Japão: Informações sobre o visto

Fazer requerimento
Não é necessário Visto de Turista

Não é necessário Visto de Turista

Hoje é seu dia de sorte! Você NÃO precisa de um visto de turista para entrar nesse país. Se você precisar de informações sobre um visto de estudante ou de trabalho, favor entrar em contato com a embaixada mais próxima. Boas Viagens!

Saiba mais: Olympics eVisa

Em breve, mais informações!

Use a nossa ferramenta Calculadora de Vistos

Calcular o custo do visto antes de solicitar

Depoimentos

Nossos clientes tem ótimas histórias sobre nós

Perguntas Frequentes

O Japão é um país insular localizado no leste asiático, em pleno oceano pacífico e é um dos países mais visitados do mundo. Somente nos primeiros 6 meses de 2018, estima-se que o país tenha recebido cerca de 15 milhões de turistas. Este país, que é composto por inúmeras ilhas, possui atrações imperdíveis de norte a sul, tanto falando em aspectos naturais, quanto culturais. As suas cidades misturam aspectos tradicionais com modernidade na sua arquitetura, o que deixa os visitantes fascinados. Um dos aspectos mais interessantes sobre o Japão é sua história fascinante, pois ele possui uma cultura milenar, e se alternou ao longo da sua história entre períodos de abertura para o ocidente e períodos em que se fechou para outras culturas. Acredita-se que a presença humana neste arquipélago date de 35.000 a.C, tendo se unificado pela primeira vez no século VI. Por volta do ano 500 o budismo começou a ser introduzido no país, se difundindo definitivamente a partir do ano 700. Durante a Era feudal, no século XVI, alguns missionários portugueses chegaram ao Japão pela primeira vez, com o objetivo de fazer trocas comerciais e culturais. Durante este período, a evangelização do país foi colocada em prática pelos portugueses, e em 1582 chegaram a existir cerca de 150 mil cristãos e 200 igrejas no país. No entanto, quando Tokugawa Ieyasu assumiu o comando do país, ele expulsou os portugueses e proibiu o cristianismo, forçando os cristãos a se converterem. Depois disso, o país ficou isolado por cerca de 250 anos, e em 1854 se abriu ao comércio estrangeiro novamente através da assinatura do Tratado de Kanagawa. Após isso, o Japão participou da Primeira e da Segunda Guerra Mundial, da qual saiu derrotado, com a perda de milhares de vidas e sua indústria e infraestrutura destruídas. No entanto, depois de passar por décadas de recuperação econômica, o país se tornou novamente uma potência mundial e seus índices de segurança, saúde e educação fazem inveja a qualquer país ocidental atualmente. Muitas vezes o Japão é difícil de entender para pessoas do hemisfério ocidental, já que a cultura asiática é muito diferente em diversos aspectos, e o choque cultural costuma ser grande. Um dos hábitos que os turistas estranham é que os japoneses costumam fazer barulho com a boca ao comer para mostrar que a comida está gostosa. Além disso, muitos viajantes estranham que não se deve dar gorjetas pelos serviços prestados, pois isso é uma ofensa para eles. A capital do país é Tóquio, que é uma das cidades mais movimentadas e populosas do mundo com cerca de 37 milhões de habitantes. Além disso, ela figurou na lista das 10 cidades mais visitadas do mundo em 2016 no Índice Global de Cidades Destinos (Global Destination Cities Index). Seus templos e palácios, além dos inúmeros parques e excelente culinária, são alguns dos pontos fortes dessa cidade asiática, além de ser um dos locais mais seguros do mundo, já que seus índices de criminalidade são muito baixos. Por ser essa incrível cidade, ela foi eleita para sediar os jogos olímpicos de 2020, e fará isso pela segunda vez, pois já foi sede desses jogos em 1964. O Japão está preparando uma grande festa para receber os atletas e visitantes que irão lotar o país durante a época desse evento, e a expectativa é que a economia da região seja impulsionada por conta disso. Por isso os visitantes podem conseguir um visto olímpico para o Japão, que é um visto eletrônico que será implementado visando facilitar as visitas ao país a partir de 2020. A previsão é de que ele entre em funcionamento a partir de abril de 2020, por isso, se você planeja conhecer o país durante a época dos jogos olímpicos, terá que se preocupar menos com a burocracia. Vamos falar um pouco melhor sobre os lugares para se conhecer no país. Um dos locais que foi recentemente votado como um dos melhores para se visitar no Japão é a cidade de Ishigaki, que é considerada um verdadeiro paraíso escondido. Suas praias têm águas esverdeadas e são ideais para a prática de snorkeling e mergulho. Além disso, os rios da cidade também são ideais para a prática de caiaque. Por isso o Japão também é um ótimo destino para quem deseja estar em meio à natureza. Outro local incrível para se conhecer no Japão é o monte Fuji que a montanha mais alta do país. Ele é um vulcão ativo cuja última erupção foi no ano de 1707. Esse local também é muito famoso entre os montanhistas e a temporada de escalada fica aberta entre julho e agosto. Outro ponto turístico famoso no Japão é Hiroshima, uma cidade que foi destruída por uma bomba atômica durante a segunda guerra mundial e que possui um museu muito interessante, o Peace Memorial Museum, que conta um pouco mais sobre a sua história e sobre as pessoas que sofreram as consequências desse ataque. Além disso Hiroshima possui também o santuário de Itsukushima, que é considerado um patrimônio mundial pela Unesco desde 1996. O local em que esse santuário foi construído é belíssimo pois ele fica situado sobre a água. Uma das festas tradicionais que valem a pena ser celebradas no Japão se você tiver a oportunidade é o Ano Novo, que é uma das maiores celebrações deles. Durante esse feriado o país fecha entre os dias 30 de dezembro e 3 de janeiro e os japoneses reúnem-se em família, comem comidas típicas e se dirigem até o templo mais próximo à meia noite para passar a virada do ano. As festas são bem diferentes das ocidentais, pois normalmente as pessoas não soltam fogos de artifício e não costumam abusar de bebidas alcoólicas. No entanto, o evento mais aguardado do momento são os Jogos Olímpicos de 2020, pois a expectativa é de que seja uma grande festa. Se você deseja conseguir o seu Visto Olímpico para o Japão para presenciar esse grande espetáculo, entre em contato com a iVisa e consiga o seu visto online sem qualquer complicação.

Um e-Visa é um documento oficial que permite e entrada e a viagem dentro de certo país. O e-Visa é uma alternativa aos vistos emitidos nos portos de entrada ou as visitas a uma embaixada/consulado para obter um visto de papel tradicional. e-Visas são vinculados eletronicamente ao passaporte do viajante.

Nosso serviço começa com informação. Você pode usar nossa ferramenta de requerimento de visto atualizada para pesquisar se precisa de um visto. Simplesmente basta informar de onde você é e para onde está indo. Baseado nessa informação, nós diremos quanto custa o visto, o número de entradas que ele permite, a data de início e daremos um curso de ação, como solicitar direto no nosso site!

O melhor lugar de descobrir essa informação é na nossa ferramenta de requerimento de visto. Cada país possui regras de entrada e taxas de visto diferentes. Se está com pressa, também pode solicitar pela internet e o formulário fornecerá essa informação.

Isso depende do país que está emitindo o visto. Para muitos países, como a ETA australiana e o e-Visa turco, o processo pode ser feito em 15 min através do nosso serviço super expresso. Para outros países, como o visto de turista indiano, o processo normalmente leva 24 horas. O tempo exato pode ser visto no formulário de solicitação. O que nós garantimos é que sua aplicação com o iVisa será a mais rápida de todas possíveis.

O documento deve ser impresso em uma folha branca de papel A4. Impressões em dupla face ou reduzidas não serão aceitas.

Nós ajudamos a conseguir seu visto de viagem da maneira mais simples e rápida possível. Através do formulário pela internet fácil de usar e um serviço mundial de atendimento ao consumidor 24 horas, nós fazemos todo o processo do visto ser rápido e simples! Nós também usamos as melhores práticas na hora de proteger os seus dados e seu cartão de crédito.

O iVisa oferece dois tipos de visto: vistos eletrônicos (e-Visas) e vistos tradicionais de papel, dependendo do seu destino. Além disso, nós também oferecemos os seguintes serviços/documentos que são exigidos por certos países: ETA (autorização eletrônica de viagem), cartões turísticos, formulário de pré-registro/aprovação do Visto ao Chegar, cartas convite de turismo e serviço de registro de embaixadas.

  1. Selecione o país para o qual você está pedindo o visto
  2. Selecione o tipo de visto e leia as instruções com cuidado.
  3. Selecione solicitar agora
  4. Preencha o formulário de solicitação.
  5. Pague com um cartão Visa, Mastercard ou outro cartão de débito.
  6. Aguarde a aprovação por e-mail, baixe e imprima o e-Visa da pela sua conta.
  7. Apresente seu e-Visa impresso ao oficial de imigração no porto de entrada.

Note que a maioria dos países oferecem a possibilidade de processar um visto de viagem sem uma taxa de serviço. A razão principal pela qual nós processamos milhares de vistos de viagem por mês é que nós economizamos seu tempo e frustração. Nosso serviço inclui um site e formulário de solicitação fáceis de usar. É muito mais fácil processar sua aplicação conosco, especialmente para usuários de dispositivos móveis e grandes grupos. Nós enviamos o visto dias antes da viagem para todos nossos clientes. Isso ajuda especialmente aqueles passageiros que compram o visto com meses de antecedência. Nós também possuímos um serviço de atendimento ao consumidor 24 horas com profissionais residentes nos Estados Unidos e que falam inglês. Nós aceitamos várias moedas e nosso site pode ser traduzido em mais de 20 idiomas. Nós acreditamos que nossa taxa vale seu tempo e a sanidade, mas lembre-se que todos governos possuem seu próprio serviço “grátis”.

Se você já realizou a solicitação no nosso site, por favor entre na sua conta e procure seu pedido/solicitação. Uma conta é gerada automaticamente após o pagamento ser recebido. Clique no link no seu e-mail de confirmação para definir uma senha ou visite a página de acesso para configurar sua senha e entrar na sua conta. Perceba que na maioria dos casos seu visto será entregue por e-mail e pode ser encontrado na sua conta após entrar nela.

Se sua solicitação para o visto não for aprovada pela agência do governo, nós garantimos um reembolso integral. Se, por qualquer razão, você não estiver satisfeito com nosso serviço, por favor entre em contato conosco via chat e nós forneceremos um reembolso da sua taxa de serviço. Se for cometido um erro na sua solicitação, nós processaremos seu visto novamente sem nenhum custo adicional.

Se nós não processamos seu visto ainda, as alterações podem ser feitas sem problema. Nós também verificamos se existem erros nas suas informações. Se você já processou seu visto e nós enviamos sua solicitação para a agência apropriada do governo, vai depender se ela permitirá ou não a alteração. Por favor, entre em contato conosco imediatamente (de preferência através do chat) se perceber um erro na sua solicitação.

Alguns países podem exigir uma prova de vacinação contra febre amarela se estiver chegando de um país com risco dessa doença. Você pode ver mais informações aqui: https://wwwnc.cdc.gov/travel/destinations/list É de responsabilidade própria do passageiro verificar essas regulamentações antes de viajar para o país escolhido.

Para baixar sua fatura, entre na sua conta e baixe ela diretamente de lá.

Você pode imprimir novamente seu e-Visa na sua conta de e-mail. De maneira alternativa, é possível recuperar e reimprimir seu e-Visa na sua conta iVisa.

Sim. O sistema do iVisa não mantém a informação do seu cartão de crédito depois da transação ser processada.

Todos os vistos garantem permissão para o viajante chegar no porto de entrada do país. Se a sua entrada vai ser permitida ou não será a critério do oficial de imigração no ponto de entrada.

Nossa política de reembolso é a seguinte:

  • Se a sua solicitação não foi avaliada pela nossa equipe ou enviada para a aprovação do governo, você receberá um reembolso total dos custos do visto e de serviço.

  • Se a sua solicitação foi avaliada pela nossa equipe mas ainda não foi enviada para a aprovação do governo, você receberá um reembolso total apenas dos custos do visto.

  • Se a sua solicitação foi avaliada pela nossa equipe e enviada para a aprovação do governo, não haverá reembolso.

Quando o visto precisa ser enviado para você, os tempos de processamento não incluem o tempo de envio. Ele é o tempo de quando recebemos a solicitação até conseguir a aprovação. A maioria dos vistos (e-Visas) não enviados por e-mail após aprovados, então não existe tempo de envio.

Não, nós não somos afiliados a nenhuma agência governamental. Nós somos uma empresa privada especializada em processar vistos de viagem para viajantes ao redor do mundo.

Infelizmente, nós não somos capazes, uma vez que as agências governamentais não nos informam o(s) motivo(s) por trás da decisão.

Se seu visto não for aprovado, nós recomendamos que você entre em contato com a embaixada/consulado mais próximo para mais informações sobre suas opções.

Nós aceitamos Visa, Mastercard, American Express e PayPal.

Todos os cidadãos desses territórios solicitando através do nosso site terão sua solicitação processada com a nacionalidade/cidadania especificada em seu passaporte. Por exemplo, um viajante de Porto Rico irá ter seu pedido processado com nacionalidade americana. Isso não se aplicada a viajantes sob a categoria BOTC (cidadão britânico em territórios ultramarinos) de acordo com o Ato de Territórios Ultramarinos Britânico de 2002.

Need Help?