Tem uma reunião de negócios na Índia? Obtenha o seu visto para Índia online (eVisa de negócios)

 
   
 
 
 
     
 

Saiba mais: eVisa de Negócios

Última atualização em junho de 2022

A Índia é um país gigante, multifacetado e deslumbrante. Tem muito a oferecer para seus visitantes, desde resorts luxuosos no litoral até templos escondidos nas montanhas e cidades vibrantes, onde você encontrará um pouco de tudo. A Índia também é uma das principais economias em crescimento em todo o mundo e um dos destinos favoritos dos empresários que procuram muitas oportunidades de investimento.

Caso esteja pensando na Índia como seu próximo destino de negócios, então você precisará solicitar um India Business e-Visa online. Nesse artigo, você encontrará todas as informações relevantes a respeito desse visto de negócios e como solicitá-lo no iVisa.com. Continue lendo para saber mais sobre a lista de verificação dos requisitos necessários, detalhes sobre a política de vistos e preços e tempos de processamento para obter esse visto eletrônico conosco.

Você também precisará de um Formulário de autodeclaração para entrar na Índia, você pode comprar este formulário como um complemento ao solicitar seu eVisa de negócios da Índia.

O que é o e-Visa de negócios da Índia?

O e-Visa de negócios da Índia é um documento oficial que permite a entrada e viagens na Índia para fins comerciais. Ao contrário de um visto em papel carimbado em seu passaporte, esse documento é vinculado eletronicamente a ele.

Após preencher o pedido de visto, os portadores de passaporte recebem seu visto eletrônico por e-mail. Eles o imprimem em casa ou no escritório e o apresentam às autoridades locais na chegada à Índia. Tenha em mente que o India Business Visa não é um visto de trabalho e não pode ser utilizado para procurar trabalho ou emprego no país. Permite que seu titular participe de atividades comerciais enquanto estiver no país.

Se você precisar de um visto de trabalho, entre em contato com o consulado ou embaixada indiana mais próxima para processá-lo.

Quem pode solicitar o E-Business Visa?

Viajantes de negócios de mais de 160 países em todo o mundo podem solicitar um visto de negócios para a Índia, desde que sejam:

  • Participação em reuniões e eventos de negócios.
  • Reuniões com (potenciais) fornecedores, clientes e outros parceiros de negócios.
  • Entrega, instalação ou manutenção de produtos.
  • Dar conselhos, implementação ou entrega de outros serviços de negócios.
  • Recrutamento de pessoal.

O visto de negócios indiano é válido para entrada em 28 aeroportos designados: * Ahmedabad, Amritsar, Bagdogra, Bengaluru, Bhubaneswar, Calicut, Chennai, Chandigarh, Cochin, Coimbatore, Delhi, Gaya, Goa, Guwahati, Hyderabad, Jaipur, Calcutá, Lucknow, Madurai, Mangalore, Mumbai, Nagpur, Port Blair, Pune, Tiruchirapalli, Trivandrum, Varanasi e Visakhapatnam).

E, 5 portos marítimos designados:

  • Cochin, Goa, New Mangalore, Mumbai, Chennai). No entanto, os viajantes podem sair através de qualquer um dos Postos de Verificação de Imigração (ICPs) autorizados na Índia.

Para verificar se você é elegível para um visto de negócios, utilize o verificador de vistos em nossa página inicial.

Por quanto tempo o Visto de Negócios da Índia é válido?

O e-Visa indiano de negócios é um visto de múltiplas entradas e é válido para o1 ano após a emissão. Você pode usá-lo para ficar na Índia por um máximo de 180 dias no total. Isso pode ser em uma estadia longa, duas viagens de 90 dias ou em um número ilimitado de viagens mais curtas, dependendo do visto que você obtiver.

Você deve levar uma cópia impressa do E-Business Visa com você no momento da viagem.

Esse visto de negócios indiano é não extensível. Se você deseja prolongar sua estadia no país, precisará entrar em contato com as autoridades locais de emigração para processar os documentos corretos para poder permanecer no país. Lembre-se de que eles exigirão motivos para sua estadia e comprovação financeira de que você pode pagar uma estadia prolongada na Índia.

De quais documentos preciso para solicitar o Visto de Negócios da Índia?

Para solicitar um visto de negócios indiano, você vai precisar dos seguintes documentos e informações:

  • Uma foto colorida tamanho passaporte - Caso não tenha uma foto recente, pode utilizar nosso serviço de foto de passaporte e obter uma em pouco tempo.
  • Um passaporte válido que não expire por pelo menos 6 meses após a data prevista de chegada à Índia. O passaporte deve ter pelo menos 2 páginas em branco para carimbar.
  • Uma cópia do seu cartão de visita em formato PDF. Deve incluir as informações da sua empresa, sobretudo o número de telefone corporativo, pois você será contatado pela embaixada.
  • Uma carta-convite detalhada da empresa/empresa anfitriã estabelecida na Índia ou da Índia, informando o objetivo da viagem. A carta deve incluir suas informações de contato e seu logotipo.
  • Você também precisará fornecer um endereço de e-mail utilizado com frequência, para onde enviaremos atualizações sobre seu documento de viagem e seu visto de e-business assim que estiver pronto.

Ao chegar, um funcionário do governo indiano pode pedir que você apresente um certificado de boa saúde e comprovação de recursos financeiros suficientes para manter sua estadia na Índia.

Como faço para solicitar o visto de negócios da Índia online?

Para obter o visto de negócios da Índia, você precisará preencher um formulário de solicitação de visto, onde você inserirá informações a respeito de seu trabalho , empregador e motivo da sua viagem. Solicitaremos que você verifique outra vez se todas as informações inseridas estão corretas, antes de poder pagar a taxa do visto. Em seguida, você precisará fazer o upload de todos os seus documentos de suporte. Certifique-se de que estão legíveis. As digitalizações borradas ou borradas estão entre os motivos mais comuns para a negação de visto.

Assim que recebermos sua inscrição, um de nossos agentes a verificará com o devido cuidado, com seus documentos comprobatórios, e garantirá que não tenha inconsistências. Caso ocorra algum tipo de problema, entraremos em contato com você através de um e-mail antes de processar sua solicitação.

Quando seu visto de negócios for aprovado, você o receberá por e-mail. O visto de negócios é vinculado eletronicamente ao seu passaporte e aparecerá no sistema assim que você chegar à Índia. No entanto, sempre recomendamos imprimi-lo antes de sua viagem e levar uma cópia impressa com você o tempo todo durante sua estadia.

Quais são os custos e o tempo de processamento do Visto de Negócios da Índia?

O preço do seu visto de negócios vai depender da rapidez com que você deseja recebê-lo.

  • Processamento padrão - Você receberá seu visto de negócios em 5 dias e custa EUR 159.33
  • Rush Processing - Essa opção é um pouco mais rápida. Você receberá seu visto de negócios em 3 dias para EUR 189.68
  • Processamento Super Rush - Essa é a nossa opção mais rápida. Você receberá seu visto de negócios em 2 dias para EUR 225.08

A taxa do governo para o visto de negócios é EUR 103.69 e todos os nossos preços incluem as taxas de visto do governo indiano.

Viajando com menores

Caso esteja visitando a Índia com menores de idade, vai precisar de um visto válido adequado para eles. Recomendamos que você utilize nossa ferramenta de verificação de visto para ver qual é o visto indiano correto para eles, dependendo de sua nacionalidade. Geralmente, eles estarão qualificados para obter um Visa eletrônico de turista e você também pode obtê-lo através de nosso site. Você precisará preencher um formulário de inscrição em nome deles e receberá o visto para a Índia por e-mail assim que for aprovado.

Preciso de um visto de negócios para a Índia se estiver em trânsito pela Índia?

Na maioria dos casos, você não precisará de um e-Visa indiano se estiver apenas em trânsito pelo país. Mas ainda recomendamos que você confirme seus requisitos de visto com nossa ferramenta de verificação de vistos.

Uma amostra de como será o visto de e-business:

Texto Alt

Requisitos COVID-19

Todos os viajantes que chegam precisarão fazer um teste PCR obrigatório dentro de 72 horas antes da viagem. 2% das chegadas serão testadas de maneira aleatória no aeroporto. Também é obrigatório que todos os viajantes façam um seguro de saúde antes da viagem. Crianças menores de 5 anos e viajantes com comprovante de vacinação reconhecido estão isentos.

Os certificados de vacinação não são obrigatórios, mas recomendados, pois ajudarão você a ignorar o requisito de PCR. Confira nossas perguntas frequentes abaixo para ver uma lista das provas reconhecidas de vacinação na Índia e para obter as informações mais atualizadas a respeito das restrições do COVID.

Os viajantes serão considerados totalmente vacinados se tiverem decorrido 15 dias desde a conclusão de um calendário de vacinação COVID-19.

Não há requisitos de quarentena na Índia.

Formulário de Declaração de Saúde

Todos os viajantes que chegam precisam preencher o formulário India Self Declaration, um documento de viagem de triagem implementado pelo governo indiano para mitigar o impacto do coronavírus. Esse documento não substitui um visto ou qualquer outra autorização de viagem.

Você pode adicionar a Autodeclaração ao seu pedido de visto de e-business. Para se inscrever, você vai precisar de uma digitalização do seu passaporte válido e um resultado negativo do teste PCR COVID-19 antes da partida ou prova médica da vacinação COVID-19.

Kit de autoteste COVID-19 da eMed

O kit de autoteste COVID-19 da eMed é perfeito para os viajantes que estão fazendo uma partida de ida e volta dos EUA. Não tem necessidade de perder seu tempo na Índia procurando um laboratório para realizar o teste antes de sua viagem de volta. Encomende seu kit de autoteste COVID-19 da eMed e coloque-o em sua bolsa. Inclui 6 testes rápidos de antígeno que atendem aos requisitos de entrada das principais companhias aéreas dos EUA.

O kit será entregue em seu endereço residencial para facilitar o teste, em qualquer lugar, a qualquer hora. O Guia Certificado ajudará você a obter resultados em 15 minutos no aplicativo NAVICA.

Aplicando com iVisa.com

Sabemos que preencher um formulário de solicitação de visto pode ser complicado e frustrante. Queremos evitar todos esses problemas e tornar o processo de solicitação de visto o mais tranquilo possível.

Nós temos uma equipe de especialistas em viagens prontos para ajudá-lo com qualquer dúvida que você possa ter a respeito de seu e-Visa indiano e data centers de última geração para manter suas informações seguras o tempo todo.

Onde posso saber mais?

Caso tenha mais dúvidas a respeito do visto de negócios eletrônico, utilize o ""bate-papo"" em nosso site para entrar em contato com nossa excelente equipe de suporte ao cliente. Eles estão disponíveis 24 horas, 7 dias por semana, para responder às suas perguntas a respeito do visto de negócios. Você pode até entrar em contato com eles para obter assistência imediata enquanto preenche seu formulário de solicitação de visto.

Documentos necessários para o processo
  • Foto do aplicante

  • Digitalização das informações pessoais do passaporte

  • Última página do passaporte (se aplicável)

  • Carta convite

Instruções importantes
  • O e-Visa indiano de negócios permite entrar 2 (duas) vezes na Índia (visto de entrada dupla).
  • Apesar do e-Visa indiano de negócios ser um visto de entrada dupla, é importante perceber que essas duas entradas devem ser usadas em um ano do mesmo calendário, entre janeiro e dezembro.
  • Os viajantes conseguem APENAS tirar 2 e-Visas por calendário.
  • O e-Visa indiano de negócios é válido por 120 dias após a emissão. Você pode entrar na Índia em qualquer data dentro deste período. Caso você faça a solicitação fora desse período de 120 dias, o iVisa fornece um serviço especial que garante que a sua solicitação seja processada na data correta. Isso permite que os viajantes façam a solicitação a qualquer momento.
  • Se irá ficar no aeroporto, na área de trânsito, você não precisa de um visto.
  • O titular do visto não pode ficar no país por mais de 60 dias corridos.
  • O solicitante deve carregar uma cópia do visto indiano contigo durante a viagem.
  • O e-Visa indiano de negócios é válido para entrar através de 26 aeroportos específicos (ou seja, Ahmedabad, Amritsar, Bagdogra, Bengaluru, Calicut, Chennai, Chandigarh, Cochin, Coimbatore, Delhi, Gaya, Goa, Guwahati, Hyderabad, Jaipur, Kolkata, Lucknow, Madurai, Mangalore, Mumbai, Nagpur, Pune, Tiruchirapalli, Trivandrum, Varanasi e Vishakhapatnam) e 5 portos marítimos específicos(ou seja, Cochin, Goa, Mangalore, Mumbai e Chennai). No entanto, os viajantes podem deixar a Índia de qualquer um dos Postos de Checagem de Imigração (iCPs) autorizados.
  • O e-Visa indiano não é estendível.
  • O seu passaporte deve ser válido por pelo menos 6 meses a partir da data que chegar na Índia e ter duas páginas em branco.
  • Cidadãos de países afetados pela febre amarela devem possuir um cartão de vacinação contra febre amarela quando chegarem na Índia, caso contrário ficarão de quarentena por 6 dias. Veja os países afetados pela febre amarela aqui
  • Solicitantes devem chegar utilizando o mesmo passaporte com o qual solicitaram o e-Visa indiano de negócios.

Esta página foi útil?

Depoimentos
Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

  • Não é obrigatório estar totalmente vacinado para viajar para a Índia, mas é altamente recomendado para viagens internacionais. Se você tiver um certificado de vacinação reconhecido, está isento dos requisitos de teste.
  • Certificados de vacina da Albânia, Andorra, Angola, Antígua e Barbuda, Argentina, Armênia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bangladesh, Bahrein, Bielorrússia, Bélgica, Butão, Brasil, Brunei, Botsuana, Bulgária, Canadá, Camboja, Chade, Chile, Colômbia, Dominica, Costa Rica, Croácia, Cuba, Chipre, Dinamarca, Equador, Egito, El Salvador, Estônia, Eswatini, Finlândia, Gabão, Geórgia, Alemanha, Granada, Guatemala, Guiana, Honduras, Hong Kong, Hungria, Islândia, Indonésia , Irã, Iraque, Irlanda, Israel, Cazaquistão, Quênia, Kuwait, Quirguistão, Laos, Letônia, Líbano, Libéria, Liechtenstein, Lituânia, Malásia, Maldivas, Mali, Maurício, México, Moldávia, Mongólia, Marrocos, Moçambique, Mianmar, Namíbia , Nauru, Nepal, Nova Zelândia, Holanda, Nicarágua, Nigéria, Macedônia do Norte, Noruega, Omã, Paraguai, Panamá, Peru, Polônia, Portugal, Filipinas, Catar, Fiji, República da Coreia, Romênia, Ruanda, São Cristóvão e Nevis , San Marino, Arábia Saudita, Sérvia, Seychelles, Serra Leoa, Cingapura, Eslováquia, Eslovênia, S dor, Sri Lanka, Palestina, Suriname, Suécia, Suíça, Síria, Tailândia, Reino Unido, Trinidad e Tobago, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Uganda, Ucrânia, Estados Unidos da América, Uruguai, Venezuela, Vietnã, Zimbábue são aceitos.
  • Os viajantes serão considerados totalmente vacinados se tiverem decorrido 15 dias desde a conclusão de um calendário de vacinação COVID-19.

Como as informações podem mudar rapidamente, recomendamos que você acompanhe as últimas atualizações de viagens da Índia e/ou entre em contato com a embaixada local.

  • Teste COVID-19 antes da chegada: PCR dentro de 72 horas.
  • Teste COVID-19 na chegada: 2% das chegadas serão testadas na chegada ao aeroporto.
  • Isenções do teste COVID-19: Crianças menores de 5 anos e viajantes com comprovante de vacinação reconhecido estão isentos.

Nós necessitamos dos seguintes itens para enviar sua solicitação:

  • Foto do aplicante

  • Digitalização das informações pessoais do passaporte

  • Última página do passaporte (se aplicável)

  • Carta convite

COMO TIRAR A FOTO PERFEITA PARA O SEU VISTO: Assista ao nosso vídeo

COMO TIRAR FOTOS PERFEITAS DOS DOCUMENTOS REQUERIDOS: Assista ao nosso vídeo

O período de validade do seu de e-Visa se inicia na data que você especificou no seu documento de e-Visa de negócios. Você pode entrar na Índia em qualquer data dentro do período de validade.
Depende. A Índia pedirá por comprovantes de vacinação contra a febre amarela se você vier de um país com riscos de febre amarela. É possível ver mais informações aqui
Depois que receber o seu e-Visa de negócios aprovado, você deve imprimir pelo menos uma cópia do documento e apresenta-lo para as autoridades de fronteira ao chegar na Índia, juntamente com o mesmo passaporte utilizando para fazer a solicitação pela internet. É recomendado que você mantenha uma cópia do e-Visa contigo a todo o momento durante a sua estadia.
Não, a duração da estadia não pode ser estendida. No entanto, uma vez eu o e-Visa permite duas entradas, você pode sair e retornar imediatamente para ficar por mais 60 dias (ou até o e-Visa vencer, o que for menor).
Você está limitado as seguintes atividades comerciais:
  • Criação de um empreendimento industrial/de negócios
  • Venda/compra/comércio
  • Comparecer à reuniões técnicas/de negócios
  • Recrutar mão de obra
  • Participar de exposições, feiras de negócios/comércio
  • Especialista em conexão com um projeto em andamento
  • Realização de passeios
Assim como o e-Visa de turista, a Índia requer que você faça a solicitação dentro de 120 dias da data pretendida de chegada. No entanto, você pode solicitar conosco a qualquer momento, uma vez que nós colocamos seu pedido na fila até que esteja na época certa para processar a sua solicitação.
Ao fazer negócios em um país estrangeiro, uma das primeiras coisas que você deve fazer é pesquisar sobre a etiqueta relacionada aos negócios no país escolhido. É apenas senso comum, especialmente se você mudar de continente. Os países próximos podem ter uma cultura parecida com a sua, embora não seja sempre o caso, mas países distantes geralmente têm uma cultura totalmente diferente, que precisa ser respeitada. A primeira lição é sempre saber como não ofender ninguém durante uma transação comercial. A cultura da Índia é diferente da maioria dos outros países do mundo. Antes de tentar uma conexão com alguma empresa de lá, você deve aprender a etiqueta dos negociantes indianos. Algumas coisas podem parecer estranhas, enquanto outras soarão lógicas, por estarem enraizadas na cultura do país. Como ninguém nasce com esse tipo de informação, o propósito desse artigo é lhe oferecer o básico. A primeira coisa que você precisa saber é a mentalidade de negócios na Índia. Há sempre um chefe. Na índia, o chefe não faz nada que não possa ser feito por outra pessoa em um nível corporativo inferior. Não tem a ver com ser rude ou irresponsável, mas com status. É o sinal de que alguém pode descansar agora porque trabalhou muito duro para conseguir sua posição. Isso não deve ser confundido com a responsabilidade de um líder. O trabalho começa geralmente às dez da manhã, bem mais tarde do que em vários países. No entanto, algumas empresas estão tentando mudar, isso, começando às sete da manhã para evitar o congestionamento. Há dois tipos de negócios na Índia. O primeiro, mais moderno, é parecido com o que se pratica em todos os lugares do mundo. Nesse caso, há investidores e todas as coisas com as quais você já está acostumado. O segundo tipo é o negócio familiar. Depende de com quem você está tratando. Em ambas as situações, as decisões são tomadas pelo cargo mais alto da organização. Isso é útil porque pode poupá-lo do esforço de negociar com um funcionário sem poder de decisão. No que diz respeito a saudação, você deve saber que a hierarquia na Índia é muito importante. Quando você entrar em uma sala de conferências ou encontrar empresários para o almoço, deve cumprimentar primeiro a pessoa com o cargo mais alto. Você também deve começar com a pessoa mais velha. Este é um grande sinal de respeito. Ao mesmo tempo, os indianos valorizam muito os títulos. Se a pessoa que você está falando tem um título, você deve sempre usá-lo. Por exemplo, se a pessoa que você está abordando é um médico ou um professor, sempre use seu título quando estiver falando dela ou com ela. Se não houver um título a ser usado, o correto é Senhor ou Senhora. Para conduzir negócios com indianos, você também deve dominar a arte da conversação. Não precisa ser um grande conversador, mas é importante saber o que dizer e o que não dizer. Os indianos adoram falar de coisas triviais como críquete, filmes e política. Eles também gostam de falar sobre a reforma recente. Pesquise esses assuntos ou não terá ideia de como responder. A coisa mais importante é falar com eles sobre a sua cultura, porque indianos são muito orgulhosos dela. Além disso, conhecer a história deles contará pontos preciosos. Os indianos falam inglês e hindu. Comunicação, portanto, não deve ser um problema. No entanto, um assunto que não costuma ser bem-vindo é a religião. Indianos são muito tolerantes, mas não gostam de discutir religião. Eles não costumam usar palavras negativas, como NÃO. É por isso que você pode acabar ouvindo um “talvez” que significa não. Porém, sua linguagem corporal é muito expressiva. Você pode se ficar nela para fazer esse tipo de distinção. Se alguém diz sim, mas sua cabeça fica no meio termo entre acenar positiva e negativamente, pode ser um não. Fique atento para obter respostas mais claras. Se você quiser agendar uma reunião, você deve fazê-lo com um mês de antecedência. Sim, é muito, mas é assim que as coisas funcionam. Enquanto os indianos adorem pontualidade, eles provavelmente vão se atrasar para a sua reunião. Não encare como um mau sinal, pois é uma prática comum. Use terno se for homem. Mulheres devem usar terninhos com uma saia que cubra os joelhos. Como a Índia é um país quente, você pode manter a camisa de manga comprida e não usar o paletó. É costume oferecer presentes na Índia, mesmo em ambientes de negócios, mas a pessoa que recebe o presente nunca irá abri-lo até que o hóspede tenha saído. No entanto, você nunca deve dar a um indiano um presente feito de couro. Em sua maioria, eles são um povo vegetariano e acharão isso ofensivo. Além disso, você sabe qual animal é o seu animal sagrado, certo? Ao almoçar, mesmo que você for canhoto, deve comer com a mão direita. Os indianos acreditam que a mão esquerda é impura. Os pés também são considerados impuros, então você nunca deve apontá-los para outra pessoa. A cabeça, no entanto, é considerada o lar da alma, o ponto mais próximo do céu. Nunca toque na cabeça de um indiano, nem mesmo de uma criança. Como você pode ver, indianos podem não ter os hábitos de negócios mais comuns, mas não é difícil saber como se virar. Em países estrangeiros, você deve sempre seguir as regras locais. É melhor para todo mundo, inclusive para o seu negócio. Suas chances de sucesso são maiores. Além disso, convenhamos, não há nada nessa lista que você não possa aprender e respeitar.