Em destaque na

Consiga agora o seu e-Visa para Turista do Leste Africano

iVisa.com provides expedited processing and guidance for any visa application since 2013. We are not affiliated with any Government Department.

A visa is required. We can assist in processing this document.

Tipo de visto Custo do visto Service Fee Number of Entries Processing Time
Tourist eVisa
Custo do visto USD 51.30
Service Fee USD 35.00
Number of Entries Single
Processing Time 48 hours
Solicitar agora
Trânsito do Visto Eletrônico
Custo do visto USD 51.30
Service Fee USD 35.00
Number of Entries Single
Processing Time 48 hours
Solicitar agora
Visto para o Leste da África
Custo do visto USD 103.00
Service Fee USD 45.00
Number of Entries Multiple
Processing Time 48 hours
Solicitar agora

How to Apply: Visto para o Leste da África

Preencha a solicitação pela internet

Complete o nosso fácil pagamento on-line com cartão de crédito ou Paypal

Receive document via email

No need to deal with the embassy. We do it for you so you don't lose valuable time

Digite o destino

Apresente seu passaporte e a documentação que nós fornecemos quando você chegar

Solicitar agora

Saiba mais: Visto para o Leste da África

Em junho de 2016, a República da Uganda lançou o programa do e-Visa. O e-Visa deve ser obtido antes de se entrar no país. Todos os visitantes que pretendem entrar na República do Quênia, na República da Uganda ou na República da Ruanda para turismo são elegíveis para solicitar o visto. Com um Visto de Turismo do Leste Africano pode-se entrar nos três países várias vezes e é válido por 90 dias.

Viajantes que usam o programa de Visto do Leste Africano solicitam e pagam uma taxa pela internet e recebem o seu visto eletrônico também por lá, antes de viajarem para a Uganda, a Ruanda ou o Quênia. O e-Visa é um documento oficial que permite a entrada nestes países e a viagem entre eles. Os solicitantes receberão sus vistos por e-mail, depois de preencherem o formulário de solicitação com as informações necessárias e depois que o pagamento pelo cartão de crédito estiver completo.

Use a nossa ferramenta Calculadora de Vistos

Calcular o custo do visto antes de solicitar

Depoimentos

Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas frequentes

É um tipo de visto eletrônico que permite que você visite a República do Quênia, a República da Ruanda e a República da Uganda, na mesma viagem, para turismo. Um Visto de Turismo para o Leste Africano serve para viajar várias vezes entre esses três países e é válido por 90 dias.

Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar a sua solicitação:

  • Uma cópia da página de identidade do seu passaporte
  • Uma cópia de uma fotografia recente no tamanho do passaporte
  • Seu itinerário de viagem
  • Certificado de vacinação (febre amarela)
  • Passagem de volta
  • Um contato na Uganda (pessoa, empresa, hotel, agência de viagens...)
  • Cartão de crédito/débito ou conta no Paypal.

O custo de um e-Visa para o Leste Africano é de 103 dólares. Além disso, existe uma taxa de serviço de 45 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 75 e 110 dólares, respectivamente.

Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

  1. Processamento padrão: 4 dias úteis.
  2. Processamento expresso: 2 dias úteis.
  3. Processamento super expresso: 1 dias úteis

O visto da Uganda e Leste Africano é válido por 90 dias após sua emissão. Isso quer dizer que você deve entrar na Uganda dentro de 90 dias. Além disso, é um visto para viajar entre esses países várias vezes e permite uma estadia máxima de 90 dias.

O passaporte do solicitante deve ter pelo menos 6 meses de validade a partir da data da sua chegada na Uganda e pelo menos uma página em branco.

A aprovação final é garantida no ponto de entrada selecionado ou no Escritório de Imigração. Esteja ciente que se você está fora da Uganda é obrigatório que você apresente uma carta de aprovação de visto válida para entrar no país. Nenhuma outra autorização permite que você entre no país.

O e-Visa para o Leste Africano permite que você entre várias vezes nos países.

Não é obrigatório, mas é recomendado. O código de barras presente na sua carta de aprovação será usado para acessar a sua solicitação no ponto de entrada. Logo, levar uma cópia impressa irá agilizar o processo final de aprovação.

Não, ele é limitado aos 3 países mencionados. Se você sair de qualquer um dos 3 países e voltar ao Quênia, será considerada uma nova jornada e um novo visto será necessário.

Não, você não é elegível para solicitar um Visto para o Leste Africano se já possui um visto válido para um dos países.

Sempre que visitar um novo país, é preciso estar ciente do que se pode ou não fazer. É imperativo respeitar a cultura do país para não magoar ou chatear os moradores locais. Você pode cruzar com muitas tradições e hábitos diferentes e, de certo modo, essa é a beleza em viajar pelo mundo. A regra de aprender sobre a cultura local também se aplica a Uganda. O país é a pérola da África e um belo local para se visitar, com uma cultura fascinante. No entanto, coisas completamente normais no seu país podem não ser permitidas em outros. Abaixo você encontrará uma lista de coisas que deve saber ao visitar a Uganda. Não fale sobre a gravidez de uma mulher – embora no ocidente a gravidez seja um tópico onde as pessoas expressam felicidade, no país africano as coisas são diferentes. Isso acontece pois lá a taxa de aborto é muito alta. Por isso, as mulheres têm sentimentos conflitantes a respeito da gravidez e é considerado desrespeitoso falar a respeito. O melhor a se fazer é fingir que não notou e nunca tocar no assunto. Fale com a pessoa normalmente, como se ela não estivesse esperando um bebê. Mantenha as coisas pessoais... pessoais – ugandenses são reservados quanto as suas vidas e você deve fazer o mesmo. É falta de educação perguntar sobre a vida pessoal de alguém. No entanto, à medida que for se aproximando da pessoa e o nível de intimidade crescer, você será capaz de descobrir coisas que, de outa maneira, seriam consideradas privadas. Basicamente, é necessário se tornar amigo de alguém para que a pessoa revele informações sobre sua vida pessoal. Como se tornar amigo de alguém sem fazer perguntas pessoais? Converse sobre coisas triviais. Dê a chance de se familiarizar. Não fale sobre relacionamentos – no ocidente é normal perguntar se alguém está namorando e com quem. Na Uganda é um pouco diferente. Podem haver erros de interpretação e você deve evitar perguntar questões sobre relacionamento com o outro gênero. Você pode notar quando a pessoa é casada, mas nunca pergunte alguém que parece solteiro se ele possui parceiro. Você não quer se colocar em uma situação complicada, quer? Não demonstre afeto em público – se viajar para a Uganda acompanhado, não demonstre que são um casal em público. Ugandenses não fazem isso e olharão com cara feita se virem você fazendo. Evite beijos e abraços em público. Mesmo andar de mão dadas não é bem visto. Por isso, se quiser começar com o pé direito, evite esse tipo de situação. Não é tão difícil. Mantenha seu afeto entre quatro paredes, no quarto de hotel. Não limpe suas mãos na frente dos ugandenses. Claro, é bom lavá-las antes de comer. Você pode fazer isso no banheiro e, se não houver um disponível, é liberado o uso do álcool em gel. Entretanto, não faça isso na frente dos ugandenses, pois eles podem pensar que você os considera sujos. Parece ridículo, mas é importante para eles. Limpe suas mãos onde não pode ser visto pelos locais. Existe uma oração antes da refeição – eles são um povo religioso e rezam antes de toda refeição. É preciso que você faça o mesmo se quiser ser considerado educado. Mesmo que seja ateu ou praticante de outra religião, mantenha sua cabeça abaixada em sinal de respeito. É um pequeno sacrifício para uma boa comida. Crianças não falam à mesa – enquanto no ocidente as refeições são vistas como uma hora para conversar, na Uganda crianças não falam à mesa a não ser para responder perguntas diretas. É falta de educação para elas falarem. Muitas vezes, os turistas que vão para a Uganda pensam que as crianças são quietas, mas não verdade não é permitido que elas falem. Recuse a cadeira – os ugandenses estão cientes que você é de outro país e irão oferecer uma cadeira durante a refeição, enquanto eles sentarão em um tapete. Como sinal de respeito, recuse a cadeira e sente em um tapete também. É um gesto educado e você será bem visto por isso. Você pode ser cumprimentado com um beijo – cumprimentos são diferentes lá, dependendo da situação e dos gêneros presentes em um lugar em particular. Com mulheres, um aperto de mão é mais que suficiente, mas um homem provavelmente vai beijar sua bochecha quando apertarem as mãos. Não se afaste e siga o fluxo. Não recuse, uma vez que é considerado rude. Preste atenção no código de vestimenta – na Uganda, as mulheres devem seguir certo código. Como turista, não será pedido que você se cubra por completo, mas sempre use saias ou calças que cubram o joelho. Você não vai querer pessoas olhando estranho enquanto anda pela rua, vai? A lista pode continuar, mas o que foi abordado aqui deve ser o suficiente para ter uma ideia de como se comportar na Uganda. Contanto que essas regras simples sejam seguidas, você será muito bem-vindo pelo povo. Os ugandeses são um povo caloroso e você se sentirá em casa se mostrar respeito pela cultura e tradição deles.

Um e-Visa é um documento oficial que permite e entrada e a viagem dentro de certo país. O e-Visa é uma alternativa aos vistos emitidos nos portos de entrada ou as visitas a uma embaixada/consulado para obter um visto de papel tradicional. e-Visas são vinculados eletronicamente ao passaporte do viajante.

Nosso serviço começa com informação. Você pode usar nossa ferramenta de requerimento de visto atualizada para pesquisar se precisa de um visto. Simplesmente basta informar de onde você é e para onde está indo. Baseado nessa informação, nós diremos quanto custa o visto, o número de entradas que ele permite, a data de início e daremos um curso de ação, como solicitar direto no nosso site!

O melhor lugar de descobrir essa informação é na nossa ferramenta de requerimento de visto. Cada país possui regras de entrada e taxas de visto diferentes. Se está com pressa, também pode solicitar pela internet e o formulário fornecerá essa informação.

Isso depende do país que está emitindo o visto. Para muitos países, como a ETA australiana e o e-Visa turco, o processo pode ser feito em 15 min através do nosso serviço super expresso. Para outros países, como o visto de turista indiano, o processo normalmente leva 24 horas. O tempo exato pode ser visto no formulário de solicitação. O que nós garantimos é que sua aplicação com o iVisa será a mais rápida de todas possíveis.

O documento deve ser impresso em uma folha branca de papel A4. Impressões em dupla face ou reduzidas não serão aceitas.

Nós ajudamos a conseguir seu visto de viagem da maneira mais simples e rápida possível. Através do formulário pela internet fácil de usar e um serviço mundial de atendimento ao consumidor 24 horas, nós fazemos todo o processo do visto ser rápido e simples! Nós também usamos as melhores práticas na hora de proteger os seus dados e seu cartão de crédito.

O iVisa oferece dois tipos de visto: vistos eletrônicos (e-Visas) e vistos tradicionais de papel, dependendo do seu destino. Além disso, nós também oferecemos os seguintes serviços/documentos que são exigidos por certos países: ETA (autorização eletrônica de viagem), cartões turísticos, formulário de pré-registro/aprovação do Visto ao Chegar, cartas convite de turismo e serviço de registro de embaixadas.

  1. Selecione o país para o qual você está pedindo o visto
  2. Selecione o tipo de visto e leia as instruções com cuidado.
  3. Selecione solicitar agora
  4. Preencha o formulário de solicitação.
  5. Pague com um cartão Visa, Mastercard ou outro cartão de débito.
  6. Aguarde a aprovação por e-mail, baixe e imprima o e-Visa da pela sua conta.
  7. Apresente seu e-Visa impresso ao oficial de imigração no porto de entrada.

Note que a maioria dos países oferecem a possibilidade de processar um visto de viagem sem uma taxa de serviço. A razão principal pela qual nós processamos milhares de vistos de viagem por mês é que nós economizamos seu tempo e frustração. Nosso serviço inclui um site e formulário de solicitação fáceis de usar. É muito mais fácil processar sua aplicação conosco, especialmente para usuários de dispositivos móveis e grandes grupos. Nós enviamos o visto dias antes da viagem para todos nossos clientes. Isso ajuda especialmente aqueles passageiros que compram o visto com meses de antecedência. Nós também possuímos um serviço de atendimento ao consumidor 24 horas com profissionais residentes nos Estados Unidos e que falam inglês. Nós aceitamos várias moedas e nosso site pode ser traduzido em mais de 20 idiomas. Nós acreditamos que nossa taxa vale seu tempo e a sanidade, mas lembre-se que todos governos possuem seu próprio serviço “grátis”.

Se você já realizou a solicitação no nosso site, por favor entre na sua conta e procure seu pedido/solicitação. Uma conta é gerada automaticamente após o pagamento ser recebido. Clique no link no seu e-mail de confirmação para definir uma senha ou visite a página de acesso para configurar sua senha e entrar na sua conta. Perceba que na maioria dos casos seu visto será entregue por e-mail e pode ser encontrado na sua conta após entrar nela.

Se sua solicitação para o visto não for aprovada pela agência do governo, nós garantimos um reembolso integral. Se, por qualquer razão, você não estiver satisfeito com nosso serviço, por favor entre em contato conosco via chat e nós forneceremos um reembolso da sua taxa de serviço. Se for cometido um erro na sua solicitação, nós processaremos seu visto novamente sem nenhum custo adicional. Por favor, saiba que os reembolsos são feitos no próprio cartão de crédito utilizado.

Se nós não processamos seu visto ainda, as alterações podem ser feitas sem problema. Nós também verificamos se existem erros nas suas informações. Se você já processou seu visto e nós enviamos sua solicitação para a agência apropriada do governo, vai depender se ela permitirá ou não a alteração. Por favor, entre em contato conosco imediatamente (de preferência através do chat) se perceber um erro na sua solicitação.

Alguns países podem exigir uma prova de vacinação contra febre amarela se estiver chegando de um país com risco dessa doença. Você pode ver mais informações aqui: https://wwwnc.cdc.gov/travel/destinations/list É de responsabilidade própria do passageiro verificar essas regulamentações antes de viajar para o país escolhido.

Para baixar sua fatura, entre na sua conta e baixe ela diretamente de lá.

Você pode imprimir novamente seu e-Visa na sua conta de e-mail. De maneira alternativa, é possível recuperar e reimprimir seu e-Visa na sua conta iVisa.

Sim. O sistema do iVisa não mantém a informação do seu cartão de crédito depois da transação ser processada.

Todos os vistos garantem permissão para o viajante chegar no porto de entrada do país. Se a sua entrada vai ser permitida ou não será a critério do oficial de imigração no ponto de entrada.

Se a sua solicitação ainda não foi submetida para processamento, você receberá um reembolso total. No entanto, se sua solicitação já foi enviada, nós não seremos capazes de fornecer um reembolso.

Quando o visto precisa ser enviado para você, os tempos de processamento não incluem o tempo de envio. Ele é o tempo de quando recebemos a solicitação até conseguir a aprovação. A maioria dos vistos (e-Visas) não enviados por e-mail após aprovados, então não existe tempo de envio.

Não, nós não somos afiliados a nenhuma agência governamental. Nós somos uma empresa privada especializada em processar vistos de viagem para viajantes ao redor do mundo.

Infelizmente, nós não somos capazes, uma vez que as agências governamentais não nos informam o(s) motivo(s) por trás da decisão.

Se seu visto não for aprovado, nós recomendamos que você entre em contato com a embaixada/consulado mais próximo para mais informações sobre suas opções.

Nós aceitamos Visa, Mastercard, American Express e PayPal.

Todos os cidadãos desses territórios solicitando através do nosso site terão sua solicitação processada com a nacionalidade/cidadania especificada em seu passaporte. Por exemplo, um viajante de Porto Rico irá ter seu pedido processado com nacionalidade americana. Isso não se aplicada a viajantes sob a categoria BOTC (cidadão britânico em territórios ultramarinos) de acordo com o Ato de Territórios Ultramarinos Britânico de 2002.

Need Help?