Informações sobre o visto na entrada para o Timor-Leste

Home > Timor Leste > East Timor Visa Apllication Authorization
 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Autorização para processamento do visto

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Oficialmente denominado “República Democrática de Timor-Leste”, o pequenino país está localizado na região da Oceânia, a sul da Indonésia e a norte da Austrália.

O território abriga praias paradisíacas e intocadas, é detentor de uma beleza natural singular, que atrai amantes do ecoturismo e praticantes de mergulho, ávidos por explorar os inúmeros recifes de corais preservados.

Além de a facilidade de emitir um visto na entrada para o Timor-Leste, a nação é membro da CPLP – “Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, permitindo que os cidadãos brasileiros não tenham maiores dificuldades em se comunicar no território. Antes de começar a planear a sua visita, entenda abaixo os requisitos necessários para emitir o visto de turista para o Timor-Leste.

O que eu preciso para viajar para o Timor-Leste?

1) Visto

Apesar de ser exigido um visto para o Timor-Leste, ele é concedido na chegada ao país. Assim, o cidadão brasileiro não precisa de se preocupar em comparecer previamente em consulados ou embaixadas.

O visto de turista para o Timor-Leste tem um custo de 30 dólares, permite a estadia por até 30 dias e é válido para uma única entrada no país. O pagamento deve ser realizado em dinheiro, às autoridades de imigração, no momento do seu desembarque no Aeroporto Internacional de Díli ou no Porto Marítimo de Díli.

É possível solicitar a prorrogação da estadia, mediante solicitação ao Serviço de Imigração em Díli, a capital do Timor-Leste.

  • O custo para um período extra, de até 30 dias, é de 35 dólares;
  • O custo para um período extra, entre 30 e 60 dias, é de 75 dólares.

Observação: a permanência cumulativa permitida no país é de, no máximo, 90 dias.

2) Passaporte

Você deve apresentar o seu passaporte original e, com validade mínima de seis meses, a contar da data de ingresso no Timor-Leste, às autoridades de imigração no Aeroporto Internacional de Díli ou no Porto Marítimo de Díli. É necessária uma página em branco para o selo e demais registos de permissão de entrada.

3) Bilhetes aéreos

Você precisa confirmar a chegada e a saída do Timor-Leste, através da apresentação das passagens aéreas com as respetivas datas de ida e volta.

4) Alojamento

Você deve comprovar que possui alojamento garantido em Timor-Leste, apresentando um voucher de reserva de hotel às autoridades de imigração.

5) Recursos financeiros

Você deve fornecer evidências que possui recursos financeiros suficientes para custear toda a sua permanência no Timor-Leste, através da apresentação de dinheiro em espécie ou cartões de crédito internacionais. É utilizada uma média de gastos de 50 dólares por dia, por pessoa.

Vacinas

Ainda que não seja exigida a imunização contra a febre amarela, é altamente aconselhado que o viajante aplique a vacina com, pelo menos, dez dias de antecedência à data de embarque, bem como contra as seguintes doenças: tétano, difteria, febre tifoide, hepatite dos tipos A e B, sarampo, caxumba e rubéola.

Seguro de saúde

Não é obrigatória a contratação de uma apólice de seguro de viagem para visitar Timor-Leste. Todavia, em razão da precariedade do sistema de saúde do país, é amplamente recomendado que o cidadão brasileiro viaje com uma cobertura capaz de custear despesas relativas a consultas, exames médicos, internações hospitalares e evacuação sanitária, normalmente realizada para Bali, na Indonésia ou Darwin, na Austrália.

Assistência consular

Em caso de qualquer necessidade de assistência consular, o cidadão brasileiro deve ter em mãos as informações de contacto da embaixada do Brasil em Díli, a capital do Timor-Leste.

Esta página foi útil?

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós