda ou Quênia.

  • Uma comprovação das acomodações é necessária para se obter o documento de viagem. As datas neste documento DEVEM seri iguais às datas de viagem selecionadas na solicitação. Este é um requisito pedido pelo governo para emitir um documento de viagem.

  • Você precisa imprimir e carregar essa autorização de viagem consigo, uma vez que sua apresentação é obrigatória no ponto de entrada.

  • Os solicitantes devem mostrar também o mesmo passaporte que foi usado na solicitação do e-Visa da África Oriental.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

A África Oriental via Ruanda é um documento oficial de viagem que os estrangeiros precisam para visitarem a República do Quênia, República de Uganda ou República de Ruanda para fins turísticos e entrando através de Ruanda.

Os seguintes documentos são necessários para enviar sua solicitação:

  • Passport Personal Details Scan

  • Proof of Accommodation - Must match the dates of arrival and departure from the country. This is a requirement demanded by the Government in order to issue the travel document.

  • Negative pre-departure PCR COVID-19 test result

O e-Visa para a África Oriental via Ruanda custa EUR 86.67. No entanto, este visto é gratuito para os parceiros da Comunidade da África Oriental (Burundi, Quênia, Ruanda, Sudão do Sul, Tanzânia e Uganda). Além disso, existe uma taxa de serviço de EUR 39.00 o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso a taxa de serviço é de EUR 65.00 e EUR 95.34, respectivamente.

Isso depende do tempo de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

  • Processamento padrão: 6 dias úteis

  • Processamento expresso: 4 dias úteis

  • Processamento super expresso: 2 dias úteis

A estadia máxima permitida é de 90 days Per Entry.
Todas as nacionalidades e territórios podem solicitar online.
Não, nós não podemos alterar ou modificar qualquer detalhe no e-Visa após ele ser emitido. Se você, entretanto, perceber que cometeu um erro antes de seu visto ser emitido, entre em contato conosco o mais rápido possível por chat online ou e-mail para help@ivisa.com.
Seu passaporte deve ser válido por pelo menos 6 meses após o vencimento do seu e-Visa.

Cidadãos estrangeiros que receberam um e-Visa de turista no sistema de visto eletrônico precisam entrar através dos seguintes pontos de verificação:

  • Aeroporto Internacional de Kigali

  • Kagitumba

  • Buziba

  • Gatuna

  • Cyanika

  • Kabuhanga

  • Poids Lourds

  • Lacorniche

  • Aeroporto Internacional de Kamembe

  • Ruzizi I

  • Ruzizi II

  • Bugarama

  • Ruhwa

  • Bweyeye

  • Nshili

  • Kanyaru Bas

  • Kanyaru Haut

  • Nemba

  • Rusumo

O e-Visa para a África Oriental via Ruanda permite múltiplas entradas dentro da República do Quênia, República de Ruanda e República de Uganda dentro de 90 dias após a chegada.
NÃO, o e-Visa para a África Oriental via Ruanda não pode ser estendido.
NÃO, é proibido trabalhar sob um e-Visa para a África Oriental via Ruanda.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Para mais informações, clique no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

A África Oriental pode ser uma região, mas possui uma organização intergovernamental constituída de seis países. São eles Burundi, Quênia, Ruanda, Sudão do Sul, Tanzânia e Uganda. Muitas pessoas que escolhe visitar um desses países também gostariam de dar uma olhada em alguns outros. E é fácil perceber o porquê. Essas belas joias africanas têm muito a oferecer e essa vai ser a melhor experiência da sua vida. Muitas maravilhas naturais lhe aguardam, mas você vai se divertir bastante também. Você vai interagir com diferentes pessoas e culturas, que vão enriquecer seu conhecimento.

Mas, primeiramente, precisamos falar sobre o visto. Todos os países mencionados acima requerem um tipo documento que permita cruzar suas fronteiras. No entanto, para o Quênia, Ruanda e Uganda você pode solicitar um único documento. Ele é chamado de visto da África Oriental. O iVisa ajuda você a tirar um em menos de 48 horas. Ele permite várias entradas no país e possui 90 dias de validade.

Agora, tenha cuidado com uma coisa: o primeiro país que você vai visitar. Você pode solicitar um visto para a África Oriental via Ruanda, Quênia ou Uganda. Por que isso é importante? Porque o documento será emitido pela autoridade competente do país que você deseja visitar primeiro. Além disso, a Comunidade da África Oriental é constituída de seis países, mas você só pode visitar três usando este visto para a África Oriental (Quênia, Uganda e Ruanda).

Para os outros países, as regras são diferentes. Para o Sudão do Sul, a maioria das nacionalidades precisa ir a uma missão diplomática e solicitar um visto de turista. Apenas 7 nacionalidades são elegíveis para um visto ao chegar. Para Burundi, apenas 6 nacionalidades podem visitar o país sem um visto, enquanto o visto ao chegar está disponível para todos aqueles que possuem uma Autorização de Entrada emitida pelas autoridades de Burundi antes da partida. O resto precisa ir à uma missão diplomática mais próxima e solicitar um visto de turista. E, finalmente, para a Tanzânia, as regras são mais brandas. A maioria das nacionalidades pode ou solicita rum visto eletrônico antes da partida ou comprar um visto ao chegar. Poucas nacionalidades precisam de um visto consular.

Viajar para todos estes países pode ser tão impressionante quanto é desafiador. No entanto, existem algumas poucas coisas que você provavelmente deve saber antes de aceitar esse desafio. Você não deve planejar sua viagem durante a época de chuvas. Em Ruanda, ela acontece de março a maio e de outubro a dezembro. No Quênia, ela acontece de abril a junho e um pouco em novembro e dezembro. A época de chuva em Uganda acontece de março a maio e de outubro a dezembro, igual na Tanzânia. Em Burundi, vai de fevereiro a maio e de setembro a novembro. O motivo pelo qual você deve evitar o clima úmido é que a sensação vai ser horrível. Vai estar sempre molhado, fora os perigos que essa época traz. Pode ser mais barato ir na época de chuva, mas não compensa.

O principal motivo que leva as pessoas a escolherem explorar a região da África Oriental é que lá se encontram as mais belas joias da África. O Parque Nacional de Serengeti sozinho já faz sua viagem valer a pena. Você já deve ter ouvido de uma coisinha chamada a Grande Migração. Para falar a verdade, não é tão 'coisinha' assim não. É um fenômeno, um evento mágico onde centenas de milhares de animais migram em busca de comida, água e um lugar seguro para procriar. Milhares de animais morrem nessa busca por pastos mais verdes, seja engolidos pela maré alta ou virando comida de predadores famintos. O show da natureza é mágico, porém brutal. As pessoas pagam milhares de dólares para presenciarem esse evento, que acontece durante todo o ano em diferentes lugares. Afinal, é uma migração, está sempre em movimento.

Outra coisa que você deve saber é que a vida selvagem e os safáris não são a única atração que valem a pena ver. Claro, a maioria das pessoas preferem ver os gorilas nas montanhas em Ruanda, a migração em Serengeti ou passam os dias nas praias em Zanzibar. Você também deve fazer coisas que as pessoas não se amontoam para fazer. Por exemplo, você pode andar de caiaque no Lago Kivu em Ruanda, explorar as ruínas ancestrais no Quênia ou ate mesmo aceitar o desafio de ir nadar com tubarões e baleias na Tanzânia. Você verá que existem menos pessoas nessas áreas, o que deixará a experiência mais agradável.

Uma das coisas que você irá gostar enquanto estiver viajando pela África Oriental são as infinitas oportunidades de tirar fotos deslumbrantes. As paisagens são lindas, de tirar o fôlego. No entanto, tem algo que você precisa saber. As pessoas não gostam de serem fotografadas nas ruas. É verdade que algumas delas vestem roupas coloridas e chamativas que dão vontade de registrar. Mas é falta de respeito não pedir permissão antes. Afinal, como você se sentiria se as pessoas viessem até a sua vizinhança e ficassem tirando fotos suas? Ou dos seus filhos? Todo dia? Não ia ser legal, com certeza.

Antes de viajar para a África Oriental, as pessoas não esperam muito da culinária local. E esse é um grande erro. Pense na CLA (Comunidade da África Oriental) como uma mistura de diferentes culturas e tradições. E a comida é uma grande parte disso. Você irá encontrar comida ocidental, mas também encontrará pratos locais de dar água na boca. A comida árabe é uma das favoritas, pois é rica em temperos, mas a cozinha local é bem gostosa também. Experimente tudo enquanto estiver lá, você não vai se arrepender.

Uma das coisas mais importantes para se lembrar é de não fazer suposições antes de viajar. A mídia retrata a África como uma terra pobre e seca, onde nem grama cresce e as pessoas morrem de fome. Embora isso aconteça realmente em algumas regiões, nem tudo é fome e guerra civil. A região é diversa e as pessoas são muito diferentes. Não as trate com desrespeito. Nem todas são pobres ou não tem educadas. Muitas apenas escolheram levar uma vida simples. E são felizes assim. A questão é que julgar é errado e, antes de embarcar no seu voo, é importante deixar para trás todos esses estereótipos. Eles não vão ajudar na sua viagem.

O que você precisa se lembrar de tudo que foi dito é que a África Oriental é enorme e oferece a oportunidade de experimentar coisas que você nunca viu antes na vida. Você vai se sentir mais rico e mais feliz depois dessa viagem. Aproveite tudo, e se lembre que algumas das melhores gemas são aquelas escondidas. Elas têm o maior valor.