logo logo
pt | $ USD
Guia de viagem da Zâmbia: Tudo o que precisa de saber para visitar a Zâmbia em 2023
 
   
 
 
 
     
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Welcome to Zâmbia

A Zâmbia é um dos destinos de sonho para os turistas, oferecendo as melhores experiências de safari do mundo, uma vez que a incrível concentração de vida selvagem e as deslumbrantes Cataratas Vitória tornam a viagem única e certamente inesquecível.

Nos últimos anos, a Zâmbia tornou-se um destino turístico muito procurado, um must-see se gosta de safaris a pé. Para o preparar para uma nova aventura, oferecemos-lhe o guia de viagem definitivo da Zâmbia com todas as dicas práticas e inspiração de que necessita.

Lista de verificação de documentos para a Zâmbia

  • Visto (se aplicável)

  • Declaração de saúde

  • Passaporte válido

  • Fundos suficientes

  • Bilhete de avião de regresso

Informações essenciais para viajar para a Zâmbia

  • Moeda - Kwacha zambiano (ZK). 1 dólar equivale a cerca de 18 ZK.

  • Orçamento diário para 1 pessoa - Por dia, prepare-se para gastar ZK 907 ($50).

  • Línguas - O inglês é a língua oficial da Zâmbia, utilizada nos negócios e na educação. No entanto, as principais línguas locais são o Nyanja e o Bemba.

  • Tipo de tomada - Para a Zâmbia, existem três tipos de tomadas associadas, C, D e G. O país funciona com uma tensão de alimentação de 230V e 50Hz.

  • Fuso horário - Hora da África Central (CAT), UTC +2.

  • As 3 principais cidades a visitar - Lusaka, Livingstone e Ndola.

  • Os 3 principais marcos/monumentos - Parque Nacional de South Luangwa, Cataratas Vitória e Parque Nacional de Kafue.

Informações sobre vistos para a Zâmbia

Consoante a sua nacionalidade, poderá ter de solicitar um visto para visitar a Zâmbia. Utilize a nossa prática ferramenta Visa Checker Tool para verificar se necessita de um visto para visitar o país e faça o pedido diretamente.

Explicação do KAZA UniVisa da Zâmbia

O projeto-piloto Zambia KAZA UniVisa foi concebido em colaboração com o Banco Mundial para facilitar as viagens dos turistas estrangeiros entre a Zâmbia e o Zimbabué.

O KAZA UniVisa é um documento de viagem especial que permite a entrada na Zâmbia e no Zimbabué quantas vezes quiser no prazo de 30 dias (Entrada múltipla), bem como uma única entrada no Botsuana para uma viagem de um dia através da fronteira de Kazungula. Para ter direito a este visto, deve visitar a Zâmbia como primeiro país da sua lista.

Explicação do visto eletrónico para turistas da Zâmbia

O visto eletrónico Zambian Tourist e- é um documento oficial que permite a entrada de cidadãos elegíveis na Zâmbia para fins turísticos, para o qual é necessário apresentar um pedido prévio. Existem 3 tipos de vistos electrónicos para a Zâmbia: o visto de entrada simples-, o visto de entrada dupla-e o visto de entrada múltipla-.

Custos típicos e orçamento para a Zâmbia

Os custos a ter em conta no planeamento do orçamento para a sua viagem à Zâmbia são os seguintes

Despesa diária por pessoa - Permitir um orçamento diário de ZK 907 ($50).

  • Refeições - Em média, gastará ZK 217 ($12) em refeições por dia na Zâmbia.

  • Transporte - Dependendo do tipo de transporte que utilizar, o transporte local custará entre 54 ZK e 180 ZK ($3 - $10).

  • Hotel - O alojamento para uma pessoa num hotel económico custa, em média, 450 ZK (26 dólares) por noite.

Em geral, dependendo das suas necessidades, poderá gastar até 10.000 ZK (700 dólares) para uma estadia confortável de uma semana na Zâmbia para duas pessoas. No entanto, a escolha de opções económicas pode ajudar a gastar menos do que isso.

Transportes e formas de viajar pela Zâmbia

Existem várias formas de explorar a Zâmbia. No entanto, seria útil lembrar-se de que as estradas não estão bem conservadas, por isso escolha a que melhor se adapta às suas necessidades e aos seus padrões.

  • Miniautocarro - Os miniautocarros locais têm rotas específicas e são uma forma muito económica de viajar. Antes de entrar num destes veículos, confirme o destino com o motorista ou assistente.

  • Autocarro - Os autocarros partem de Lusaca da estação de autocarros interurbanos para cidades como Kapiri, Livingstone e Ndola, bem como para países vizinhos como o Zimbabué, o Botswana, o Malawi e a Tanzânia. É possível reservar com antecedência no sítio Web ou comprar os bilhetes na estação rodoviária.

  • Comboio - O comboio Tazara (Tanzânia-Zambia Railway) é uma opção para viajar do centro da Zâmbia para o norte da Zâmbia e para Dar es Salaam, na Tanzânia, se quiser viajar para ambos os países. Há bilhetes económicos disponíveis a partir de ZK 430 ($24). É aconselhável reservar a sua viagem com um mês de antecedência para evitar desilusões.

  • Voos domésticos - Se quiser poupar tempo, pode viajar por voo doméstico para vários destinos, uma vez que as pistas de aterragem para voos de microleve estão espalhadas por todo o país.

Lusaka, Ndola, Mfuwe e Livingstone têm aeroportos importantes, com várias companhias aéreas a voar diariamente para cada um deles. São também frequentes os voos charter para pistas de aterragem como Royal e Jeki, no Parque Nacional de Luangwa Sul.

Se viajar na época alta, certifique-se de que reserva o seu voo com antecedência para obter preços mais baixos.

  • Táxis privados - Estes são os táxis que operam legalmente e caracterizam-se por terem o sinal "táxi" no topo do carro. É possível encontrá-los nos principais centros comerciais, como Manda Hill, East Park e no aeroporto de Lusaka, entre outros locais.

É essencial saber que antes de fazer uma viagem de táxi, é necessário negociar o preço com o motorista para saber quanto custará a viagem e não ser surpreendido pelo preço.

  • Aluguer de automóveis privados - Esta é a melhor opção para explorar locais remotos. Existem várias agências de aluguer de automóveis no país, e algumas delas podem pedir-lhe uma carta de condução internacional. Se optar por esta opção, tente ter toda a documentação necessária.

Também é possível alugar um motorista, mas o custo será um pouco mais elevado. No entanto, o aluguer de um carro pode ser perigoso, uma vez que as estradas não estão bem conservadas, pelo que é necessária experiência.

Segurança na Zâmbia

A Zâmbia é geralmente um país seguro para viajar como turista. No entanto, deve estar sempre alerta e tomar as precauções necessárias para evitar roubos e carteiristas.

Seguem-se algumas recomendações para viajar na Zâmbia:

  • As mulheres podem viajar sozinhas em segurança, mas é aconselhável evitar sair à noite.

  • Adquira um seguro de viagem para o caso de emergências. Pode ter acesso a cuidados médicos mais facilmente.

  • Beba apenas água de garrafas fechadas. Não é recomendável beber água da torneira.

  • Guardar apenas dinheiro para o dia no bolso e viajar com pequenas quantias de dinheiro.

Clima na Zâmbia

A melhor altura para viajar na Zâmbia é durante a estação fresca e seca, entre junho e novembro, quando os dias são quentes e as noites frias. As temperaturas podem variar entre 23°C/ 73°F e 36°C/97°F em todo o país. Além disso, tem mais hipóteses de explorar e observar a vida selvagem em toda a sua glória, uma vez que a erva é pouca.

Na estação das chuvas (meados de-novembro a abril), as estradas podem ficar inundadas e torna-se mais difícil viajar, além de que a maioria das atracções fecha. No entanto, a melhor altura para visitar as Cataratas Vitória é logo após as chuvas de verão, de fevereiro a maio, quando a maior quantidade de água corre nas Cataratas Vitória.

Cidades e vilas populares na Zâmbia

Aqui está o nosso top 5 das melhores cidades e vilas da Zâmbia para explorar:

Lusaka é a capital da Zâmbia e uma das principais cidades para desfrutar, com bares únicos, óptimos restaurantes e cafés escondidos. Para além disso, pode visitar o Parque Nacional de Lusaka, bem como o Centro Histórico da Zâmbia e ficar a conhecer a história do país.

Livingstone é uma cidade dinâmica com muitas lojas e mercados locais para encontrar uma atmosfera vibrante. Aqui, os habitantes locais e os estrangeiros misturam-se, dando um toque exótico à cidade. É também a porta de entrada para as mágicas Cataratas Vitória.

Ndola é uma cidade acolhedora com habitantes simpáticos. Aqui pode visitar o famoso Memorial Dag Hammarskjöld, o Museu Copperbelt e muitas outras atracções.

Kitwe é a segunda-maior cidade da Zâmbia. Tem uma grande indústria mineira e numerosas atracções turísticas para os visitantes que desejam explorar locais como as Cataratas de Mwekwera, a Barragem de Mindolo, o Kumasamba Lodge, o Santuário de Aves de Chembe e as Minas de Nkana.

Kabwe , que os mineiros australianos e europeus apelidaram de Broken Hill devido à sua semelhança com a cidade homónima na Austrália, oferece atracções como o Monumento Nacional BigTree, a pesca, o rio Mulungushi, o pântano de Lukanga e o Memorial do Homem de Broken Hill.

O que fazer e ver na Zâmbia

Para conhecer melhor a Zâmbia, é preciso conhecer os mais belos pontos turísticos e paisagens que este país oferece, desde safáris repletos de vida selvagem até incríveis cachoeiras e outros parques nacionais imperdíveis. Aqui estão as melhores coisas para fazer na Zâmbia !

Visite os incríveis parques nacionais da Zâmbia

Parque Nacional de South Luangwa é o destino de safári mais popular e um dos melhores lugares da Zâmbia para ver a vida selvagem. Tem a maior concentração de animais em África. É o lar de crocodilos, hipopótamos, elefantes, girafas, leões, leopardos e búfalos.

Recomendamos a visita a este local de grande intensidade na estação seca, uma vez que os animais se aglomeram nas margens do rio, proporcionando uma oportunidade única de ver leões e leopardos em ação. Uma das coisas mais singulares a fazer aqui é um safari a pé, que foi introduzido na década de 1960. Victoria Falls situa-se entre a fronteira da Zâmbia e do Zimbabué, no rio Zambeze. O ponto mais alto atinge 355 pés (108 metros), mas a sua largura é ainda mais surpreendente, mais de uma milha. Mais de quinhentos milhões de metros cúbicos de água caem no desfiladeiro por minuto. As Cataratas Vitória são uma das maiores atracções turísticas da Zâmbia que não pode ser retirada da sua lista de viagens.

Parque Nacional de Kafue é o parque nacional mais antigo de uma das maiores áreas de caça protegidas de África. É possível observar antílopes, cães selvagens africanos, elefantes e lagartos únicos.

Parque Nacional do Baixo Zambeze é conhecido pelas suas inúmeras opções de safari e ecoturismo. Aqui, leões, elefantes, búfalos e leopardos reúnem-se para beber água e alimentar-se.

O rio Zambeze é o quarto-maior rio de África. Tem mais de 2500 km de comprimento antes de terminar no Oceano Índico. Na estação seca, o rio Zambeze é a única fonte de água para grande parte da caça da Zâmbia, tornando-a num local perfeito para um safari.

Comida típica da Zâmbia para provar

Para conhecer um país, é preciso conhecer a sua comida. Aqui ficam algumas recomendações de pratos locais para experimentar na Zâmbia:

  • Chibwabwa - Este prato é tipicamente preparado para eventos formais. É composto por tomates, cebolas, folhas de abóbora e (opcionalmente) amendoins. Os ingredientes são cozidos em água até a mistura ficar com uma textura espessa.

  • Ifisashi - Este é um guisado tradicional da Zâmbia feito com amendoins, tomates, cebolas e legumes, como folhas de batata-doce, espinafres e couve.

  • Chikanda - Este aperitivo zambiano é feito de tubérculos das orquídeas Chikanda. Os pequenos tubérculos são secos e esmagados, sendo depois combinados com uma mistura espessa de amendoins e malaguetas secas.

Informação sobre vacinas para a Zâmbia

Existem várias doenças que ocorrem na Zâmbia e às quais é pouco provável que seja resistente. As vacinas podem protegê-lo contra estas doenças. Os riscos para a saúde e as doenças mais comuns na Zâmbia são a dengue, a DTP, a malária, a febre amarela, o zika e a hepatite A e B. Contacte o seu médico local para obter recomendações de vacinas.

Note-se que a vacinação contra a febre amarela pode ser obrigatória se viajar de uma zona de alto risco . É possível viajar para a Zâmbia sem estar vacinado contra a COVID-19, mas podem ser exigidos testes.

Quer saber todas as informações sobre a vacinação contra a COVID-19 e outras vacinas? Consulte o sítio Web CDC para encontrar tudo o que precisa de saber para se preparar para a sua viagem.

Visitar as Cataratas Vitória na Zâmbia

Awe-inspiradora beleza e grandeza pode ser vista em Victoria Falls , localizada no rio Zambeze entre a Zâmbia e o Zimbabué. Nos anos 1800, a tribo Kololo que vivia na área descreveu-a como 'Mosi-oa-Tunya', ou O fumo que troveja.

As quedas podem ser vistas a partir de um caminho ao longo da orla da floresta. Um belo miradouro é oferecido na Knife-edge Bridge, onde os visitantes têm o melhor ponto de vista sobre a Catarata Oriental e as quedas principais, bem como o Boiling Pot, a partir do qual o rio desce o desfiladeiro de Batoka.

Outros pontos excelentes incluem a Ilha Livingstone, a Ponte das Cataratas e a Árvore do Miradouro. A Devil's Pool é uma piscina natural à beira das cataratas , com vistas panorâmicas. Muitos visitantes viajam tanto para o Zimbabué como para a Zâmbia porque ambos os lados oferecem vistas únicas.

O [KAZA UniVisa] para entrar no Zimbabué e na Zâmbia está disponível em todos os principais portos de entrada em ambos os países, tornando mais fácil do que nunca conhecer os dois lados das cataratas. Para saber mais, clique aqui.

Factos divertidos sobre a Zâmbia

Alguns factos sobre a Zâmbia que o podem surpreender:

  • A Zâmbia recebeu o nome do quarto-maior rio de África. O Zambeze é o quarto-maior rio de África, depois dos rios Nilo, Congo e Níger.

  • A moeda local é o kwacha zambiano, que se traduz por "madrugada". No entanto, a maior parte das caixas multibanco distribui dólares americanos, que podem ser utilizados para compras maiores ou para pagar em hotéis e restaurantes.

  • As Cataratas Vitória são o lar da Piscina do Diabo, uma piscina natural que pode ser nadada em segurança durante a estação seca. À primeira vista, a piscina parece extremamente perigosa, mas devido a um lábio subaquático, é segura.

  • Na Zâmbia, é possível ver os "cinco grandes": o leão, o leopardo, o rinoceronte, o elefante e o búfalo.

  • Na Zâmbia, são faladas mais de 72 línguas.

1.2M Clientes satisfeitos

24/7Apoio

+42,000 críticas

10 Anos de experiência

98% taxa de aprovação de vistos

Isenção de responsabilidade
  • iVisa is NOT affiliated with any government agency. This app does not provide legal advice and we are not a law firm. None of our customer service representatives are lawyers and they also do not provide legal advice. We are a private, internet-based travel and immigration consultancy provider dedicated to helping individuals travel around the world. You may apply by yourself directly on the various government websites. A fonte de informação: https://www.parliament.gov.zm
Chat intercomunicador