Reino Unido: Informações sobre o visto

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Visto Eletrônico

Em breve, mais informações!
Documentos necessários para o processo
Instruções importantes

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

Quando pensamos no Reino Unido, automaticamente idealizamos um território com castelos exuberantes onde a realeza ainda predomina. É um local onde o antigo e o moderno se encontram. Grandes conquistas realizadas sobretudo por contos históricos do Rei Artur e a Távola redonda, ou até mesmo a história dos Três Mosqueteiros. Poderia citar aqui muitas outras histórias que fazem deste território um encanto.

Entre os passeios no Reino Unido, o destino escolhido resume-se muitas vezes à cidade de Londres, capital da Inglaterra, porém existem outros locais que são grande atração e podem ser inseridos na sua lista.

A cidade de Londres é sempre a escolhida por possuir o Museu Britânico, o Castelo de Buckingham e a admirável torre do Big Ben. E, se pensar na antiguidade, a alguns quilómetros de Londres temos Stonehenge, onde podemos perceber a passagem de povos antigos como os vikings, celtas, romanos e até de tribos teutónicas. No entanto, apesar de Londres possuir tantos pontos turísticos, não significa que você conhece a Inglaterra, certo? É porque existem muito mais pontos a serem visitados.

Mas o Reino Unido é composto por que países? Muitas pessoas acreditam ser apenas Inglaterra e Escócia, mas a Irlanda do Norte e País de Gales também se inserem nesta nação insular. Desta forma, iremos listar aqui algumas atrações destes quatro países para que você se possa interessar por algum e escolher o seu destino.

Inglaterra: já foram citados acima alguns locais que pode visitar e que são indispensáveis, como Stonehenge. Se você tem um espírito alternativo, este é o local ideal. Apesar de até aos dias atuais não se ter descoberto a verdadeira função destas pedras, muitos procuram a paz interior neste local, porque acreditam que pode ter sido um local de sacrifício, de oração. Está a cerca de 100 quilómetros de distância da cidade de Londres.

Outra atração de Inglaterra é a cidade de Liverpool. Não é apenas por ser a cidade dos Beatles, mas por possuir também um dos mais importantes portos mercantes do século XIX e um dos melhores museus da Grã-Bretanha: o Museu Slavery Merseyside. Há também as docas, que refletem a história da era vitoriana, na qual foi um local que movimentou a riqueza da Inglaterra. As docas da cidade estão listadas pela UNESCO como Património da Humanidade desde o ano de 2004. A cidade de Liverpool está distante da cidade de Londres, a aproximadamente 34 quilómetros.

E se você ama histórias românticas e dramáticas como a de William Shakespeare, vai amar conhecer a cidade onde ele nasceu. Stratford-upon-Avon é um local bem medieval e mostra um pouco de como vivia ele e a sua esposa. O poeta de grande referência literária na Inglaterra e no mundo pode ser lembrado não apenas nos livros mas pela Royal Shakespeare Company. Vale a pena conhecer! A 150 quilómetros de distância da cidade de Londres.

Continuando no período medieval, podemos citar aqui como local a ser visitado Oxford, a cidade universitária mais antiga do Reino Unido. Apreciar a sua arquitetura é uma das atividades que você pode fazer, além de transitar pelas estreitas ruas e conhecer o Museu Ashmolean, a Biblioteca Bodleian e o Christ Church. A cidade está a 100 quilómetros de distância da cidade de Londres.

Bath possui edifícios belíssimos, da era georgiana, na qual servia exclusivamente para banho inglês e palco para lançar modas no século XVIII. Com o seu jardim de cores variadas traz uma grande combinação com a arquitetura do edifício. Como se trata de um Património da Humanidade, considerado pela UNESCO, Bath tem sido um local de grande atração turística devido às áreas de banho de águas termais romanas e está a 185 quilómetros de distância da cidade de Londres.

Irlanda do Norte: existe outra atração de pedra na Irlanda do Norte. São as Giant’s Causeway. São os 40 mil blocos de basalto que cobrem o litoral da Irlanda do Norte e isso deixa muitos curiosos, porque percebe-se que não é uma formação da natureza, embora não tenha provas. Esta atração está a 1 hora e 20 minutos de avião até Belfast e de lá percorre uma distância com mais de 100 quilómetros.

Escócia: quando pensamos na Escócia, remetemo-nos aos uísques e às gaitas de foles e suas saias em xadrez, porém a Escócia tem muito mais a oferecer. Então, você pode visitar a Ilha de Skye, na Escócia. É um local diferente, porque o clima proporciona mudanças bruscas e uma luminosidade de deixar qualquer um de boca aberta. É uma ilha que possui chuvas e ventos de arrepiar, mas quando os raios de sol aparecem, toda a exibição feita pela natureza é de tirar o chapéu. A Ilha de Skye na Escócia fica a 970 quilómetros da cidade de Londres.

O Festival de Edimburgo é uma das atrações da Escócia. É considerado o maior festival cultural europeu, que engloba todos os gostos, que vai desde o teatro até à magia. Se você for durante o verão, poderá participar do festival! Distância: 630 quilómetros de Londres.

Saint Andrews é um local para quem é amante do golfe, pois esta cidade é o berço desta modalidade desportiva. A beleza natural facilita este desporto, que necessita de cuidados da relva que é tão bem cuidada pelos respingos do mar. Desta forma, visite Saint Andrews, que está a 750 quilómetros da cidade de Londres.

País de Gales: muitas pessoas confundem o País de Gales com a Inglaterra por possuir castelos e histórias semelhantes, e a grande atração que você pode conhecer neste local é o Castelo de Caernarfon. Este castelo está à sombra do Parque Nacional de Snowdonia, que é listado em conjunto como Património da Humanidade pela UNESCO. O castelo construído pelo rei Eduardo I e o nome dado ao local como País de Gales deve-se ao seu filho, o rei Eduardo II. Está a 450 quilómetros de distância da cidade de Londres.

Diante de tanta beleza e atração a ser visitada, você não pode mais afirmar que as atrações do Reino Unido se resumem a Inglaterra. A Escócia, a Irlanda e País de Gales oferecem diversos pontos a serem visitados. É somente escolher e conhecer os lugares exóticos provocados pela ação da natureza e do homem e aproveitar porque para visitar os países do Reino Unido não é necessário possuir o visto de turista.