Informações sobre o visto para a Espanha

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto para Schengen

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Oficialmente denominado “Reino da Espanha”, o país europeu está localizado na Península Ibérica e é banhado a leste e a sul pelo Mar Mediterrâneo e a norte pelo Oceano Atlântico.

A Espanha é um dos destinos turísticos preferidos e mais visitados pelos brasileiros na Europa. As atrações no território são incontáveis, mas alguns destaques vão para a riqueza cultural da capital, Madrid, a arquitetura peculiar de Barcelona e Granada e as belas paisagens no entorno do “Caminho de Santiago de Compostela”, nas Astúrias.

Além da grande oferta de voos diretos, o cidadão brasileiro conta com outro excelente incentivo para visitar o país: você é beneficiado pelo programa de isenção de vistos, decorrente do Acordo de Schengen, do qual a Espanha é signatária. Assim, em viagens a lazer ou a negócios, você não precisa de um visto para a Espanha, por um período de até 90 dias. Contudo, as autoridades de imigração são rígidas em relação a outros requisitos que devem ser observados ao ingressar no país. Confira os detalhes, logo abaixo.

O que eu preciso para viajar para a Espanha?

1) Passaporte

Você deve viajar para a Espanha com o seu passaporte original e válido por, pelo menos, 3 meses após a saída do Espaço Schengen. É preciso 1 página em branco para o carimbo e demais registos de entrada no país.

2) Bilhetes aéreos

Você precisa de comprovar a chegada e a partida da Espanha, através da apresentação das passagens aéreas, com as respetivas datas fechadas, sem possibilidades de transferências.

3) Alojamento

Você deve confirmar a garantia de acomodação no país, seja através de um voucher de reserva de hotel ou carta convite (Carta de Invitación) de parentes ou amigos, residentes legais, responsabilizando-se pela sua estadia.

4) Recursos financeiros

Você deve fornecer evidências de que possui recursos financeiros suficientes para custear toda a sua estadia na Espanha, através da apresentação de dinheiro em espécie, cheques de viagem ou cartões de crédito internacionais acompanhados dos respetivos extratos. É utilizada uma média de 68 euros por dia, por pessoa.

Inclusão no SIS - Sistema de Informação Schengen

O SIS – Sistema de Informação Schengen - permite avaliar se o cidadão brasileiro:

  • Foi deportado de algum outro país signatário do Acordo;
  • Permaneceu em determinado território além do prazo permitido;
  • Ingressou no Espaço Schengen antes do prazo regulamentar de 3 meses após a última saída.

Se o visitante estiver incluído no SIS, não terá permissão de entrada na Espanha.

Vacinas

Não há obrigatoriedade de imunização contra nenhuma doença específica para visitar a Espanha.

Seguro de saúde

Não é obrigatória a contratação de uma apólice de seguro de viagem para viajar para Espanha. Todavia, o serviço de saúde público é restrito aos cidadãos espanhóis e, apesar de o país apresentar atendimento médico de alto padrão, os valores podem ser bem elevados. Assim, é pertinente viajar com uma cobertura capaz de cobrir os custos de consultas, internações e eventual repatriação sanitária.

Assistência consular

O Brasil dispõe de vasta representação diplomática na Espanha. Assim, em caso de qualquer necessidade de assistência consular, você deve dirigir-se ou entrar em contacto com um dos escritórios abaixo:

  • Consulado Geral do Brasil em Madrid;
  • Consulado Geral do Brasil em Barcelona;
  • Consulado Honorário do Brasil em Álava e Viscaia;
  • Consulado Honorário do Brasil em Alicante;
  • Consulado Honorário do Brasil em Bilbao;
  • Consulado Honorário do Brasil em Granada;
  • Consulado Honorário do Brasil em Las Palmas de Gran Canária;
  • Consulado Honorário do Brasil em Málaga;
  • Consulado Honorário do Brasil em Santander;
  • Consulado Honorário do Brasil em Sevilha;
  • Consulado Honorário do Brasil em Tarragona;
  • Consulado Honorário do Brasil em Tenerife;
  • Consulado Honorário do Brasil em Valência;
  • Consulado Honorário do Brasil em Santiago de Compostela.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

A Espanha é, sem dúvida, um dos países mais procurados para turismo na Europa. Seja no cálido verão espanhol, nas suas belíssimas praias, seja no inverno, nas cidades históricas ou se aventurando nas estações de ski espalhadas pelas áreas mais frias.

A Espanha tem atrações culturais milenares, uma vida noturna agitada e uma excelente gastronomia. É, sem dúvida, um dos países que mais investiram no setor de turismo nos últimos anos e um dos países que mais recebe turistas em toda a Europa.

A Espanha é imensa: não só de tamanho, mas também na quantidade de lugares incríveis que oferece para o turista visitar.

A Espanha é também o país com maior número de Patrimónios Mundiais pela UNESCO, tanto culturais quanto naturais. Por aí, já se pode ter uma ideia de que será impossível conhecer o país em poucos dias. Para as grandes cidades, recomenda-se reservar quatro dias pelo menos e já para as menores, dois dias inteiros.

Qual o idioma oficial na Espanha?

O castelhano, popularmente conhecido como espanhol, é o idioma oficial do país. No entanto, cada região do país possui o seu dialeto. O mais conhecido talvez seja o catalão, dialeto da Catalunha, onde fica Barcelona.

Qual a moeda oficial?

A Espanha também adotou o Euro como moeda oficial desde que entrou para a União Económica Europeia.

Visto

A Espanha também faz parte da zona dos países de Schengen Não é necessário solicitar visto e o turista pode ficar no país por 90 dias sem nenhum problema.

Como é o clima na Espanha?

O clima é muito diferente de região para região, o sul é mais quente enquanto o norte é mais húmido e frio. Na zona costeira mediterrânea, as temperaturas são mais quentes e agradáveis durante o inverno e muito quente durante o verão. Durante o verão, a temperatura pode chegar a 40 graus em cidades como Madrid, por isso, nessa época a população corre para as praias e junta-se a outros europeus em busca de sol e calor, depois de meses de frio e inverno.

Como circular por Espanha?

Para quem planeou conhecer várias regiões da Espanha, existem algumas opções. Uma delas é viajar de comboio, pois Espanha tem cerca de 15 mil quilómetros de ferrovias conectando as diferentes regiões do país. A companhia do Governo chama-se Renfe (www.renfe.es), a maioria dos comboios é nova e já são comboios mais rápidos. A vantagem de se viajar de comboio é poder apreciar as belas paisagens e a pontualidade das partidas.

Os autocarros também são outra opção, um pouco mais baratos que os comboios, porém as viagens são mais longas. Para os que preferem viajar de carro, as estradas têm boas condições e estão bem sinalizadas. E, por fim, ir de um ponto a outro de avião usando as companhias low cost nem sempre é a opção mais rápida, já que a maioria dos aeroportos está distante dos centros das cidades.

Qual a comida típica da Espanha?

A gastronomia espanhola é considerada uma das melhores do mundo. É bem verdade que o serviço pode não ser o melhor de todos, mas a fartura e a mistura de sabores fazem com que o serviço passe despercebido muitas vezes.

Os dois principais símbolos da culinária espanhola, a paella e as tapas, já são replicados mundo a fora, mas dentro do próprio país cada uma das regiões possui um estilo próprio de fazê-las. Em comum nas paellas estão o arroz e a panela, mas os ingredientes variam muito. Existem paellas sem ser a famosa paella de frutos do mar, feitas com carne de porco, frango, etc. Já as tapas assumiram uma identidade particular e vai de torradas com aliche a sanduíches de presunto cru a fritadas de lula ou a famosa tortilha espanhola. Um outro item muito famoso na gastronomia espanhola são os vinhos. Uma variedade incrível, como os La Rioja, Ribera del Duero e muitos outros. É muito comum encontrar por toda a Espanha restaurantes que oferecem “menu”. Por um preço fixo, eles servem entrada, prato principal, sobremesa e às vezes uma bebida - que pode ser o vinho da casa. Na maioria dos casos, vale muito a pena optar pelo menu.

Principais cidades de Espanha

Conheça as cidades mais populares da Espanha durante todo o ano.

Madrid - capital da Espanha. Possui uma grande variedade cultural, que pode ser vista nos seus museus. Também é caracterizada por ter uma vida noturna agitada.

Barcelona - capital da Catalunha. É conhecida por ser uma cidade cosmopolita e uma das cidades turísticas mais visitadas da Espanha.

Córdoba - um local essencial para turistas, apresenta o antigo bairro judeu entre uma das suas atrações.

Málaga - capital da Costa do Sol, é a cidade mais ensolarada do ano, tem muitas praias ao longo de toda a costa e também abriga o Museu Picasso.

Pamplona - conhecida mundialmente pelas festividades de San Fermín que acontecem nesta cidade.

Santiago de Compostela - a cidade convida a visitar as suas inúmeras praças, entre as quais se destaca a Plaza del Obradoiro, que abriga a fachada da catedral e as suas impressionantes ruas de pedra.

Sevilha - capital da Andaluzia, Sevilha é uma das maiores e mais famosas cidades da Espanha. Possui a terceira maior catedral do mundo. Destaca-se pela celebração da Semana Santa na Plaza de España, na Feria de Abril e na Giralda.

Toledo - capital de Castilla La Mancha, também chamada de Cidade das Três Culturas, destaca-se pelos seus vários monumentos, como: Catedral S.I Primada, Mosteiro de San Juan de los Reyes, entre outros.

Salamanca - a cidade foi declarada Património da Humanidade, apresenta uma notável coleção de edifícios renascentistas e barrocos. Salamanca, além das suas atrações turísticas, possui a Plaza Mayor, a mais bonita e charmosa da Espanha.

Ibiza - a ilha é um dos destinos mais procurados por turistas de todo o mundo durante o verão. Famosa pelas suas festas de música eletrónica, Ibiza também tem praias incríveis e forma junto com Maiorca, Menorca e Formentera o arquipélago chamado de Baleares.