Informações sobre o visto para Trindade e Tobago

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto de Entrada

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Oficialmente denominado “República de Trindade e Tobago”, o país é formado basicamente por duas ilhas principais e está localizado no mar das Caraíbas, a nordeste da Venezuela.

Ainda que a economia do país seja maioritariamente baseada nas indústrias petrolíferas e petroquímicas, o turismo tem papel de destaque, sobretudo devido às belas praias de águas azul-turquesa, propícias para a prática de mergulho, ou simplesmente para relaxar ao sol, em um dos requintados resorts do arquipélago. Além disso, o destino é famoso pela sua rica gastronomia, com forte influência indiana.

E o cidadão brasileiro tem a vantagem de não precisar de um visto para Trindade e Tobago, em viagens em lazer ou em negócios, por um período de até 90 dias. Contudo, antes de começar a planear as próximas férias, você deve ter em mente que alguns pequenos procedimentos são necessários para ingressar no país. Confira os detalhes, a seguir.

O que eu preciso para viajar para Trindade e Tobago?

1) Passaporte

Você deve viajar para Trindade e Tobago munido do seu passaporte original, com validade mínima de seis meses, a contar da data de chegada ao arquipélago. Além disso, as autoridades de imigração precisam de uma página livre no documento para o carimbo e demais registos de entrada no país.

2) Bilhetes aéreos

Você também precisa de confirmar as datas de chegada a Trindade e Tobago e respetivo regresso ao Brasil, apresentando as passagens aéreas de ida e volta, ao desembarcar no arquipélago.

3) Alojamento

As autoridades de imigração podem solicitar um comprovativo de alojamento garantido no país. Por isso, tenha em mãos o voucher de reserva de um hotel em Trindade e Tobago.

4) Prorrogação de estadia

Ainda que sejam concedidos 90 dias para permanecer em Trindade e Tobago, você pode solicitar a extensão desse prazo. Basta comparecer em um dos escritórios da Divisão de Imigração do Ministério da Segurança Nacional, localizados em Port of Spain e San Fernando, em Trindade, ou Scarborough, em Tobago, e apresentar a motivação para a prorrogação da estadia, bem como evidências de que você possui recursos financeiros para arcar com as despesas relativas a esse período extra no país.

5) Vacinas

É necessária a vacinação contra a febre amarela com, pelo menos, dez dias de antecedência à data de embarque. O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), emitido gratuitamente pela Anvisa, deverá ser apresentado às autoridades de imigração ao desembarcar em Trindade e Tobago.

Seguro de saúde

Não é obrigatória a contratação de uma apólice de seguro de viagem internacional para visitar Trindade e Tobago. Todavia, é aconselhado que o cidadão brasileiro viaje com uma cobertura adequada, devido aos seguintes fatores:

  • A rede de saúde em Trindade e Tobago é limitada e, em casos mais complexos, pode ser necessária a evacuação sanitária;
  • Prática de desportos radicais e turismo de aventura (mergulho, trilhos) como o propósito principal da viagem, que pode ocasionar ferimentos;
  • Elevado índice de criminalidade registado no país, estando o turista sujeito a acidentes e traumas.

Assistência consular

No caso de qualquer necessidade de assistência consular, os cidadãos brasileiros devem ter em mãos as informações de contacto da embaixada do Brasil em Port of Spain, a capital de Trindade e Tobago.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós