Em destaque na

Tanzania: Informações sobre o visto

iVisa.com provides expedited processing and guidance for any visa application since 2013. We are not affiliated with any Government Department.

A visa is required. We can assist in processing this document.

Tipo de visto Custo do visto Service Fee Number of Entries Processing Time
Tourist eVisa
Custo do visto USD 50 - 100
Service Fee USD 30.00
Number of Entries Single / Multiple
Processing Time 5 dias
Solicitar agora
Volunteer eVisa
Custo do visto USD 250.00
Service Fee USD 50.00
Number of Entries Single
Processing Time 10 dias

How to Apply: Tourist eVisa

Preencha a solicitação pela internet
Preencha a solicitação pela internet

Complete o nosso fácil pagamento on-line com cartão de crédito ou Paypal

Receive document via email
Receive document via email

No need to deal with the embassy. We do it for you so you don't lose valuable time

Digite o destino
Digite o destino

Present your Passport and the Document we provide upon entry to destination country

Solicitar agora

Saiba mais: Tourist eVisa

Em breve, mais informações!

Use a nossa ferramenta Calculadora de Vistos

Calcular o custo do visto antes de solicitar

Depoimentos

Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas frequentes

A Tanzânia é um país que está localizado na região leste da África, e é um dos maiores países desse continente, tendo uma população de aproximadamente 37 milhões de habitantes. A capital do país é Dodoma, embora muitas pessoas pensem que é Dar Al Salaam, que é a maior cidade do país. A história desse país é muito interessante, pois ele é conhecido como o berço da humanidade, e, por conta das descobertas arqueológicas realizadas por lá, os cientistas puderam afirmar que os primeiros seres humanos vieram do continente africano. Os fósseis encontrados na Tanzânia datam de, aproximadamente, 2 milhões de anos. No século XIX, a região foi então conquistada pelos alemães e, depois da Primeira Guerra Mundial, foi cedida para a Inglaterra. A independência aconteceu em 1961, e foi relativamente tranquila. Atualmente, a Tanzânia tem a segunda maior economia do leste africano e a décima da África. Mesmo assim, cerca de 34% da população ainda vive na pobreza. Um dos setores da economia da Tanzânia que mais tem crescido é o turismo, principalmente por conta da natureza do país, já que cerca de 38% dele é composto por áreas protegidas. A região norte abriga um ecossistema chamado de Serengeti, que é a maior área de migração animal de mamíferos do mundo, e considerada uma das maravilhas do mundo natural. Nessa região, existem mais de 70 espécies de mamíferos e 500 aves, que estão espalhadas por habitats como florestas, pântanos, savanas, bosques, entre outros. Um facto interessante sobre a Tanzânia é que esse país possui a maior concentração de animais por quilómetro do mundo, o que costuma deixar os viajantes fascinados com toda essa diversidade natural. No Serengeti, é possível encontrar os leões que escalam árvores, o que é um comportamento raro entre esses animais, mas que acontece frequentemente nessa área. Alguns acreditam que eles fazem isso para observar melhor as presas, enquanto outros argumentam que os leões fazem isso apenas para se divertir. Seja qual for o motivo, viajando para a Tanzânia, você terá a oportunidade única de presenciar esse hábito incomum dos leões. Outra maravilha natural desse país é o Kilimanjaro, que fica localizado a norte do país, junto à fronteira do Quénia, e que é considerado o ponto mais alto do continente africano. A montanha e as florestas que circundam o local são considerados Patrimónios da Humanidade desde 1987. Infelizmente, o aquecimento global tem afetado muito essa montanha e já perdeu cerca de 80% da neve que fica acumulada no seu topo. Estima-se que rapidamente ela desaparecerá por completo. O facto de estar localizado no meio de uma savana oferece um espetáculo único aos visitantes, pois as paisagens são fascinantes. Ele é conhecido entre os escaladores por ser o mais fácil de escalar entre os 7 cumes mais altos de todos os continentes. Para escalar o local, não é preciso ter muitos conhecimentos técnicos, nem equipamentos como cordas. No entanto, não se iluda em relação a isso, pois cerca de 50% dos escaladores desistem no meio do caminho, principalmente por conta do famoso “mal de altitude”. O interessante é que essa montanha fica muito próxima da linha do Equador, e até algum tempo atrás os cientistas não conseguiam acreditar que o gelo podia se formar no topo dele, por estar tão próximo do Sol. Além do Kilimanjaro, um dos locais mais visitados da Tanzânia é a ilha de Zanzibar, que é considerada um paraíso com as suas águas calmas e transparentes. Zanzibar é um arquipélago e as maiores ilhas são Ugunja e Pemba. Além das suas incríveis praias, que estão entre as mais bonitas do mundo, o arquipélago também é conhecido pelo cultivo de especiarias como canela, cravo, noz moscada e pimenta preta. Zanzibar também é famosa por ter sido o local de nascimento de Freddie Mercury, que viveu entre esse país e a Índia até aos seus 18 anos, quando a família resolveu se mudar para a Inglaterra, por conta da revolução que estava acontecendo neste país africano. Assim, é possível entender porque o turismo na Tanzânia tem-se desenvolvido tão rapidamente nos últimos anos. Se você ficou interessado em conhecer esse país africano, e quer saber mais sobre o visto necessário para que os brasileiros visitem esse local, fique atento ao que vamos falar a seguir. Os brasileiros podem tanto conseguir um visto durante a sua chegada no país, quanto optar pelo eVisa, também conhecido como visto eletrónico, cujo pedido é feito através da Internet. O visto eletrónico foi instituído em novembro de 2018, e, para isso, basta preencher um formulário online e fazer o pagamento. Depois disso, você será notificado através do seu e-mail se a sua aplicação foi aprovada ou não. O custo do eVisa é de USD 50 para o documento que permite uma única entrada no país e de USD 100 para o que permite múltiplas entradas. A validade dele é de 90 dias. Você também possui outra opção, que é o visto que pode ser obtido durante a sua chegada à Tanzânia, que custa o mesmo valor de eVisa. No entanto, essa modalidade não é recomendável por dois motivos. Primeiramente, por conta das filas que você terá de enfrentar no momento da sua chegada, principalmente se outro voo internacional estiver chegando ao país no mesmo momento que o seu. Outro motivo pelo qual isso é arriscado é que muitas companhias aéreas exigem que você tenha esse documento antes do embarque, e você corre o risco de não poder viajar caso não tenha o visto em mãos antes da sua viagem. Por isso, o melhor a fazer é obter um visto eletrónico para a Tanzânia. Diante de tudo o que foi falado, esperamos que você tenha ficado com vontade de conhecer esse país africano ainda tão desconhecido dos brasileiros. A África tem belezas naturais e culturais muitos mais abundantes do que as pessoas imaginam, e a maioria dos visitantes vai embora encantado quando visita os países deste continente. Caso você queira visitar a Tanzânia, fale connosco, para podermos dissipar as suas dúvidas.

Um e-Visa é um documento oficial que permite e entrada e a viagem dentro de certo país. O e-Visa é uma alternativa aos vistos emitidos nos portos de entrada ou as visitas a uma embaixada/consulado para obter um visto de papel tradicional. e-Visas são vinculados eletronicamente ao passaporte do viajante.

Nosso serviço começa com informação. Você pode usar nossa ferramenta de requerimento de visto atualizada para pesquisar se precisa de um visto. Simplesmente basta informar de onde você é e para onde está indo. Baseado nessa informação, nós diremos quanto custa o visto, o número de entradas que ele permite, a data de início e daremos um curso de ação, como solicitar direto no nosso site!

O melhor lugar de descobrir essa informação é na nossa ferramenta de requerimento de visto. Cada país possui regras de entrada e taxas de visto diferentes. Se está com pressa, também pode solicitar pela internet e o formulário fornecerá essa informação.

Isso depende do país que está emitindo o visto. Para muitos países, como a ETA australiana e o e-Visa turco, o processo pode ser feito em 15 min através do nosso serviço super expresso. Para outros países, como o visto de turista indiano, o processo normalmente leva 24 horas. O tempo exato pode ser visto no formulário de solicitação. O que nós garantimos é que sua aplicação com o iVisa será a mais rápida de todas possíveis.

O documento deve ser impresso em uma folha branca de papel A4. Impressões em dupla face ou reduzidas não serão aceitas.

Nós ajudamos a conseguir seu visto de viagem da maneira mais simples e rápida possível. Através do formulário pela internet fácil de usar e um serviço mundial de atendimento ao consumidor 24 horas, nós fazemos todo o processo do visto ser rápido e simples! Nós também usamos as melhores práticas na hora de proteger os seus dados e seu cartão de crédito.

O iVisa oferece dois tipos de visto: vistos eletrônicos (e-Visas) e vistos tradicionais de papel, dependendo do seu destino. Além disso, nós também oferecemos os seguintes serviços/documentos que são exigidos por certos países: ETA (autorização eletrônica de viagem), cartões turísticos, formulário de pré-registro/aprovação do Visto ao Chegar, cartas convite de turismo e serviço de registro de embaixadas.

  1. Selecione o país para o qual você está pedindo o visto
  2. Selecione o tipo de visto e leia as instruções com cuidado.
  3. Selecione solicitar agora
  4. Preencha o formulário de solicitação.
  5. Pague com um cartão Visa, Mastercard ou outro cartão de débito.
  6. Aguarde a aprovação por e-mail, baixe e imprima o e-Visa da pela sua conta.
  7. Apresente seu e-Visa impresso ao oficial de imigração no porto de entrada.

Note que a maioria dos países oferecem a possibilidade de processar um visto de viagem sem uma taxa de serviço. A razão principal pela qual nós processamos milhares de vistos de viagem por mês é que nós economizamos seu tempo e frustração. Nosso serviço inclui um site e formulário de solicitação fáceis de usar. É muito mais fácil processar sua aplicação conosco, especialmente para usuários de dispositivos móveis e grandes grupos. Nós enviamos o visto dias antes da viagem para todos nossos clientes. Isso ajuda especialmente aqueles passageiros que compram o visto com meses de antecedência. Nós também possuímos um serviço de atendimento ao consumidor 24 horas com profissionais residentes nos Estados Unidos e que falam inglês. Nós aceitamos várias moedas e nosso site pode ser traduzido em mais de 20 idiomas. Nós acreditamos que nossa taxa vale seu tempo e a sanidade, mas lembre-se que todos governos possuem seu próprio serviço “grátis”.

Se você já realizou a solicitação no nosso site, por favor entre na sua conta e procure seu pedido/solicitação. Uma conta é gerada automaticamente após o pagamento ser recebido. Clique no link no seu e-mail de confirmação para definir uma senha ou visite a página de acesso para configurar sua senha e entrar na sua conta. Perceba que na maioria dos casos seu visto será entregue por e-mail e pode ser encontrado na sua conta após entrar nela.

Se sua solicitação para o visto não for aprovada pela agência do governo, nós garantimos um reembolso integral. Se, por qualquer razão, você não estiver satisfeito com nosso serviço, por favor entre em contato conosco via chat e nós forneceremos um reembolso da sua taxa de serviço. Se for cometido um erro na sua solicitação, nós processaremos seu visto novamente sem nenhum custo adicional. Por favor, saiba que os reembolsos são feitos no próprio cartão de crédito utilizado.

Se nós não processamos seu visto ainda, as alterações podem ser feitas sem problema. Nós também verificamos se existem erros nas suas informações. Se você já processou seu visto e nós enviamos sua solicitação para a agência apropriada do governo, vai depender se ela permitirá ou não a alteração. Por favor, entre em contato conosco imediatamente (de preferência através do chat) se perceber um erro na sua solicitação.

Alguns países podem exigir uma prova de vacinação contra febre amarela se estiver chegando de um país com risco dessa doença. Você pode ver mais informações aqui: https://wwwnc.cdc.gov/travel/destinations/list É de responsabilidade própria do passageiro verificar essas regulamentações antes de viajar para o país escolhido.

Para baixar sua fatura, entre na sua conta e baixe ela diretamente de lá.

Você pode imprimir novamente seu e-Visa na sua conta de e-mail. De maneira alternativa, é possível recuperar e reimprimir seu e-Visa na sua conta iVisa.

Sim. O sistema do iVisa não mantém a informação do seu cartão de crédito depois da transação ser processada.

Todos os vistos garantem permissão para o viajante chegar no porto de entrada do país. Se a sua entrada vai ser permitida ou não será a critério do oficial de imigração no ponto de entrada.

Se a sua solicitação ainda não foi submetida para processamento, você receberá um reembolso total. No entanto, se sua solicitação já foi enviada, nós não seremos capazes de fornecer um reembolso.

Quando o visto precisa ser enviado para você, os tempos de processamento não incluem o tempo de envio. Ele é o tempo de quando recebemos a solicitação até conseguir a aprovação. A maioria dos vistos (e-Visas) não enviados por e-mail após aprovados, então não existe tempo de envio.

Não, nós não somos afiliados a nenhuma agência governamental. Nós somos uma empresa privada especializada em processar vistos de viagem para viajantes ao redor do mundo.

Infelizmente, nós não somos capazes, uma vez que as agências governamentais não nos informam o(s) motivo(s) por trás da decisão.

Se seu visto não for aprovado, nós recomendamos que você entre em contato com a embaixada/consulado mais próximo para mais informações sobre suas opções.

Nós aceitamos Visa, Mastercard, American Express e PayPal.

Todos os cidadãos desses territórios solicitando através do nosso site terão sua solicitação processada com a nacionalidade/cidadania especificada em seu passaporte. Por exemplo, um viajante de Porto Rico irá ter seu pedido processado com nacionalidade americana. Isso não se aplicada a viajantes sob a categoria BOTC (cidadão britânico em territórios ultramarinos) de acordo com o Ato de Territórios Ultramarinos Britânico de 2002.

Need Help?