Tire agora seu e-Visa para o leste russo (Vladivostok) online

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: Far East (Vladivostok) eVisa

Em 2017, a Rússia começou a emitir e-Visas para cidadãos de 18 países, para visitar o leste russo. O e-Visa russo é parte de uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento para aprimorar o turismo e o desenvolvimento do leste russo. Ele é válido para as regiões do extremo leste russo de Primorye, Khabarovsk, Sakhalin, Chukotka e Kamchatka. Este e-Visa permite que os viajantes entrem na Rússia através dos pontos de travessia da fronteira localizados no porto livre dos territórios de Vladvostock, Kamchatka ou Sakhalin. O e-Visa para o leste russo é gratuito, mas nós cobramos uma taxa de serviço pelo processamento.

Cidadãos dos seguintes países são elegíveis para solicitar um e-Visa russo: Argélia, Bahrein, Brunei, China, Índia, Irã, Japão, Kuwait, México, Marrocos, Coreia do Norte, Omã, Catar, Arábia Saudita, Cingapura, Tunísia, Turquia, Emirados Árabes Unidos.

Documentos necessários para o processo
  • Last Page of Passport (se aplicável)

  • Applicant Photo

Instruções importantes
  • O passaporte dos viajantes deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data de solicitação e possuir pelo menos uma página disponível para o carimbo do e-Visa.

  • O e-Visa ao chegar só está disponíveis para viajantes cujo ponto de entrada na Rússia é cruzando a fronteira da Federação Russa através do porto livre do território de Vladvostock, Kamchatka ou Sakhalin. *o e-Visa é um visto de entrada única e é válido por 30 dias após a emissão.

  • É permitida uma estadia na Federação Russa de até 8 days Per Entry, começando a valer a partir da data de entrada, dentro do seu período de validade.

  • A validade do e-Visa e/ou a permissão de estadia que ele fornece não podem ser estendidos.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O e-Visa do leste russo é um visto eletrônico de viagem que permite que cidadãos de 18 países viagem pela região do leste russo por um período de 8 dias. O visto eletrônico é válido por trinta dias a partir da data de entrada e permite que o titular entre através dos pontos de travessia de fronteira localizados nos territórios de Vladivostok, Petropavlovsk-Kamchatsky, Blagoveschensk, Khabarovsk, Yuzhno-Sakhalinsk, Anadyr, Trans-Baikal e Buriácia:

  • Pontos de verificação aéreos "Vladivostok (aeroporto de Knevichy)", "Petropavlovsk-Kamchatsky (aeroporto de Yelizovo)", "Blagoveschensk", "Khabarovsk (aeroporto de Novy)", "Yuzhno-Sakhalinsk (aeroporto de Khomutovo)", "Anadyr (aeroporto de Ugolny)" , "Ulan-Ude (aeroporto de Mukhino)", "Chita (aeroporto de Kadala);

  • Pontos de verificação marítimos "Vladivostok", "Zarubino", "Petropavlovsk-Kamchatsky", "Korsakov", "Posiet";

  • Pontos de verificação ferroviários "Pogranichny", "Khasan", "Makhalino";

  • Pontos de verificação rodoviários "Poltavka", "Turiy Rog".

Não é necessário visitar uma embaixada ou consulado para obter a autorização de viagem antes de entrar no território.

Os seguintes documentos são necessários para enviar sua solicitação:

  • Last Page of Passport (se aplicável)

  • Applicant Photo

O e-Visa para o leste russo é gratuito. Além disso, existe uma taxa de serviço de EUR 22.32 o processamento padrão. Para o processamento expresso e super expresso, a taxa de serviço é de EUR 35.71 e EUR 44.64, respectivamente.

Depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções:

  • Processamento padrão: 9 dias

  • Processamento expresso: 7 dias

  • Processamento super expresso: 5 dias

O e-Visa para o leste russo é válido por 30 dias após a emissão e não é estendível.
Todos os viajantes precisam possuir um passaporte válido por pelo menos 6 meses a partir da data de solicitação. Se a validade do seu passaporte for menor do que 6 meses, você terá que renová-lo ou solicitar um novo passaporte antes de solicitar um e-Visa. Além disso, ele deve ter pelo menos uma página em branco para o carimbo de travessia da fronteira.

As nacionalidades elegíveis para o e-Visa do leste russo estão listadas a seguir:

Argélia, Bahrein, Brunei, Índia, Irã, Catar, República Popular da China, República Popular Democrática da Coreia, Kuwait, Marrocos, México, Emirados Árabes Unidos, Omã, Arábia Saudita, Cingapura, Tunísia, Turquia, Japão.

Você pode ficar até 8 days Per Entry. Se você planeja ficar mais tempo, é aconselhável tirar um visto de papel. Para isso, você precisa de apresentar uma carta convite, que nós podemos fornecer.
Não. Este tipo de e-Visa não requer convites, confirmação de reserva de hotel e qualquer outro documento que confirme o propósito da sua viagem para a Federação Russa.

Com esse tipo de visto, os viajantes podem ficar por no máximo 8 days Per Entry começando a contar no dia de chegada na Federação Russa.

OBSERVAÇÃO: A validade do e-Visa e/ou da estadia permitida por ele não pode ser estendida.

ATENÇÃO! O período de estadia permitido na Federação Russa de até 8 days Per Entry com um e-Visa não implica que alguém pode ficar pelo total de 192 horas (24 horas multiplicado por 8). O período de estadia na Federação Russa começa à meia noite do dia que passar pelo controle de passaporte e entrar no país, independente da hora que isso ocorrer.

Todos os viajantes devem apresentar seus documentos de viagem: passaporte e e-Visa (versão impressa do PDF emitido pelo governo). Além disso, é obrigatório possuir plano de saúde no momento da sua chegada.
Não. Você pode fazer a visita com um visto tradicional sem as restrições de um e-Visa.

O e-Visa para o leste russo só está disponível para viajantes que entram no país através dos pontos de travessia da Federação Russa localizados nos portos livres no território de Vladvostok.

Para viajantes indo para outros aeroportos, é aconselhável tirar um visto de papel. Para isso, você precisa de apresentar uma carta convite, que nós podemos fornecer.

O e-Visa para o leste russo permite viajar pelos seguintes motivos:

  • Negócios

  • Turismo

  • Assuntos esportivos

  • Relações culturais

  • Relações Técnico-científicas

O e-Visa permite que o titular entre através dos pontos de travessia de fronteira localizados nos territórios de Vladivostok, Petropavlovsk-Kamchatsky, Blagoveschensk, Khabarovsk, Yuzhno-Sakhalinsk, Anadyr, Trans-Baikal e Buriácia:

  • Pontos de verificação aéreos "Vladivostok (aeroporto de Knevichy)", "Petropavlovsk-Kamchatsky (aeroporto de Yelizovo)", "Blagoveschensk", "Khabarovsk (aeroporto de Novy)", "Yuzhno-Sakhalinsk (aeroporto de Khomutovo)", "Anadyr (aeroporto de Ugolny)" , "Ulan-Ude (aeroporto de Mukhino)", "Chita (aeroporto de Kadala);

  • Pontos de verificação marítimos "Vladivostok", "Zarubino", "Petropavlovsk-Kamchatsky", "Korsakov", "Posiet";

  • Pontos de verificação ferroviários "Pogranichny", "Khasan", "Makhalino";

  • Pontos de verificação rodoviários "Poltavka", "Turiy Rog".

Você preencher o formulário de solicitação para um e-Visa no site com no mínimo 4 e no máximo 21 dias de antecedência da data de entrada na Federação Russa pretendida.
Não. Um visto tradicional não pode ser renovado tirando e-Visa.

Se o viajante partir de um país com riscos de transmissão de febre amarela, será necessário apresentar um cartão de vacina contra a febre amarela.

Mais informações no link a seguir:

https://www.who.int/ith/ITH_Annex_I.pdf

O leste russo é chamado de beirada do mundo e, dada sua localização, é fácil perceber o motivo. Vladvostok é uma cidade é Primorsky Krai, na Rússia, e é a ponta leste para a ferrovia Trans-sibéria. Além disso, existem várias coisas para ver se quiser passar alguns dias lá. Não espere muitas coisas para fazer, pois a cidade está passando por algumas mudanças no momento. Existe muitas coisas sendo construídas, mas isso é apenas um sinal de desenvolvimento. Mesmo assim, vai ser uma viagem muito agradável.

A primeira coisa que você precisa fazer é providenciar um visto. Se planeja viajar apenas para o leste, então você não precisa de um visto para toda a Rússia. Um visto eletrônico para o leste russo está disponível, mas apenas para cidadãos de 18 países. o iVisa pode ajudar com o processo de solicitação online e você pode conseguir seu documento de viagem em atém 5 dias úteis. Para descobrir se você é elegível ou não pra o e-Visa, use nossa ferramenta de verificação de visto. Ela dirá o que você precisa saber em questão de segundos. Tudo que você precisa fazer é colocar o seu país de origem e escolher a Rússia como destino. Se você for, de fato, elegível, será redirecionado para a página de solicitação. Caso contrário, é fornecido o contato da embaixada russa na sua região.

A língua oficial do leste russo é, obviamente, o russo. Não existem muitos vilarejos na região, então você provavelmente vai ouvir só o russo. O inglês não é muito difundido, então o melhor é você aprender algumas frases em russo antes de viajar. Isso também vai ajudar você a se locomover mais fácil e interagir melhor com a população local.

A melhor época para visitar Vladvostok é entre agosto e outubro. Nos meses de inverno, a temperatura vai cair consideravelmente e você precisará levar bastante roupa. No entanto, o clima fica mais confortável no período sugerido acima. A temperatura não cai abaixo dos 5 graus e, contanto que esteja vestido apropriadamente, você não terá maiores problemas. Porém, é recomendado que você leve e vista sapatos confortáveis. A maioria das atrações de Vladivostok dá para se chegar a pé e a única maneira de ver tudo é fazendo uma longa caminhada. Logo, sapatos confortáveis vão deixar sua vida mais fácil.

Se decidir ir para Vladvostok em outubro, precisará de roupa de baixo térmica e botas quentes. Uma jaqueta a prova d'água também é necessário pois o clima pode ficar bem úmido. No verão, você tem a opção de ir nadar, então não se esqueça da sua roupa de banho.

Dizem que as melhores coisas na vida são de graça, e Vladivostok é um bom exemplo disso. As melhores coisas lá são as paisagens, que não vão custar nada para serem vistas. Você pode explorar a Ilha Rusky, apesar de que talvez seja necessário pegar um táxi para chegar lá. O motorista fica no lado direito do carro, então, a não ser que você esteja acostumado, evite alugar um carro.

Existe um belo farol na Península de Egersheld, mas você só pode visitar se o clima permitir. Se o vento estiver muito forte, você pode ser jogado para fora da ponte. Sem falar que o pequeno pedaço de terra que conecta a ilha à terra pode ficar completamente submerso. Com a natureza, não é bom arriscar, ou você vai acabar perdendo.

Deixando de lado as maravilhas naturais, existem vários museus e memoriais para visitar em Vladivostok. Se você gosta de história, serão ótimos lugares para se ver. Faça uma excursão pois o guia pode falar inglês. Caso contrário, você não vai entender muita coisa. O jardim botânico e a cidade em si são belos, perfeitos para um dia ao ar livre.

Se o clima permitir, você pode se banhar no mar. Agora, não espera que a água seja quente como nas regiões tropicais. Na verdade, ela pode ser bem gelada. Mesmo assim, a experiência é única e as paisagens são belas. Não se esqueça de falar um oi para a estátua da sereia que está meia submersa na água. Se viajar para Vladivostok no inverno, você verá as pessoas andando no gelo grosso, não precisa ficar surpreso. Se estiver no clima, experimente também. Pode ser excitante.

As população de Vladivostok geralmente é bem acolhedora. São gentis e hospitaleiros. O que você deve experimentar ao chegar lá são os macarrões. A região engloba várias culinárias que geram um sabor delicioso. A comida de rua também é muito boa. Você pode experimentar o 'pynase', que é um tipo de pão recheado com repolho e carne e depois é cozido no vapor. Sua origem é coreana, mas ficou tão popular que é encontrado até em Moscou. Você também consegue encontrar restaurantes chiques por lá, onde poderá saborear frutos do mar e beber vinhos caros.

Quanto à segurança, você não tem muitos motivos para se preocupar. Você encontrará mendigos nas ruas, portas de hotéis e restaurantes, incluindo crianças. Você precisa tomar cuidado com eles pois possuem mãos leves e podem acabar levando seu celular ou carteira. Evite ficar muito perto e preste atenção nos seus bolsos. Além disso, se precisar caminhar até o hotel durante a noite, evite fazer isso sozinho. Existem alguns locais escuros na cidade que você deve evitar. Fora isso, você ficará seguro.

Vladivostok pode não ser um destino de viagem padrão, mas, se você der uma chance, vai acabar se surpreendendo. de uma maneira agradável. As pessoas são hospitaleiras, a comida é gostosa e as paisagens são bonitas. Então, se estiver de passagem, passeie por Vladivostok durante alguns dias. Você vai gostar.