Tem uma reunião de negócios na Índia? Obtenha o seu visto para Índia online (eVisa de negócios)

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: eVisa de Negócios

Em novembro de 2014, o governo da índia iniciou o uso de vistos pela internet para turistas (e-Visa) para 43 países. Isso foi feito para incentivar as viagens para a Índia, uma vez que os viajantes não precisavam mais visitar a embaixada para conseguirem um visto. Em 2015, a Índia lançou o programa para os maiores países mundiais. Em abril de 2017, o programa de e-Visa foi reformulado, introduzindo-se uma subcategoria especial para viagens de negócio.

No momento, viajantes de mais de 160 países podem solicitar o e-Visa de negócios. Eles solicitam, pagam uma taxa pela internet e recebem o seu visto eletrônico antes de viajarem para a Índia. O processo realmente simplificou as coisas para os empresários ocupados que agora podem evitar enviar seus passaportes para as embaixadas.

O e-Visa é um documento oficial que permite a entrada e a viagem dentro da Índia. Solicitantes receberão seus vistos de negócios por e-mail, depois de preencher o formulário de solicitação com a informação necessária e assim que o pagamento pelo cartão de crédito for completado.


Lembrete: Todos os vistos existentes, emitidos por moradores de quaisquer países, estão suspensos até 15 de abril de 2010, como medida de prevenção do governo da Índia para lidar com o COVID-19.

Documentos necessários para o processo
  • Foto do aplicante

  • Digitalização das informações pessoais do passaporte

  • Última página do passaporte (se aplicável)

  • Carta convite

  • Business Card

Instruções importantes
  • O e-Visa indiano de negócios permite entrar 2 (duas) vezes na Índia (visto de entrada dupla).
  • Apesar do e-Visa indiano de negócios ser um visto de entrada dupla, é importante perceber que essas duas entradas devem ser usadas em um ano do mesmo calendário, entre janeiro e dezembro.
  • Os viajantes conseguem APENAS tirar 2 e-Visas por calendário.
  • O e-Visa indiano de negócios é válido por 120 dias após a emissão. Você pode entrar na Índia em qualquer data dentro deste período. Caso você faça a solicitação fora desse período de 120 dias, o iVisa fornece um serviço especial que garante que a sua solicitação seja processada na data correta. Isso permite que os viajantes façam a solicitação a qualquer momento.
  • Se irá ficar no aeroporto, na área de trânsito, você não precisa de um visto.
  • O titular do visto não pode ficar no país por mais de 60 dias corridos.
  • O solicitante deve carregar uma cópia do visto indiano contigo durante a viagem.
  • O e-Visa indiano de negócios é válido para entrar através de 26 aeroportos específicos (ou seja, Ahmedabad, Amritsar, Bagdogra, Bengaluru, Calicut, Chennai, Chandigarh, Cochin, Coimbatore, Delhi, Gaya, Goa, Guwahati, Hyderabad, Jaipur, Kolkata, Lucknow, Madurai, Mangalore, Mumbai, Nagpur, Pune, Tiruchirapalli, Trivandrum, Varanasi e Vishakhapatnam) e 5 portos marítimos específicos(ou seja, Cochin, Goa, Mangalore, Mumbai e Chennai). No entanto, os viajantes podem deixar a Índia de qualquer um dos Postos de Checagem de Imigração (iCPs) autorizados.
  • O e-Visa indiano não é estendível.
  • O seu passaporte deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data que chegar na Índia e ter duas páginas em branco.
  • Cidadãos de países afetados pela febre amarela devem possuir um cartão de vacinação contra febre amarela quando chegarem na Índia, caso contrário ficarão de quarentena por 6 dias. Veja os países afetados pela febre amarela aqui
  • Solicitantes devem chegar utilizando o mesmo passaporte com o qual solicitaram o e-Visa indiano de negócios.

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O e-Visa indiano de negócios é um documento oficial que fornece autorização para viagens de negócios para e dentro da Índia.

Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar sua solicitação:

  • Foto do aplicante

  • Digitalização das informações pessoais do passaporte

  • Última página do passaporte (se aplicável)

  • Carta convite

  • Business Card

COMO TIRAR A FOTO PERFEITA PARA O SEU VISTO: Assista ao nosso vídeo

COMO TIRAR FOTOS PERFEITAS DOS DOCUMENTOS REQUERIDOS: Assista ao nosso vídeo

O custo do e-Visa indiano de negócios pode ser de US$27, US$51,50 ou US$102,50, dependendo da sua nacionalidade. Você pode usar nosso verificador de visto no topo da página para determinar o custo para sua nacionalidade específica. Além disso, existe uma taxa de serviço de 45 dólares para o processamento padrão. Para os processamentos expresso e super expresso, a taxa de serviço é de 75 e 110 dólares, respectivamente.
Isso depende do método de processamento que você escolher. Nós oferecemos três opções: 1.Processamento padrão: 4 dias úteis. 2.Processamento expresso: 3 dias úteis. 3.Processamento super expresso: 2 dias úteis

O e-Visa de negócios é válido por 120 dias após a emissão. Isso quer dizer que você deve entrar na Índia dentro deste período.

IMPORTANTE: O governo da Índia permite uma estadia máxima de 60 dias após a data de chegada no país. Tenha em mente que se quiser entrar uma segunda vez no país, terá que ser dentro destes 60 dias.

Seu passaporte deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data de chegada na Índia e pelo menos duas páginas em branco.
O e-Visa indiano de negócios é válido para entrar através de 26 aeroportos específicos (ou seja, Ahmedabad, Amritsar, Bagdogra, Bengaluru, Calicut, Chennai, Chandigarh, Cochin, Coimbatore, Delhi, Gaya, Goa, Guwahati, Hyderabad, Jaipur, Kolkata, Lucknow, Madurai, Mangalore, Mumbai, Nagpur, Pune, Tiruchirapalli, Trivandrum, Varanasi e Vishakhapatnam) e 5 portos marítimos específicos(ou seja, Cochin, Goa, Mangalore, Mumbai e Chennai). No entanto, os viajantes podem deixar a Índia de qualquer um dos Postos de Checagem de Imigração (iCPs) autorizados.
Depois de aprovado, nós enviaremos o seu e-Visa por e-mail, o qual você deve apresentar ao entrar na Índia.
O período de validade do seu de e-Visa se inicia na data que você especificou no seu documento de e-Visa de negócios. Você pode entrar na Índia em qualquer data dentro do período de validade.
Depende. A Índia pedirá por comprovantes de vacinação contra a febre amarela se você vier de um país com riscos de febre amarela. É possível ver mais informações aqui
Depois que receber o seu e-Visa de negócios aprovado, você deve imprimir pelo menos uma cópia do documento e apresenta-lo para as autoridades de fronteira ao chegar na Índia, juntamente com o mesmo passaporte utilizando para fazer a solicitação pela internet. É recomendado que você mantenha uma cópia do e-Visa contigo a todo o momento durante a sua estadia.
O e-Visa indiano de negócios permite que você entre no país 2 vezes dentro do período de validade, que é de 120 dias a partir da emissão.
Não, a duração da estadia não pode ser estendida. No entanto, uma vez eu o e-Visa permite duas entradas, você pode sair e retornar imediatamente para ficar por mais 60 dias (ou até o e-Visa vencer, o que for menor).
Você está limitado as seguintes atividades comerciais:
  • Criação de um empreendimento industrial/de negócios
  • Venda/compra/comércio
  • Comparecer à reuniões técnicas/de negócios
  • Recrutar mão de obra
  • Participar de exposições, feiras de negócios/comércio
  • Especialista em conexão com um projeto em andamento
  • Realização de passeios
Assim como o e-Visa de turista, a Índia requer que você faça a solicitação dentro de 120 dias da data pretendida de chegada. No entanto, você pode solicitar conosco a qualquer momento, uma vez que nós colocamos seu pedido na fila até que esteja na época certa para processar a sua solicitação.
Ao fazer negócios em um país estrangeiro, uma das primeiras coisas que você deve fazer é pesquisar sobre a etiqueta relacionada aos negócios no país escolhido. É apenas senso comum, especialmente se você mudar de continente. Os países próximos podem ter uma cultura parecida com a sua, embora não seja sempre o caso, mas países distantes geralmente têm uma cultura totalmente diferente, que precisa ser respeitada. A primeira lição é sempre saber como não ofender ninguém durante uma transação comercial. A cultura da Índia é diferente da maioria dos outros países do mundo. Antes de tentar uma conexão com alguma empresa de lá, você deve aprender a etiqueta dos negociantes indianos. Algumas coisas podem parecer estranhas, enquanto outras soarão lógicas, por estarem enraizadas na cultura do país. Como ninguém nasce com esse tipo de informação, o propósito desse artigo é lhe oferecer o básico. A primeira coisa que você precisa saber é a mentalidade de negócios na Índia. Há sempre um chefe. Na índia, o chefe não faz nada que não possa ser feito por outra pessoa em um nível corporativo inferior. Não tem a ver com ser rude ou irresponsável, mas com status. É o sinal de que alguém pode descansar agora porque trabalhou muito duro para conseguir sua posição. Isso não deve ser confundido com a responsabilidade de um líder. O trabalho começa geralmente às dez da manhã, bem mais tarde do que em vários países. No entanto, algumas empresas estão tentando mudar, isso, começando às sete da manhã para evitar o congestionamento. Há dois tipos de negócios na Índia. O primeiro, mais moderno, é parecido com o que se pratica em todos os lugares do mundo. Nesse caso, há investidores e todas as coisas com as quais você já está acostumado. O segundo tipo é o negócio familiar. Depende de com quem você está tratando. Em ambas as situações, as decisões são tomadas pelo cargo mais alto da organização. Isso é útil porque pode poupá-lo do esforço de negociar com um funcionário sem poder de decisão. No que diz respeito a saudação, você deve saber que a hierarquia na Índia é muito importante. Quando você entrar em uma sala de conferências ou encontrar empresários para o almoço, deve cumprimentar primeiro a pessoa com o cargo mais alto. Você também deve começar com a pessoa mais velha. Este é um grande sinal de respeito. Ao mesmo tempo, os indianos valorizam muito os títulos. Se a pessoa que você está falando tem um título, você deve sempre usá-lo. Por exemplo, se a pessoa que você está abordando é um médico ou um professor, sempre use seu título quando estiver falando dela ou com ela. Se não houver um título a ser usado, o correto é Senhor ou Senhora. Para conduzir negócios com indianos, você também deve dominar a arte da conversação. Não precisa ser um grande conversador, mas é importante saber o que dizer e o que não dizer. Os indianos adoram falar de coisas triviais como críquete, filmes e política. Eles também gostam de falar sobre a reforma recente. Pesquise esses assuntos ou não terá ideia de como responder. A coisa mais importante é falar com eles sobre a sua cultura, porque indianos são muito orgulhosos dela. Além disso, conhecer a história deles contará pontos preciosos. Os indianos falam inglês e hindu. Comunicação, portanto, não deve ser um problema. No entanto, um assunto que não costuma ser bem-vindo é a religião. Indianos são muito tolerantes, mas não gostam de discutir religião. Eles não costumam usar palavras negativas, como NÃO. É por isso que você pode acabar ouvindo um “talvez” que significa não. Porém, sua linguagem corporal é muito expressiva. Você pode se ficar nela para fazer esse tipo de distinção. Se alguém diz sim, mas sua cabeça fica no meio termo entre acenar positiva e negativamente, pode ser um não. Fique atento para obter respostas mais claras. Se você quiser agendar uma reunião, você deve fazê-lo com um mês de antecedência. Sim, é muito, mas é assim que as coisas funcionam. Enquanto os indianos adorem pontualidade, eles provavelmente vão se atrasar para a sua reunião. Não encare como um mau sinal, pois é uma prática comum. Use terno se for homem. Mulheres devem usar terninhos com uma saia que cubra os joelhos. Como a Índia é um país quente, você pode manter a camisa de manga comprida e não usar o paletó. É costume oferecer presentes na Índia, mesmo em ambientes de negócios, mas a pessoa que recebe o presente nunca irá abri-lo até que o hóspede tenha saído. No entanto, você nunca deve dar a um indiano um presente feito de couro. Em sua maioria, eles são um povo vegetariano e acharão isso ofensivo. Além disso, você sabe qual animal é o seu animal sagrado, certo? Ao almoçar, mesmo que você for canhoto, deve comer com a mão direita. Os indianos acreditam que a mão esquerda é impura. Os pés também são considerados impuros, então você nunca deve apontá-los para outra pessoa. A cabeça, no entanto, é considerada o lar da alma, o ponto mais próximo do céu. Nunca toque na cabeça de um indiano, nem mesmo de uma criança. Como você pode ver, indianos podem não ter os hábitos de negócios mais comuns, mas não é difícil saber como se virar. Em países estrangeiros, você deve sempre seguir as regras locais. É melhor para todo mundo, inclusive para o seu negócio. Suas chances de sucesso são maiores. Além disso, convenhamos, não há nada nessa lista que você não possa aprender e respeitar.