Tire o seu visto de trânsito para Uganda (eVisa) de forma eletrônica

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Trânsito do Visto Eletrônico

Em junho de 2016, a República de Uganda lançou o programa do e-Visa. Ele deve ser obtido antes de se entrar no país. Todos os visitantes que pretendem entrar na República de Uganda por um período inferior a 48 horas são elegíveis para solicitar o visto. Os solicitantes precisam possuir uma passagem confirmada da Uganda para um terceiro país ou outros planos aceitáveis para deixar a Uganda em até 48 horas da sua chegada.

Viajantes que usam o programa de e-Visa de trânsito solicitam e pagam uma taxa pela internet e recebem o seu visto eletrônico também por lá, antes de viajarem para Uganda. O e-Visa é um documento oficial que permite entrar e viajar por Uganda. Os solicitantes receberão sus vistos por e-mail depois de preencherem o formulário de solicitação com as informações necessárias e efetuarem o pagamento com o cartão de crédito.

Documentos necessários para o processo
  • Uma cópia do passaporte (página de identidade)

  • Uma fotografia recente no tamanho de passaporte

  • Certificado de vacinação (febre amarela)

  • Uma carta apontando o motivo do trânsito ou país de destino

  • Cartão de crédito/débito ou conta no Paypal.

Instruções importantes
  • O e-Visa ugandês de turista é válido por 2 dias após chegar no país.

  • O solicitante deve estar fora da República de Uganda no momento da solicitação.

  • O solicitante não pode possuir nenhum outro visto ugandês atual.

  • O passaporte do solicitante deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da entrada em Uganda.

  • Este visto não pode ser alterado para um visto de trabalho enquanto estiver dentro da República de Uganda.

  • É necessário que você imprima e carregue esta autorização de viagem contigo, pois ela pode ser requisitada no ponto de entrada.

  • O solicitante deve chegar com o mesmo passaporte com o qual fez a solicitação para o e-Visa de trânsito.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

Esse e-Visa é para viajantes transitando por Uganda por um período de tempo inferior a 48 horas. É necessário que os viajantes possuam uma reserva de Uganda para um terceiro país confirmada, ou outros planos aceitáveis para partir dentro de 48 horas da sua chegada.

Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar a sua solicitação:

  • Última página do passaporte (se aplicável)

  • Foto do aplicante

  • Digitalização das informações pessoais do passaporte

  • Vacinação contra Febre Amarela

  • Carta de apresentação

COMO TIRAR A FOTO PERFEITA PARA O SEU VISTO: Assista ao nosso vídeo

COMO TIRAR FOTOS PERFEITAS DOS DOCUMENTOS REQUERIDOS: Assista ao nosso vídeo

O e-Visa ugandês custa 51 dólares e 30 centavos. Além disso, existe uma taxa de serviço de 35 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 65 e 100 dólares, respectivamente.
Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:
  1. Processamento padrão: 4 dias úteis
  2. Processamento expresso: 2 dias úteis
  3. Processamento super expresso: 1 dia útil
O e-Visa ugandês de turista é válido por 2 dias após chegar em Uganda. É um visto que permite entrar no país uma única vez, com estadia máxima de 2 dias.
O passaporte do solicitante deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data de entrada em Uganda e possuir pelo menos uma página em branco.
O e-Visa de trânsito permite ficar em Uganda por, no máximo, 2 dias. Isso quer dizer que o tempo da sua escala/passagem não deve exceder 48 horas.
Se uma solicitação for rejeitada e os detalhes pessoais/circunstâncias não mudaram, uma nova solicitação também será rejeitada.
A aprovação final é feita e selecionada no ponto de entrada (no caso de um visto válido) ou no escritório de imigração. Lembre-se que se estiver fora da Uganda, é obrigatório que você apresente uma carta de aprovação de visto válida para entrar no país. Não é possível entrar no país com nenhuma outra permissão.
O e-Visa ugandês de trânsito permite que você entre no país uma única vez apenas.
Não é obrigatório, mas é recomendado. O código de barras presente na sua carta de aprovação será usado para acessar a sua solicitação no ponto de entrada. Logo, levar uma cópia impressa irá agilizar o processo final de aprovação.
O mundo é uma mistura de diferentes culturas, tradições, costumes e práticas. Não é preciso dizer que precisamos aprender mais sobre isso se desejamos fazer negócios em um país estrangeiro. Fazer alguma pesquisa é um sinal de respeito com a outra parte envolvida, mas também pode garantir o sucesso da sua viagem desde o princípio. Alguns hábitos podem ser considerados estranhos e alguns podem ser difíceis de entender, mas você precisa ler sobre a mentalidade de negócios daquele país antes de ir lá e fechar um negócio. Na Uganda não é diferente. Lá existe uma etiqueta própria de negócios como em qualquer outro país. Para que sua tentativa de negócios seja bem-sucedida, é preciso aprender como eles se comportam, o que pode ou não fazer e um pouco sobre a cultura local. Abaixo encontram-se as informações necessárias antes de iniciar um negócio com uma empresa ugandense. Você não terá problemas de comunicação, uma vez que o inglês é um idioma bem difundido no mundo dos negócios. O suaíli e o luganda também são falados, mas não é obrigatório aprender esses idiomas. No entanto, é recomendado saber alguns cumprimentos na língua oficial, como sinal de respeito. Além disso, a delegação ugandense irá apreciar o seu esforço. Empreses ugandeses valorizam conhecer você antes de começar os negócios. Elas precisam desenvolver uma relação forte antes de apresentarem confiança, então espere muitas perguntas sobre seu passado é família. Pode não ser assim que as coisas são feitas no seu país de origem, mas as pessoas na Uganda são calorosas e precisam conhecer com quem estão se relacionando. Responda as questões com paciência e com um sorriso no rosto, assim irá ganhar sua confiança rapidamente. Não espere que as coisas terminem rapidamente. Ugandenses precisam de um tempo antes de chegarem a uma conclusão. Eles irão discutir sua oferta amplamente, as vezes precisando de vários encontros. Novamente, mostre paciência e compreensão. Não tente apressar as coisas nem forçar nada, uma vez que pode ser visto como agressivo. Poderá perder a oportunidade simples assim. Quanto ao código de vestimenta, o encontro sempre se dará entre pessoas bem vestidas. Terno e gravata é necessário, embora um encontro menos formal possa ser feito com uma camisa de botão. No entanto, pareça sempre bem arrumado como sinal de disciplina. Por algum motivo, ugandenses gostam de disciplina e organização. A maneira que você se veste pode dizer muito a seu respeito. Mulheres nunca devem usar saias ou vestido muito apertados e, se for a uma área rural, deve cobrir os joelhos. Durante as negociações, o tratamento recebido será igual o dado. Se você provar ser um parceiro dedicado e se esforçar para obter um bom resultado, a delegação ugandense fará o mesmo. As discussões podem demorar a chegarem em uma decisão, uma vez que preferem chegar a um consenso. No entanto, contanto que faça a sua parte, um resultado positivo é esperado. Quanto ao cumprimento, um aperto de mão firme é mais do que suficiente, apesar de haverem regras quanto a apertar a mão de uma mulher. Se a mulher pertencer a delegação ugandense, nunca inicie o aperto de mãos. Você precisa esperar que ela estenda o braço. Se ela não o fizer, acene ou abaixe sua cabeça para cumprimentá-la. É preciso deixar claro que a viu e está cumprimentando. Nunca ignore ela, mesmo que ela não queira apertar sua mão. A pontualidade é um aspecto importante no mundo dos negócios ugandenses. Todos precisam chegar na hora, especialmente você. No entanto, membros mais importantes da delegação podem chegar mais tarde e isso não é visto como sinal de desrespeito, muito pelo contrário. Demonstra superioridade. Durante o negócio com a delegação ugandense, você pode ficar confuso sobre o que eles estão falando. As vezes eles usam provérbios ou ditos populares para se comunicarem. Não deixe isso te abalar e baseie seu entendimento em linguagem corporal e expressões faciais. Pode demorar um pouco para aprender a ler nas entrelinhas, mas você pega o jeito. O sarcasmo não é recebido muito bem na Uganda, apesar de piadas de tempos em tempos serem aceitáveis. Pessoas na Uganda não trocam cartão de negócios ao se apresentarem, mas você pode se quiser. Só garanta que um lado do seu cartão de crédito diga a mesma coisa que na língua oficial ugandense. É um sinal de respeito e a delegação apreciará o seu esforço. As reuniões geralmente não possuem um cronograma e você pode acabar falando sobre tópicos não planejados. As discussões podem ser imprevisíveis, por isso você deve estar preparado para todas as situações. Quando estiver falando com alguém da delegação, nunca se refira a pessoa pelo primeiro nome. Use títulos como senhor ou senhora e lembre-se que alguns nomes incluem um nome tribal tradicional e um nome cristão. Os nomes na Uganda são um pouco difíceis de pronunciar e lembrar, mas faça um esforço. É aceitável perguntar como se pronuncia o nome de alguém, mas depois que foi dito pela primeira vez, nunca pergunte novamente. A Uganda é um mercado aberto e muitas oportunidades podem surgir. Você deve se aproveitar disso e fazer uma visita a eles. Contanto que siga as regras simples acima, sua viagem será um sucesso.
Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela. Mais informações no link a seguir: https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf