Consiga o seu visto para o Tajiquistão (eVisa) online de maneira prática

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: eVisa

Em janeiro de 2016, a República do Tadjiquistão iniciou o uso de vistos eletrônicos, ou e-Visas, permitindo que visitantes a curto prazo pudessem tirar seus vistos sem muito esforço. Esses e-Visas permitem que cidadãos estrangeiros que querem visitar o país para turismo ou negócios possam fazer uma solicitação pela internet e receber seus vistos eletrônicos sem a necessidade de visitar um consulado. Eles não precisam mais enfrentar longas filas nos consulados tadjiques ou na fronteira.

O e-Visa é um documento oficial que permite entrar e viajar pelo Tadjiquistão. Você pode solicitar um e-Visa se não está atualmente no país. Os solicitantes receberão seus vistos por e-mail, depois de preencherem o formulário de solicitação com as informações necessárias e de efetuarem o pagamento como cartão de crédito pela internet.

Documentos necessários para o processo
  • Seu passaporte em formato PDF, JPEG, GIF, BMP ou PNG.

  • Endereço no Tadjiquistão (hotel)

  • Um cartão de crédito/débito ou conta do Paypal.

Instruções importantes
  • Seu documento de viagem deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data que você pretende entrar no Tadjiquistão.

  • O visto eletrônico é válido por 90 dias após a emissão. Você pode entrar no Tadjiquistão em qualquer data dentro deste período. No entanto, o titular do visto pode ficar no país por no máximo 45 dias corridos.

  • Sua estadia no Tadjiquistão não pode ser estendida.

  • Esse visto não pode ser alterado para um visto de trabalho enquanto estiver dentro da República do Tadjiquistão. Esse é um e-Visa garantido apenas por motivos de turismo ou negócios.

  • A entrada no Tadjiquistão não será permitida se os detalhes do visto diferirem dos do passaporte.

  • Você não precisa tirar um visto se não for sair da área de trânsito internacional do aeroporto.

  • Titulares de vistos eletrônicos podem entrar no país através de qualquer ponto de fronteira.

  • Você só pode solicitar um e-Visa se estiver fora do território do Tadjiquistão.

  • Se exceder o tempo máximo de estadia do visto, você pode ter que pagar uma multa, ser deportado ou banido de futuras viagens ao Tadjiquistão por um período específico de tempo.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

É um documento oficial que fornece autorização para viajar para e do Tadjiquistão. É vinculado eletronicamente ao seu passaporte.
Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar a sua solicitação:
  • Seu passaporte em formato PDF, JPEG, GIF, BMP ou PNG.
  • Um cartão de crédito/débito ou conta do Paypal.
O e-Visa tadjique custa 50 dólares. Além disso, existe uma taxa de serviço de 20 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 50 e 70 dólares, respectivamente.

Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

1.Processamento padrão: 1 dia útil 2.Processamento expresso: 2 horas 3.Processamento super expresso: 15 minutos

O e-Visa tadjique é válido por 90 dias a partir da emissão. Isso quer dizer que você deve entrar no Tadjiquistão dentro de 90 dias desta data. Além disso, é um visto que permite entrar no país uma única vez, com estadia máxima de 45 dias.
O passaporte do solicitante deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data de entrada Tadjiquistão e possuir pelo menos uma página em branco.
Não. Você não precisa tirar o visto eletrônico se não for sair da área de trânsito internacional do aeroporto.
Sim. É preciso que cada viajante, mesmo se for menor de idade, solicite um visto eletrônico tadjique.
Apesar do e-Visa tadjique ser válido por 90 dias após a emissão, ele deve ser usado dentro de 3 meses da sua aprovação, caso contrário será considerado vencido.
Não. O e-Visa tadjique deve ser tirado antes da sua entrada no Tadjiquistão.
Sim. Os titulares de e-Visa podem entrar no Tadjiquistão de qualquer ponto de fronteira.
Atualmente, 121 nacionalidades são elegíveis para solicitarem um e-Visa. Você pode usar o nosso verificador de visto no topo da página para determinar se a sua nacionalidade é elegível.
Não, não é permitida uma extensão de estadia. Você deve deixar o país e solicitar um novo visto se deseja ficar além dos 45 dias permitidos.
Não são muitas pessoas que escolher o Tajiquistão como destino de sua viagem, o que é uma pena, considerando que, como qualquer outro país, possui vários lugares interessantes. Normalmente, as pessoas vão lá pois querem caminhar nas montanhas de Fann. A rodovia mundialmente famosa do Pamir também se encontra no país, então é um ótimo lugar para se visitar também. A questão é, definitivamente o Tajiquistão é um bom lugar para se visitar. No entanto, como é normalmente feito antes de se visitar um país estrangeiro, é preciso aprender algumas regras básicas. Nada fora do normal e com certeza você vai tirar de letra. Primeiramente, o Tajiquistão é um país religioso, com a maioria da população muçulmana. Não é tão conservadora quanto os outros países mulçumanos, mas ainda é preciso respeitar seus costumes e tradições. Existem também cristãos e seguidores de outras religiões no país. O principal ponto se tratando de um país religioso é o vestuário. Uma mulher nunca deve expor demais o seu corpo. As mulheres lá não usam hijabs, mas é preciso se cobrir o máximo possível. Você pode usar um vestido longo com decote e mangas. No entanto, se deseja sair para uma aventura, o recomendado é uma calça longa com uma blusa larga ou suéter, mas pode usar uma blusa longa com uma legging também. Tenha sempre um cachecol contigo, para o caso de decidir visitar uma mesquita ou qualquer outra construção religiosa, pois precisa estar com a cabeça coberta para poder entrar. Para homens não muda muita coisa. As vezes eles vão usar jeans e camiseta, as vezes vão usar terno. A questão religiosa do país não os afeta. A melhor época para visitar o Tajiquistão é entre o meio de junho e o meio de setembro, caso você queria aproveitar tudo que o país tem para oferecer. Não é possível visitar a Montanha de Fann no inverno, pois o acesso é restrito. No verão, a temperatura é confortável. Por outro lado, se você não tem interesse em grandes alturas, não precisa restringir sua visita ao verão. Algumas semanas são suficiente para fazer o que você quiser lá, e o visto garante uma estadia de 45 dias. No entanto, muitos turistas cometem o erro de querer explorar a rodovia de Pamir em poucos dias. Dessa maneira, a maior parte do tempo é perdida dentro de um carro. Imagino que você não vai querer passar 10 horas por dia sentado no carro, não é mesmo? O tempo ideal para fazer esse trajeto é de 8 a 10 dias. Dessa maneira, é possível explorar vários lugares com tempo de sobra, para não perder nenhuma atração pelo caminho. Se você ama comida, o Tajiquistão não vai te decepcionar. Não existem pratos locais famosos, mas os tadjiques sabem trabalhar na cozinha. A maioria dos pratos é feita com carne, mas sem muitos temperos. Mesmo assim, ficam deliciosos. O melhor jeito de aproveitar a comida tadjique é indo a casa de chá, também conhecidas como chaikhanas, ou até mesmo nos bazares. O que você vai achar com frequência é o próprio chai. Parece um pouco hindu, mas considerando a localização do Tajiquistão, é perfeitamente normal isso. Você não pode ir embora do país se conhecer os vales. Existem vários lagos escondidos e o cenário é deslumbrante. É aconselhável preparar algum equipamento de caminhada mesmo que não deseje explorar. Existe uma chance grande de, ao chegar, você querer subir pelo menos algumas colinas. A vista é maravilhosa e você vai se apaixonar ao passar pelos vales, com certeza. Se quiser ficar em uma área urbana, o que é improvável, então deve visitar a capital, Dushanbe. Na verdade, se for viajar de avião, é lá que vai desembarcar, então é interessante ficar na cidade por alguns dias. Você pode visitar o maior mastro de bandeira ou a maior casa do mundo. Os bazares são cheios com todos os tipos de mercadoria e é uma ótima oportunidade para comprar souvenirs. Como você pode imaginar, a melhor comida do Tajiquistão está na capital, então é uma ótima oportunidade para mimar paladar antes da caminhada. Existem muitas possibilidades de locomoção no Tajiquistão. Existem ônibus e taxis compartilhados (que são muito comuns), mas o melhor mesmo é alugar um carro, especialmente se for visitar a rodovia de Pamir. Você não vai querer perder a oportunidade de aproveitar a paisagem só porque alguém está te apressando ou o taxímetro está correndo. Pode ser uma despesa extra, mas vale a pena. O Tajiquistão pode não ser a primeira escolha para se passar as férias, mas vale a pena levar em consideração. Não se deve ignorar um lugar cativante só por não saber nada sobre lá. Agora que você sabe, esperamos que visite o país em um futuro próximo. O turismo está crescendo na região e as pessoas estão animadas com isso. Eles podem não falar português, mas isso não é um problema com a tecnologia atual.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Para mais informações, clique no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf