Saiba tudo sobre o visto para o Suriname (eVisa)

Como Solicitar: E-Tourist Card

Preencha a solicitação pela internet

Complete o nosso fácil pagamento on-line com cartão de crédito ou PayPal

Preencha a solicitação pela internet
Receba o documento por correio electrónico

Não há necessidade de lidar com a embaixada. Fazemos isso por você para que você não perca um tempo valioso.

Receba o documento por correio electrónico
Digite o destino

Apresente seu passaporte e o documento que fornecemos ao entrar no país de destino

Digite o destino
Solicitar agora

Saiba mais: E-Tourist Card

O Ministério de Assuntos Estrangeiros do Suriname iniciou recentemente o e-Visa surinamense de turista para cidadãos de mais de 100 países. O e-Visa de turista permite que os viajantes entrem no Suriname para fins de turismo e que fiquem no país por até 90 days Per Entry. O processo de solicitação do e-Visa surinamense de turista é muito simples e 100% online. Após a solicitação ser enviada e aceita, o solicitante irar receber um autorização de pouso que deve ser mostrada para os oficiais de imigração ao chegar. Sim, é simples assim.

O sistema de solicitação de e-Visa é um método online de solicitar pelos vistos de qualquer lugar do mundo. Uma das vantagens deste sistema para o viajante é que o visto pode ser solicitado de maneira rápida pela internet a qualquer momento, de qualquer lugar e o pagamento é feito na hora no momento da solicitação.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O cartão E-Tourist para o Suriname é um documento oficial que permite que visitantes de 53 países entrem e viajem pelo Suriname para fins turísticos.
Os seguintes documentos são necessários para enviar sua solicitação:
  • Uma digitalização do seu passaporte
  • Sua confirmação de voo
  • Reserva do hotel
  • Uma foto digital tirada nos últimos 3 meses
  • Um cartão de crédito/débito ou conta do PayPal.
O cartão E-Tourist para o Suriname custa USD 54.00. Além disso, existe uma taxa de serviço de USD 25.00 para o processamento padrão. Para o processamento expresso e super expresso, a taxa de serviço é de USD 40.00 e USD 60.00, respectivamente.

Isso depende do tempo de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

  • Processamento padrão: 7 dias úteis

  • Processamento expresso: 5 dias úteis

  • Processamento super expresso: 3 dias úteis

O cartão E-Tourist para o Suriname tem validade de 90 dias após a chegada e serve para uma entrada única.
Seu documento de viagem deve ser válido por pelo menos 6 meses após o vencimento do cartão E-Tourist. Além disso, seu passaporte deve possuir pelo menos uma página em branco onde seu cartão E-Tourist será colocado.
O cartão E-Tourist para o Suriname permite uma entrada única ao seu titular.
O viajante deve solicitar este visto pelo menos 3 dias úteis antes da viagem para o Suriname.
NÃO. Possuir uma Autorização de Pouso no Suriname não garante automaticamente o direito de entrada no país. O oficial de imigração pode parar qualquer pessoa no porto de entrada se considerar que tal pessoa é incapaz de atender aos requisitos de imigração ou se sua presença no Suriname for contrária à segurança ou interesses nacionais.
Ao chegar no Suriname, você precisa apresentar seu passaporte juntamente com seu cartão E-Tourist para o Suriname, que deve estar impresso.
  • Áustria
  • Bélgica
  • Bolívia
  • Canadá
  • Chile
  • China
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • República Checa
  • Dinamarca
  • República Dominicana
  • Equador
  • El Salvador
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Alemanha
  • Grécia
  • Guatemala
  • Honduras
  • Hungria
  • Islândia
  • Índia
  • Indonésia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • México
  • Países Baixos
  • Nicarágua
  • Noruega
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • Filipinas
  • Portugal
  • Sérvia
  • Singapura
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Suécia
  • Suíça
  • Turquia
  • Emirados Árabes Unidos
  • Reino Unido e Irlanda do Norte
  • Estados Unidos da América
  • Uruguai

É recomendado tomar a Vacina contra Febre Amarela caso esteja viajando de um país onde existe risco de transmissão da doença.

Para mais informações, clique no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

Já imaginou visitar um país com aspeto europeu, encaixado na floresta amazónica? E que tem como festa mais popular o Festival Hindu de Ano Novo? Pois é! Uma mistura de diferentes povos que fizeram do Suriname um local exótico e possível de ser inserido na lista dos países da América do Sul mais visitados. O menor país da América do Sul tem como capital a cidade de Paramaribo. Possui uma área de 3 mil quilómetros quadrados e cerca de 50 mil habitantes. Situado entre as duas guianas, Oceano Atlântico, e norte do Brasil, mais precisamente do Estado do Pará, Suriname é um país que se tornou independente em novembro de 1975, deixando de ser Guiana Holandesa, pois foi colonizado por holandeses. O país inicialmente foi povoado por indígenas aruaques, tupis e caribenhos, porque a maior parte está inserida na região amazónica.
Foram os ingleses os primeiros europeus a estabelecerem-se no território, mas no ano de 1667 este território foi cedido aos holandeses por meio de uma troca pela cidade de Nova Amsterdão (atual Nova York, EUA), e somente com a derrota de Napoleão Bonaparte, com o Congresso de Viena, é que a Holanda voltou ao poder sobre a Guiana Holandesa (Suriname). O país do Suriname possui uma população composta por diversos grupos étnicos, entre eles hindustanis, que são os descendentes de indo-paquistaneses que chegaram ao país no século XIX, os marrons são os descendentes de africanos que conseguiram fugir da escravidão, já os criollos são os descendentes de escravos libertados após a abolição da escravatura. Há também os javaneses, mestiços, indígenas, chineses e brancos, além de alguns imigrantes brasileiros. Por ter sido colonizado pela Holanda, o país tornou-se protestante, embora possua também pessoas seguidoras do catolicismo, hinduísmo e islamismo. Ao tornar-se independente, o país, assim como os demais países da América Latina, passou por um momento de regime militar, no qual sofreu um golpe de Estado dado pelo então presidente do país. A República tornou-se socialista até 1987, quando uma Constituição foi aprovada. Devido à sua localização, o Suriname está próximo da linha do Equador e possui clima tropical quente com temperaturas estáveis durante todos os meses e estações, que estão divididas ente chuvas e secas. Portanto, você pode pensar: vale a pena escolher viajar para o Suriname em qualquer estação do ano? Vejamos alguns países, como Argentina, Brasil e Peru. Um é conhecido pelo tango, dança típica do país, o outro pela sua multiculturalidade, sobretudo futebol, samba e lindas praias, enquanto que o outro é conhecido por possuir a história de grandes civilizações antigas. Porém, o Suriname não possui algo que se destaque para se tornar um destino turístico. Então, após conhecer um pouco sobre a cultura, economia e história do país, que tal conhecermos algumas outras características, para promover o Suriname como destino turístico? Coberto por florestas tropicais, chegando a aproximadamente cerca de 90%, o Suriname possui uma reserva chamada de Reserva Natural do Suriname Central, considerada uma das maiores áreas do mundo de proteção da floresta tropical. É um dos principais pontos turísticos do país, sendo, portanto, um património natural pela UNESCO. Você pode fazer um percurso turístico pela reserva, andando de barco e conhecendo tribos indígenas. O centro histórico de Paramaribo, capital do Suriname também é considerado pela UNESCO como património cultural. Locais que você não pode deixar de visitar é o Palácio Presidencial, a Praça da Unidade e o Palmentium. Eles estão localizados na capital do país: Paramaribo. Visite também Waterkrant. É um conjunto de edificações no estilo holandês e possui um mercado agitado com bares e feiras de artesanato. Após saber que o Suriname abriga tantos povos de diversas etnias, você deve ter ficado curioso sobe a culinária local. Ela é bastante variada, uma mistura entre a culinária da Índia e da Indonésia, na qual o peixe, camarão e arroz são bastante populares, além do prato mais popular: Gado-Gado, que é uma mistura de diferentes tipos de verduras e amendoins, embora o arroz com frango seja considerado o prato típico. Entre tantos locais aqui sugeridos para você visitar, está na hora de arrumar as suas malas e partir para o Suriname. Lá, você se surpreenderá com a arquitetura, escultura, culinária, e, sobretudo, com o idioma, que é uma mistura de línguas de vários povos e regiões que o país abriga. Então, conheça o país que conduz o carro como os ingleses (no lado direito) e tem grande admiração pelos filmes de Bollywood. Você será mais um a inserir-se nesta cultura tão diversificada, podendo identificar-se com alguma delas. Todavia, para que você entre no país e desfrute destas maravilhas, necessitará de um visto para turista. Descubra como deverá proceder. O Tourist Card é um cartão de licença para o turista, permitindo que fique no país por até 60 dias. Para tê-lo, é necessário realizar a solicitação online, registando alguns dos seus documentos. Após serem enviados e aceites, o solicitante receberá uma autorização de pouso, que será apresentada aos oficiais de imigração. Veja agora algumas informações sobre o Tourist Card. Documentos necessários para a solicitação: você deverá ter em mãos um passaporte atual válido; o Itinerário de viagem; a reserva do hotel ou carta convite de um fiador no Suriname; foto digital tirada nos últimos 3 meses e um cartão de crédito/débito ou conta do PayPal. Algumas observações importantes para que o Tourist Card seja concedido: Tenha o passaporte válido por, pelo menos, 6 meses a partir da data de chegada e não se esqueça de observar se há, pelo menos, uma página em branco disponível para o carimbo. Durante a passagem na fronteira, você deverá provar que possui a sua passagem de volta e a reserva do hotel. É preciso provar que tem dinheiro suficiente para todos os gastos. No entanto, mesmo com todos estes requisitos e possuindo o Tourist Card, você não estará livre de ser parado pelo oficial da imigração no Suriname e ser mandado de volta para o seu país de origem. Perante estas informações sobre o Tourist Card, podemos compreender que o Suriname procura proteger-se contra diversas ações de imigrantes, mesmo que se tenha constituído em sua maioria por imigrantes, principalmente após a década de 70, em que as ações do regime militar tiveram muitas consequências para a população surinamesa.
Um e-Visa é um documento oficial que permite e entrada e a viagem dentro de certo país. O e-Visa é uma alternativa aos vistos emitidos nos portos de entrada ou as visitas a uma embaixada/consulado para obter um visto de papel tradicional. e-Visas são vinculados eletronicamente ao passaporte do viajante.
Nosso serviço começa com informação. Você pode usar nossa ferramenta de requerimento de visto atualizada para pesquisar se precisa de um visto. Simplesmente basta informar de onde você é e para onde está indo. Baseado nessa informação, nós diremos quanto custa o visto, o número de entradas que ele permite, a data de início e daremos um curso de ação, como solicitar direto no nosso site!
O melhor lugar de descobrir essa informação é na nossa ferramenta de requerimento de visto. Cada país possui regras de entrada e taxas de visto diferentes. Se está com pressa, também pode solicitar pela internet e o formulário fornecerá essa informação.
Isso depende do país que está emitindo o visto. Para muitos países, como a ETA australiana e o e-Visa turco, o processo pode ser feito em 15 min através do nosso serviço super expresso. Para outros países, como o visto de turista indiano, o processo normalmente leva 24 horas. O tempo exato pode ser visto no formulário de solicitação. O que nós garantimos é que sua aplicação com o iVisa será a mais rápida de todas possíveis.
O documento deve ser impresso em uma folha branca de papel A4. Impressões em dupla face ou reduzidas não serão aceitas.
Nós ajudamos a conseguir seu visto de viagem da maneira mais simples e rápida possível. Através do formulário pela internet fácil de usar e um serviço mundial de atendimento ao consumidor 24 horas, nós fazemos todo o processo do visto ser rápido e simples! Nós também usamos as melhores práticas na hora de proteger os seus dados e seu cartão de crédito.
O iVisa oferece dois tipos de visto: vistos eletrônicos (e-Visas) e vistos tradicionais de papel, dependendo do seu destino. Além disso, nós também oferecemos os seguintes serviços/documentos que são exigidos por certos países: ETA (autorização eletrônica de viagem), cartões turísticos, formulário de pré-registro/aprovação do Visto ao Chegar, cartas convite de turismo e serviço de registro de embaixadas.
  1. Selecione o país para o qual você está pedindo o visto
  2. Selecione o tipo de visto e leia as instruções com cuidado.
  3. Selecione solicitar agora
  4. Preencha o formulário de solicitação.
  5. Pague com um cartão Visa, Mastercard ou outro cartão de débito.
  6. Aguarde a aprovação por e-mail, baixe e imprima o e-Visa da pela sua conta.
  7. Apresente seu e-Visa impresso ao oficial de imigração no porto de entrada.
Note que a maioria dos países oferecem a possibilidade de processar um visto de viagem sem uma taxa de serviço. A razão principal pela qual nós processamos milhares de vistos de viagem por mês é que nós economizamos seu tempo e frustração. Nosso serviço inclui um site e formulário de solicitação fáceis de usar. É muito mais fácil processar sua aplicação conosco, especialmente para usuários de dispositivos móveis e grandes grupos. Nós enviamos o visto dias antes da viagem para todos nossos clientes. Isso ajuda especialmente aqueles passageiros que compram o visto com meses de antecedência. Nós também possuímos um serviço de atendimento ao consumidor 24 horas com profissionais residentes nos Estados Unidos e que falam inglês. Nós aceitamos várias moedas e nosso site pode ser traduzido em mais de 20 idiomas. Nós acreditamos que nossa taxa vale seu tempo e a sanidade, mas lembre-se que todos governos possuem seu próprio serviço “grátis”.
Se você já realizou a solicitação no nosso site, por favor entre na sua conta e procure seu pedido/solicitação. Uma conta é gerada automaticamente após o pagamento ser recebido. Clique no link no seu e-mail de confirmação para definir uma senha ou visite a página de acesso para configurar sua senha e entrar na sua conta. Perceba que na maioria dos casos seu visto será entregue por e-mail e pode ser encontrado na sua conta após entrar nela.
Esse é um caso raro. No entanto, caso sua solicitação seja rejeitada, nós faremos um reembolso integral da taxa de processamento e do governo sob nossa garantia de 100% de aprovação. Esse reembolso será dado através de crédito que poderá ser usado em um pedido futuro. Se precisar de mais ajuda, entre em contato conosco. Nosso especialistas em atendimento ao consumidor estarão felizes em ajudá-lo.
Se nós não processamos seu visto ainda, as alterações podem ser feitas sem problema. Nós também verificamos se existem erros nas suas informações. Se você já processou seu visto e nós enviamos sua solicitação para a agência apropriada do governo, vai depender se ela permitirá ou não a alteração. Por favor, entre em contato conosco imediatamente (de preferência através do chat) se perceber um erro na sua solicitação.
Alguns países podem exigir uma prova de vacinação contra febre amarela se estiver chegando de um país com risco dessa doença. Você pode ver mais informações aqui: https://wwwnc.cdc.gov/travel/destinations/list É de responsabilidade própria do passageiro verificar essas regulamentações antes de viajar para o país escolhido.
Para baixar sua fatura, entre na sua conta e baixe ela diretamente de lá.
Você pode imprimir novamente seu e-Visa na sua conta de e-mail. De maneira alternativa, é possível recuperar e reimprimir seu e-Visa na sua conta iVisa.
Sim. O sistema do iVisa não mantém a informação do seu cartão de crédito depois da transação ser processada.
Todos os vistos garantem permissão para o viajante chegar no porto de entrada do país. Se a sua entrada vai ser permitida ou não será a critério do oficial de imigração no ponto de entrada.

Nós sabemos que podem acontecer mudanças inesperadas nos planos de viagem dos nossos solicitantes que podem impedí-los de viajar e, portanto, conseguir seus vistos. É por isso que entendemos se você quiser pedir o cancelamento da sua solicitação de visto e reaver um reembolso do valor pago. No entanto, nós apenas aprovamos os reembolsos/créditos que seguem as nossas Diretrizes de política de reembolso:

  • Se sua solicitação não foi avaliada pelo nosso time nem enviada para a aprovação do governo, você receberá então um crédito no valor integral da taxa de processamento do iVisa e do governo(custo do visto).
  • Se sua solicitação foi avaliada pelo nosso time mas ainda não foi enviada para a aprovação do governo, você receberá um crédito no valor integral da taxa de processamento do governo (custo do visto).
  • Se sua solicitação já foi enviada para o governo para aprovação ou o visto já foi emitido, infelizmente, não temos como fornecer nenhum crédito.

Nosso política também se aplica à essas circunstâncias:

  • Se nós cometermos algum erro em sua solicitação, faremos um reembolso integral da sua taxa de processamento e nós faremos o processamento do seu visto novamente sem nenhum custo.
  • Se você pagou a taxa adicional para o processamento expresso ou super expresso e nós não entregarmos o documento de viagem dentro do prazo estipulado, você receberá de volta o valor pago pela taxa de processamento extra.
  • Se perder sua viagem porque o iVisa não entregou o documento de viagem dentro do prazo estipulado, você receberá um reembolso integral em dinheiro pela taxa de processamento do iVisa e do governo.
    • A exceção para a cláusula acima é caso o governo seja a causa do atraso ou se a sua data de chegada for antes do nosso tempo de processamento super expresso. Nestes casos, você receberá um crédito pela taxa de processamento do iVisa.

Se por qualquer motivo você não estiver satisfeito com nossos serviços, por favor sinta-se livre para entrar em contato conosco. Sob circunstâncias razoáveis, concederemos um crédito para a taxa de processamento do iVisa para ser usado em um pedido futuro.

Quando o visto precisa ser enviado para você, os tempos de processamento não incluem o tempo de envio. Ele é o tempo de quando recebemos a solicitação até conseguir a aprovação. A maioria dos vistos (e-Visas) não enviados por e-mail após aprovados, então não existe tempo de envio.
Não, nós não somos afiliados a nenhuma agência governamental. Nós somos uma empresa privada especializada em processar vistos de viagem para viajantes ao redor do mundo.
Infelizmente, nós não somos capazes, uma vez que as agências governamentais não nos informam o(s) motivo(s) por trás da decisão.
Se seu visto não for aprovado, nós recomendamos que você entre em contato com a embaixada/consulado mais próximo para mais informações sobre suas opções.
Nós aceitamos Visa, Mastercard, American Express e PayPal.
Todos os cidadãos desses territórios solicitando através do nosso site terão sua solicitação processada com a nacionalidade/cidadania especificada em seu passaporte. Por exemplo, um viajante de Porto Rico irá ter seu pedido processado com nacionalidade americana. Isso não se aplicada a viajantes sob a categoria BOTC (cidadão britânico em territórios ultramarinos) de acordo com o Ato de Territórios Ultramarinos Britânico de 2002.
Need Help?