Consiga o seu visto para o Sri Lanka (ETA para negócios) do jeito mais rápido

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Autorização Eletrônica de Viagens de Negócio

Em 1º de janeiro de 2012, o Departamento de Imigração e Emigração do Sri Lanka iniciou a Autorização Eletrônica de Viagem (ETA) para entrar no país. O ETA é um documento oficial que autoriza visitas curtas no país e é emitido eletronicamente. Os solicitantes receberão seus vistos por e-mail depois de preencherem um formulário de solicitação com as informações necessárias e efetuarem o pagamento pela internet com o cartão de crédito.
Documentos necessários para o processo
  • Passaporte válido por pelo menos 6 meses.

  • Cartão de crédito/débito ou conta do Paypal para pagamento.

  • Cópia da página de identidade do passaporte do solicitante.

Instruções importantes
  • Os solicitantes que estão visitando o Sri Lanka para reuniões e negociações, conferências, workshops e seminários ou para curtos programas de treinamento são elegíveis para solicitar um visto de negócios.

  • Seu visto de negócios te permite entrar no Sri Lanka várias vezes, 30 dias por vez.

  • Seu passaporte deve ser válido por pelo menos seis meses após a data planejada da sua viagem.

  • A informação fornecida será enviada eletronicamente para o DI&E (departamento de imigração e emigração) e nós iremos te enviar seu EtA srilankês por e-mail.

  • Você não pode tirar um novo ETA enquanto estiver no Sri Lanka, independente do seu ETA atual estiver válido ou vencido.

  • Nós sugerimos aos passageiros que verifiquem a informação, imprimam e carreguem uma cópia física do seu ETA durante a viagem. Os funcionários de verificação no aeroporto podem conferir também no seu sistema. No entanto, nós recomendamos fortemente que os clientes mantenham consigo uma cópia em seu dispositivo eletrônico ou impressa.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O ETA de negócios é um documento oficial que permite aos viajantes entrarem e viajarem pelo Sri Lanka a negócios.
Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar a sua solicitação:
  • Passaporte válido por pelo menos 6 meses
  • Cartão de crédito/débito ou conta do Paypal para pagamento
O ETA srilankês de negócios custa 40 dólares. Além disso, existe uma taxa de serviço de 30 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 60 e 80 dólares, respectivamente.
Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:
  1. Processamento padrão: 1 dia útil
  2. Processamento expresso: 3 horas
  3. Processamento super expresso: 30 minutos
O ETA srilankês de negócios é válido por 90 dias a partir da emissão. Isso quer dizer que você deve entrar no Sri Lanka dentro de 90 dias desta data. Além disso, é um visto que permite entrar várias vezes no país, com estadia máxima de 30 dias por visita.
Albânia, Argélia, Andorra, Angola, Anguilla, Antígua e Barbuda, Argentina, Armênia, Aruba, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bahamas, Bahrein, Bangladesh, Barbados, Bielorrússia, Bélgica, Belize, Benin, Bermudas, Butão, Bolívia, Bósnia e Bósnia, Botsuana, Brasil, Brunei Darussalam, Bulgária, Burkina Faso, Burundi, Camboja, Canadá, Cabo Verde, Ilhas Caimão, República Centro-Africana, Chade, Chile, China, Colômbia, Comores, Congo, Ilhas Cook, Costa Rica, Costa do Marfim, Croácia, Cuba, Chipre, República Checa, Dinamarca, Djibuti, Domínica, República Dominicana, Equador, Egito, El Salvador, Guiné Equatorial, Eritreia, Estónia, Etiópia, Ilhas Faroé, Fiji, Finlândia, França, Gabão, Geórgia, Alemanha (Alemanha), Grécia, Groenlândia, Granada, Guadalupe, Guam, Guatemala, Guiné, Guiné-Bissau, Guiana, Haiti, Honduras, Hong Kong, Hungria, Islândia, Índia, Indonésia, Irão, Iraque, Irlanda, Israel, Itália, Jamaica, Japão, Jordânia, Cazaquistão, Quênia, Kiribati, Coréia, Kuwait, Quirguistão, Laos, Letônia, Líbano n, Lesoto, Libéria, Líbia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Macau, Macedônia, Madagascar, Malaui, Malásia, Mali, Malta, Ilhas Marshall, Martinica, Mauritânia, Maurício, Mayotte, México, Micronésia, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montenegro Marrocos, Moçambique, Mianmar, Namíbia, Nauru, Nepal, Nova Caledônia, Nova Zelândia, Nicarágua, Níger, Ilha Norfolk, Noruega, Omã, Paquistão, Palau, Panamá, Papua Nova Guiné, Paraguai, Peru, Filipinas, Polônia, Portugal, Porto Rico, Catar, Reunião, Roménia, Rússia, Ruanda, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Samoa, São Marinho, São Tomé e Príncipe, Arábia Saudita, Senegal, Sérvia e Serra Leoa, Eslováquia, Eslovênia, Ilhas Salomão, Somália, África do Sul, Sudão do Sul, Espanha, Sudão, Suriname, Suazilândia (Suíça), Suécia, Suíça, Taiwan, Tajiquistão, Tanzânia, Tailândia, Timor-Leste, Togo, Tonga, Trinidad e Tobago, Tunísia, Turquia, Turquemenistão, Ilhas Turks e Caicos, Tuvalu, Uganda, Ucrânia, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido (cidadãos do Reino Unido), Estados Unidos (cidadãos americanos), Uruguai, Uzbequistão, Vanuatu, Venezuela, Vietnã, Kosovo, Iêmen, Zâmbia e Zimbábue.
O Sri Lanka Business ETA é válido para entrada dupla.
São permitidas atividades normais de negócios, como:
  • Participação de reuniões de negócios e negociações
  • Participação em conferências, workshops e seminários
Os solicitantes devem ter um passaporte válido por pelo menos seis meses da sua data pretendida de chegada.
Não. Não se pode solicitar um novo ETA com o mesmo passaporte até que ele vença (90 dias após a emissão). Se perder o passaporte que contém o seu ETA válido, você terá que solicitar um novo, já que ele é vinculado ao seu passaporte.
Por favor, entre em contato conosco o mais rápido possível para te auxiliarmos nesse assunto. Mas, normalmente, se você cometeu um erro, você terá que fazer uma nova solicitação.
O ETA de negócios pode ser solicitado e emitido pela internet, eliminando a necessidade de visitar uma embaixada ao tentar tirar um visto tradicional.
Ao fazer negócios em um país estrangeiro é preciso fazer algumas pesquisas, como o que as pessoas naquele país em particular fazem. Você precisa aprender os costumes, tradições e alguma coisa sobre sua mentalidade nos negócios. Isso é, se você quiser ser bem-sucedido na sua viagem. Além disso, é conhecimento comum que algumas pesquisas aumentam a sua chance de sucesso. Isso faz sentido se você pensar a respeito. As pessoas sempre irão apreciar se você estiver fazendo um esforço para aprender seus hábitos. No Sri Lanka não é diferente e, se está pensando em colaborar com negócios lá, você deve manter as dicas a seguir em mente. O que você precisa se lembrar é que o país ainda está se recuperando da guerra civil. Ela durou até 2009, então ainda existem algumas coisas que ainda estão melhorando. Mas isso é uma coisa boa para você, que é uma pessoa de negócios, já que gera várias oportunidades. No entanto, uma vez que existem várias etnias no Sri Lanka, você deve tentar aprender um pouco sobre cada uma. Não precisa saber tudo, mas o suficiente para se virar e gerar uma boa impressão. Uma coisa que você deve manter em mente é que o Sri Lanka é um país religioso. Além disso, a antiguidade é muito importante lá, então você deve agir de acordo. Mostrar respeito ao lidar com delegações é primordial e você deve sempre ter cuidado ao ter uma conversa séria. O que você poderá achar estranho é que, uma vez que que o país é religioso, algumas pessoas da delegação srilankesa irão pedir ajuda ao seu Deus para fazer uma decisão no negócio. Essa é uma tradição importante e você não deve zombar disso de maneira alguma, caso contrário já pode pegar o avião de volta. Na hora da comunicação, as coisas ficam um pouco complicadas. Por quê? Porque você pode se encontrar em uma sala cheia de pessoas falando apenas cingalês ou tâmil. Alguns falam inglês e irão se aproveitar da situação para treinar o idioma. No entanto, o melhor curso de ação seria contratar um intérprete. Por outro lado, as pessoas lá são bastante expressivas e você ainda poderá entender bastante do que elas estão querendo dizer. Um aspecto que pode ser encontrado em várias culturas é como as pessoas do Sri Lanka valorizam o relacionamento pessoal antes de realizarem o negócio propriamente dito. Na maioria das vezes, o primeiro encontro é sobre você. Eles vão querer te conhecer antes de fazerem o negócio. Tudo que você pode fazer é ser paciente e aceitar, caso contrário pode ser considerado ofensivo e ninguém estará disposto a colaborar contigo. Além disso, uma vez que a hierarquia é muito importante lá, chegar a um nível superior poderá levar um tempo. Nesse meio tempo, você deve criar um relacionamento sólido com alguém de um nível inferior. Novamente, a paciência é primordial, ainda que seja um pouco frustrante. Você nunca deve reclamar ou tentar apressar as coisas, até porque isso não vai acontecer de qualquer jeito. Em relação aos cumprimentos, as coisas podem ser um pouco difíceis devido as diferenças étnicas, embora ninguém lá espera que você conheça todas as regras, portanto um aperto de mãos basta. Evite iniciar contato físico com alguém do sexo oposto. Por exemplo, algumas mulheres no mundo dos negócios ainda evitam contato com homens que não sejam familiares. Deixe que os srilankeses tomem a iniciativa e, se eles estenderem a mão, siga o fluxo. Se a pessoa na delegação srilankesa possuir um título, ele deve ser usado com certeza. Se não possuir, você deve ser educado e se dirigir a ela como senhor ou senhora. Além disso, nunca chame a pessoa pelo primeiro nome a não ser que te peçam, uma vez que isso é extremamente informal e será considerado falta de educação. Assim como na maioria dos países, na primeira vez que você encontrar uma delegação srilankesa haverá uma troca de cartão de negócios antes de prosseguir. Não é uma obrigação traduzir o cartão para cingalês ou tâmil, mas se você traduzir será considerado uma gentileza, então é aconselhado que o faça. Além disso, sua posição na empresa deve estar bem especificada no cartão. Por último, ao receber um cartão srilankês, não o guarde no bolso imediatamente. Analise o cartão e tente parecer impressionado, pois eles gostam muito disso. Não é costume dar um presente no primeiro encontro, mas acontece as vezes. Você precisa ter um presente guardado para, quando for o caso, presentear de volta. No entanto, deve ter cuidado com o que você compra para o seu anfitrião. Você não pode oferecer presentes que contenham pele de porco ou couro pois pode ofender os muçulmanos e hindus, respectivamente. Além disso, flores são usadas somente no velório, então também não são uma boa ideia. A questão é, você deve escolher seu presente com sabedoria. No geral, as pessoas no Sri Lanka são bem gentis e te receberão de braços abertos. Elas podem ser relutantes em falar a respeito de alguns assuntos, por exemplo, tudo bem falar sobre a guerra, mas não muito para não abrir velhas feridas. Política é um assunto adequado para conversação, desde que não chegue na guerra. Se você está interessado em novos colaboradores ou em expandir o seu negócio, o Sri Lanka pode ser uma boa ideia. É um mercado novo que precisa crescer e as pessoas estão ansiosas por uma reviravolta. O turismo não é tão bom quanto você gostaria e a falta de infraestrutura pode ser um empecilho, mas eles precisam começar de algum lugar. Desde que você esteja ciente e respeite suas tradições e cultura, se dar bem com as pessoas de negócio no Sri Lanka é fácil.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Mais informações no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf